CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra
Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safraFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra

As chuvas mais abundantes se concentraram no Litoral e Sudoeste do Paraná. A maior precipitação ocorreu em Guaraqueçaba, no Litoral, onde choveu 386,4 mm. O menor......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra
Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safraFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

Abril de 2024 registrou, de forma geral, uma grande quantidade de chuvas no Paraná. O sistema meteorológico que provocou as chuvas mais intensas, volumosas e generalizadas no Estado foi de baixa pressão vindo da Argentina/Paraguai, que atuou nos dias 12 a 17. Houve atuação de outros sistemas de instabilidades, mas que provocaram precipitações significativas somente na faixa Sul e no Litoral.

As chuvas mais abundantes se concentraram no Litoral e Sudoeste do Paraná. A maior precipitação ocorreu em Guaraqueçaba, no Litoral, onde choveu 386,4 mm. O menor índice pluviométrico registrado foi de 39,6 mm em Assis Chateaubriand no Oeste do Estado.

As anomalias de precipitação foram bem próximas ou superiores à média histórica em todas as regiões. O Litoral e Sudoeste registraram superávits de chuva de 103,7 mm e 97,5 mm, respectivamente, em relação à média histórica. As regiões Norte e Noroeste foram as que registraram menores índices pluviométricos, com valores próximos da média histórica. A média de precipitação em abril foi de 155,5 mm, sendo que a média histórica para o mês é de 114,2 mm.

O calor foi bastante intenso no Paraná, com temperaturas do ar acima da média histórica em todo o Estado, especialmente as mínimas. Em Cianorte e Cambará, a anomalia das temperaturas mínimas do ar atingiu 3,5º C. Em Guaíra, no Oeste, a média das temperaturas máximas do ar foi 31,6° C, sendo que a média histórica é 28,7° C. Na média estadual, as temperaturas máxima e mínima do ar foram 1,2° C e 2,3° C acima da média histórica, respectivamente.

Confira o impacto nas safras:

MILHO 2ª SAFRA – Durante o mês de abril as condições de desenvolvimento de 68% das lavouras do milho safrinha foram boas, 22% medianas e 10% ruins. Houve uma piora em relação ao mês de março devido ao calor intenso e ataque de pragas e doenças. Outro agravante foi a estiagem ocorrida na primeira quinzena de abril nas regiões Noroeste e Norte do Paraná, que prejudicou o desenvolvimento vegetativo e a floração da cultura.

MILHO 1ª SAFRA – Em abril, 28% das áreas de milho 1ª safra no Paraná apresentaram condições consideradas boas, 45% médias e 27% ruins. A condição da cultura piorou em relação ao mês anterior. A seca, o calor intenso e o ataque de pragas durante a safra afetaram significativamente a cultura. Estima-se que 98% da safra do Paraná foi colhida até o final do mês.

SOJA – Toda a soja cultivada no Paraná foi colhida. Essa safra apresentou 83% dos grãos em boas condições e 17% em condições medianas. A perda na produtividade foi decorrente das altas temperaturas do ar e chuvas escassas e irregulares durante a safra.

FEIJÃO 2ª SAFRA – Até o final do mês de abril, 16% da área de feijão foi colhida e as condições de desenvolvimento de 66% das lavouras foram boas, 25% medianas e 9% ruins. Houve uma piora em relação ao mês de março, quando 92% das lavouras estavam em boas condições. Isso ocorreu em decorrência da chuva excessiva na região sul do Paraná que é a principal produtora, provocando germinação da semente ainda na vagem. As altas temperaturas do ar registradas em abril também ocasionaram ataque severo de mosca branca e falhas na formação dos grãos.

TRIGO – Já iniciou a semeadura do trigo no Paraná e 17% da cultura foi implantada até o final de abril. As condições de desenvolvimento de 97% da cultura foram boas.

MANDIOCA – Nas regiões Norte e Noroeste do Estado, as chuvas concentradas em poucos dias no mês de abril favoreceram a colheita da mandioca, a qual apresentou elevadas produtividades. No entanto, na região Noroeste, principal produtora do Paraná, a colheita avançou muito lentamente, devido ao excesso de oferta do produto em detrimento a capacidade de processamento das fecularias.

FRUTICULTURA – O clima favoreceu as frutíferas da época como laranja, poncã e goiaba, as quais estão em fase de colheita e apresentam boas produtividades.

OLERÍCOLAS – As hortaliças e olerícolas em geral apresentaram boas produtividades.

CAFÉ – O café apresentou uma boa frutificação e a maioria das lavouras encontrava-se em fase de maturação, sendo consideradas 84% em boas condições e 16% em condições medianas. Apenas 2% do café do Paraná foi colhido até o final de abril.

CEREAIS DE INVERNO – A semeadura dos cereais de inverno prossegue especialmente da aveia preta,aveia branca e cevada.O sul do Estado é a principal região produtora e as chuvas abundantes de abril favoreceram o desenvolvimento dessas culturas.

PASTAGENS – De forma geral, as pastagens apresentaram uma boa produção de massa verde.

MANANCIAIS HÍDRICOS – Os rios, represas e córregos apresentaram níveis de água dentro da normalidade.

Confira os mapas:

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Produtores paranaenses têm mais uma semana para atualizar cadastro de rebanho
Produtores paranaenses têm mais uma semana para atualizar cadastro de rebanho
Palmeira e São João aderem a programa que amplia vendas de agroindústrias
Palmeira e São João aderem a programa que amplia vendas de agroindústrias
Cascavel inaugura terceiro restaurante popular construído com apoio do Estado
Cascavel inaugura terceiro restaurante popular construído com apoio do Estado
Connect Week discute uso da inovação para uma agricultura mais sustentável
Connect Week discute uso da inovação para uma agricultura mais sustentável
Vazio sanitário da soja inicia nesta sexta-feira no Sul, Leste, Campos Gerais, Litoral e RMC
Vazio sanitário da soja inicia nesta sexta-feira no Sul, Leste, Campos Gerais, Litoral e RMC
Estado inaugura pavimentação de duas estradas rurais em Mariópolis
Estado inaugura pavimentação de duas estradas rurais em Mariópolis
Mariópolis inaugura pavimentação de duas estradas rurais com recursos do Estado
Mariópolis inaugura pavimentação de duas estradas rurais com recursos do Estado
Boletim analisa preços do leite e novos mercados da carne suína do Paraná
Boletim analisa preços do leite e novos mercados da carne suína do Paraná
Boletim Agropecuário desta semana analisa os preços do leite no Paraná
Boletim Agropecuário desta semana analisa os preços do leite no Paraná
Transparência e agilidade nos serviços: Adapar lança sistemas de Business Intelligence
Transparência e agilidade nos serviços: Adapar lança sistemas de Business Intelligence
VBP Agropecuário do Paraná cresce 11% em 2023 e alcança R$ 197,8 bilhões
VBP Agropecuário do Paraná cresce 11% em 2023 e alcança R$ 197,8 bilhões
IDR-Paraná prestará assistência técnica a agricultores afiliados à Fetaep
IDR-Paraná prestará assistência técnica a agricultores afiliados à Fetaep
Expotécnica de Sabáudia oferece oportunidades para agricultura familiar
Expotécnica de Sabáudia oferece oportunidades para agricultura familiar
Expotécnica oferece oportunidades para agricultura familiar
Expotécnica oferece oportunidades para agricultura familiar
Alinhada a Plano Nacional, Adapar encerra a vigilância ativa de aves do ciclo 2024
Alinhada a Plano Nacional, Adapar encerra a vigilância ativa de aves do ciclo 2024
Apoio do Estado viabiliza unidade de cortes nobres de caprinos e ovinos em Virmond
Apoio do Estado viabiliza unidade de cortes nobres de caprinos e ovinos em Virmond
Estado reforça importância das cooperativas em seminário em Coronel Vivida
Estado reforça importância das cooperativas em seminário em Coronel Vivida
Típico das festas juninas, amendoim tem maior área plantada no Paraná em 12 anos
Típico das festas juninas, amendoim tem maior área plantada no Paraná em 12 anos
Boletim Agrometeorológico de maio indica excesso de chuvas no Sul e escassez no Norte
Boletim Agrometeorológico de maio indica excesso de chuvas no Sul e escassez no Norte
Com apoio do Estado, propriedade do Oeste transforma dejetos em energia
Com apoio do Estado, propriedade do Oeste transforma dejetos em energia
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais