CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de Ciência
Foto: SETI

Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de Ciência

O evento consiste na etapa regional da conferência nacional, que será realizada em junho pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em Brasília (DF). Os resultados......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de Ciência
Foto: SETI

Com o tema Justiça, Sustentabilidade e Desenvolvimento, a 5ª Conferência Regional Sul de Ciência, Tecnologia e Inovação terminou nesta sexta-feira (26), depois de dois dias de intensa programação, no câmpus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), em Curitiba. Promovido pelo Governo do Paraná, o evento reuniu mais de 450 participantes de instituições de ensino superior, públicas e privadas, representantes dos ambientes promotores de inovação e do setor produtivo da região Sul.

O evento consiste na etapa regional da conferência nacional, que será realizada em junho pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em Brasília (DF). Os resultados das conferências das cinco regiões brasileiras serão utilizados para subsidiar uma nova Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI), para o período de 2024 a 2030.

Na regional Sul, a comunidade científica discutiu propostas oriundas do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, abrangendo cinco eixos estratégicos para a ciência brasileira. Os grupos de trabalho contemplaram os temas reindustrialização e apoio à inovação empresarial; programas e projetos estratégicos; desenvolvimento social; popularização da ciência; e expansão do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, destacou o potencial da região Sul para o avanço científico brasileiro. “Confiamos na possibilidade de contribuir para uma estratégia nacional que se converta numa política de ciência, tecnologia e inovação para o Brasil, que será o motor do desenvolvimento econômico e social para uma sociedade do conhecimento, tendo como principal característica a inclusão”, afirmou.

A assessora da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti), Érika Dmitruk, relatora-geral da conferência, enfatizou o acolhimento de diferentes propostas nos debates. “Existe uma conexão entre os desafios apresentados pelos três estados do Sul, devido à proximidade da cultura de inovação”, disse. “As estratégias de popularização da ciência, a necessidade da preservação ambiental, a valorização dos pesquisadores e a inclusão da juventude foram propostas de destaque entre as deliberações”.

O coordenador do Sistema de Ambientes Promotores de Inovação do Paraná, José Maurino Martins, que atuou como moderador no grupo de trabalho com foco nos desafios para o desenvolvimento social, destacou a importância de promover a inclusão e representatividade na ciência. “Falamos de todos que historicamente são objetos de estudo e agora queremos colocá-los como protagonistas na ciência, pois o fomento científico precisa alcançar os diferentes grupos”, disse.

O relator desse grupo de trabalho, Mustafa Muksen, advogado do Grupo Dignidade, ressaltou a importância de continuidade nessas diretrizes. “Precisamos acompanhar os resultados práticos destas iniciativas”, pontuou.

O diretor de Pesquisa da Universidade Estadual de Londrina (UEL), professor Eduardo Araújo, que atuou como relator das discussões para a expansão do Sistema Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovação, sinalizou os desafios relativos às diferenças regionais. “Para expandir, é preciso manter o capital intelectual e investir em condições de trabalho, infraestrutura e fomento para projetos que resultem em soluções sociais”, afirmou.

A ativista socioambiental Ingrid Sateré Mawé, que representou a Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (AMIGA) na conferência, destacou a importância da ciência para as mudanças climáticas e a preservação de matas e rios. “As discussões precisam reforçar a importância da restauração da natureza, em parceria com a população, governo e indústrias, a exemplo do bioma da Mata Atlântica”, afirmou.

JUVENTUDE – Durante o encontro, foi apresentado o Relatório Nacional da Juventude, um documento organizado a partir de seminários e conferências regionais, que envolveram mais de 2 mil estudantes. O documento aponta ações essenciais para cada etapa do ensino, como: a criação de laboratórios em todas as escolas públicas; o apoio à permanência dos estudantes na graduação, incluindo moradia, transporte e alimentação; e a inclusão dos estuantes de pós-graduação na política previdenciária.

O gerente de Inovação do Hospital Pequeno Príncipe, Guilherme Rosso, destacou o pioneirismo do Paraná, único estado que incluiu o tema juventude entre os grupos de trabalho na conferência estadual. “Quando olhamos os documentos anteriores com diretrizes até 2030, não havia menção aos jovens e nossa mobilização está voltada para incluir a juventude nas políticas públicas da área da ciência, tecnologia e inovação”, disse o gestor, à frente da Coordenação da Comissão da Juventude da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

PARCERIAS – A 5ª Conferência Regional Sul de Ciência, Tecnologia e Inovação foi coordenada pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), em parceria com os governos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, por meio das respectivas pastas de CTI. A iniciativa conta, ainda, o apoio da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI), da Fundação Araucária e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Ciência, tecnologia e inovação recebem R$ 49,2 milhões para infraestrutura e projetos
Ciência, tecnologia e inovação recebem R$ 49,2 milhões para infraestrutura e projetos
Tecpar e Sebrae-PR formalizam parceria em projeto de inovação em saúde e biotecnologia
Tecpar e Sebrae-PR formalizam parceria em projeto de inovação em saúde e biotecnologia
Tecpar assina acordo com empresa para ampliar produção da vacina antirrábica veterinária
Tecpar assina acordo com empresa para ampliar produção da vacina antirrábica veterinária
Gestores da inovação reconhecem papel do Governo no desenvolvimento do Paraná
Gestores da inovação reconhecem papel do Governo no desenvolvimento do Paraná
Estado anuncia R$ 9 milhões para investimentos em ciência durante o Summit Iguassu Valley
Estado anuncia R$ 9 milhões para investimentos em ciência durante o Summit Iguassu Valley
Tecpar concede primeira certificação para laboratório veterinário
Tecpar concede primeira certificação para laboratório veterinário
Tecpar comemora 84 anos com implantação de novo parque tecnológico
Tecpar comemora 84 anos com implantação de novo parque tecnológico
Governo investe R$ 4,5 milhões em centro de inovação com foco na indústria têxtil em Apucarana
Governo investe R$ 4,5 milhões em centro de inovação com foco na indústria têxtil em Apucarana
Governo investe R$ 4,5 milhões em centro de inovação com foco na indústria têxtil
Governo investe R$ 4,5 milhões em centro de inovação com foco na indústria têxtil
Estado participará da programação do Summit Iguassu Valley de Foz do Iguaçu
Estado participará da programação do Summit Iguassu Valley de Foz do Iguaçu
Paraná firma acordo com fábrica de produtos nutricionais para o parque tecnológico de Maringá
Paraná firma acordo com fábrica de produtos nutricionais para o parque tecnológico de Maringá
Inscrições para programa que transforma pesquisas em produtos encerram no domingo
Inscrições para programa que transforma pesquisas em produtos encerram no domingo
Governo seleciona boas práticas de empreendedorismo para o Connect Week Summit 2024
Governo seleciona boas práticas de empreendedorismo para o Connect Week Summit 2024
Dia da Biodiversidade: Tecpar apoia empresas em ações de conservação do meio ambiente
Dia da Biodiversidade: Tecpar apoia empresas em ações de conservação do meio ambiente
Mais de 95% da população diz ter consciência das mudanças climáticas
Mais de 95% da população diz ter consciência das mudanças climáticas
Residentes em economia rural iniciam atividades em órgãos da Secretaria da Agricultura
Residentes em economia rural iniciam atividades em órgãos da Secretaria da Agricultura
Arranjo de pesquisa de universidades do Paraná estuda emergência climática
Arranjo de pesquisa de universidades do Paraná estuda emergência climática
Prazo para inscrição de projetos inovadores em mostra universitária termina na segunda
Prazo para inscrição de projetos inovadores em mostra universitária termina na segunda
Fundação Araucária publica edital para apoiar pesquisas desenvolvidas com Alemanha
Fundação Araucária publica edital para apoiar pesquisas desenvolvidas com Alemanha
Estado destina R$ 2 milhões para fomentar pesquisas com potencial de mercado
Estado destina R$ 2 milhões para fomentar pesquisas com potencial de mercado
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais