CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro
Foto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN

Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro

As cidades que não aderirem ao formulário digital ou não adequarem as pendências documentais terão suas respectivas áreas canceladas da apuração do ICMS Ecológico no ano......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro
Foto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN

Os municípios que recebem recursos por meio do ICMS Ecológico por biodiversidade têm até o dia 30 de abril para regularizar o cadastro de suas áreas de proteção ambiental, como Unidades de Conservação Municipais (UCs) ou Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs). A atualização é obrigatória e pode ser feita via sistema online do Cadastro Estadual de Unidades de Conservação e Áreas Especialmente Protegidas (CEUC). Também no próximo dia 30 vence o prazo para cadastramento de novas áreas preservadas.

As cidades que não aderirem ao formulário digital ou não adequarem as pendências documentais terão suas respectivas áreas canceladas da apuração do ICMS Ecológico no ano que vem. O Estado, por meio do Instituto Água e Terra (IAT), repassou às prefeituras municipais R$ 283,3 milhões nesta modalidade em 2023. Nos primeiros três meses deste ano o volume de recursos já ultrapassou R$ 70 milhões.

“Um dos critérios para que os municípios recebam os recursos oriundos do programa do ICMS Ecológico é a realização do cadastro de suas áreas no sistema. Caso os municípios não façam, as áreas serão suspensas do programa e consequentemente não receberão os repasses financeiros em 2025”, explica a gerente de execução de biodiversidade do IAT, Mariane Veiga da Silva Freitas.

O sistema CEUC é um banco de dados oficial sobre as áreas protegidas do Paraná e é balizador dos repasses oriundos do ICMS Ecológico. O cadastro das Unidades de Conservação Municipais e RPPNs é feito pela internet. Basta acessar o site www.ceuc.iat.pr.gov.br, solicitar o vínculo utilizando e-mail institucional e preencher as informações sobre gestão das unidades, documentação, georreferenciamento, fatores bióticos, programas e atividades desenvolvidas, dentre outras. Para as Unidades de Conservação Estaduais e Federais, o IAT é responsável pelo cadastro.

O detalhamento com as regras para o levantamento de dados conforme a categoria da UC pode ser acessado AQUI. Dúvidas podem ser enviadas aos e-mails icmsecologico@iat.pr.gov.br e ceucparana@iat.pr.gov.br ou esclarecidas pelos telefones (41) 3213-3463, 3213-3788 e (41) 9-9554-0553 (WhatsApp).

SIMULADOR – O IAT disponibiliza também uma ferramenta online que permite às prefeituras simularem os repasses de ICMS Ecológico, com o intuito de facilitar o planejamento das ações de conservação dos municípios. O programa é interativo e apresenta cenários de arrecadação municipal em resposta aos dados das Unidades de Conservação.

Basta preencher os dados sobre a categoria da área protegida e seu tamanho em hectares. O simulador apresenta três resultados, com o valor mínimo, médio e máximo ao ano. A plataforma pode ser acessada AQUI.

O programa conta ainda com o dashboard do ICMS Ecológico, que contempla tanto o ICMS Ecológico por Biodiversidade quanto por Mananciais e apresenta de forma interativa os dados e repasses.

PROGRAMAS – O IAT estimula as ações municipais de desenvolvimento sustentável por meio de programas ambientais, como o ICMS Ecológico e o Pagamento por Serviços Ambientais Municipais (PSAM) para gestão de Áreas Protegidas.

O ICMS Ecológico é um instrumento que ajuda as prefeituras e, por consequência, toda a população. É uma política pública que trata do repasse de recursos financeiros aos municípios que abrigam, em seus territórios, Unidades de Conservação ou mananciais para abastecimento de municípios vizinhos. O objetivo é estimular o incremento da área protegida e a melhora na gestão do patrimônio natural no Paraná.

Já o PSAM é o incentivo financeiro para os proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural, que são uma modalidade de Unidades de Conservação e, portanto, geram repasses para o ICMS Ecológico do município ao promoverem serviços ambientais de conservação do meio ambiente à sociedade.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Paraná reduziu desmatamento em 78% em 2023, aponta Fundação SOS Mata Atlântica
Paraná reduziu desmatamento em 78% em 2023, aponta Fundação SOS Mata Atlântica
Paraná manda mais 30 caminhões-pipa para auxiliar o Rio Grande do Sul
Paraná manda mais 30 caminhões-pipa para auxiliar o Rio Grande do Sul
Mutirão voluntário recolhe duas toneladas de resíduos sólidos da Ilha do Mel
Mutirão voluntário recolhe duas toneladas de resíduos sólidos da Ilha do Mel
De limpeza de escola a salvamento de animais: a rotina solidária da equipe do IAT no RS
De limpeza de escola a salvamento de animais: a rotina solidária da equipe do IAT no RS
Comitês de bacias deliberam nesta semana plano de segurança e proteção da água
Comitês de bacias deliberam nesta semana plano de segurança e proteção da água
Paranaenses atendem mais de mil animais resgatados em hospital veterinário no RS
Paranaenses atendem mais de mil animais resgatados em hospital veterinário no RS
IAT lança cartilha educativa para crianças sobre o uso e a preservação da água
IAT lança cartilha educativa para crianças sobre o uso e a preservação da água
Com apoio de 11 caminhões-pipa, técnicos do IAT vão atuar por 10 dias no Rio Grande do Sul
Com apoio de 11 caminhões-pipa, técnicos do IAT vão atuar por 10 dias no Rio Grande do Sul
Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul
Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul
Case mundial, Floresta Metropolitana recebe indígenas do Canadá para intercâmbio
Case mundial, Floresta Metropolitana recebe indígenas do Canadá para intercâmbio
Apoio técnico do IAT recupera nascente e melhora abastecimento em Faxinal
Apoio técnico do IAT recupera nascente e melhora abastecimento em Faxinal
Um alimento por uma muda: campanha solidária do IAT reforça apoio ao RS
Um alimento por uma muda: campanha solidária do IAT reforça apoio ao RS
Conservação e educação ambiental abrem a agenda de maio dos CBHs do Paraná
Conservação e educação ambiental abrem a agenda de maio dos CBHs do Paraná
Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas
Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas
Unidades do IAT no Paraná também recebem donativos para ajudar o Rio Grande do Sul
Unidades do IAT no Paraná também recebem donativos para ajudar o Rio Grande do Sul
Com avanço na microdrenagem, obras da Orla de Matinhos atingem 94,13% de conclusão
Com avanço na microdrenagem, obras da Orla de Matinhos atingem 94,13% de conclusão
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais