CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Genoma SUS: Paraná integra projeto que coletará informação genética de 21 mil brasileiros
O Paraná faz parte do Genoma SUS do Ministério da Saúde, projeto de pesquisa que pretende desenvolver um banco de dados a partir do genoma sequenciado de 21 mil brasileiros. Lançada nesta segunda-feira (25), em Ribeirão Preto (SP)Foto: Walterson Rosa/MS

Genoma SUS: Paraná integra projeto que coletará informação genética de 21 mil brasileiros

Com o Genoma SUS, a proposta do Ministério da Saúde é estruturar um banco com informações genéticas e dados clínicos, a partir de um grupo de......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Genoma SUS: Paraná integra projeto que coletará informação genética de 21 mil brasileiros
O Paraná faz parte do Genoma SUS do Ministério da Saúde, projeto de pesquisa que pretende desenvolver um banco de dados a partir do genoma sequenciado de 21 mil brasileiros. Lançada nesta segunda-feira (25), em Ribeirão Preto (SP)Foto: Walterson Rosa/MS

O Paraná faz parte do Genoma SUS do Ministério da Saúde, projeto de pesquisa que pretende desenvolver um banco de dados a partir do genoma sequenciado de 21 mil brasileiros. Lançada nesta segunda-feira (25), em Ribeirão Preto (SP), a iniciativa faz parte do Programa Nacional de Genômica e Saúde de Precisão – Genomas Brasil, criado pelo Ministério da Saúde em 2020 para desenvolver sequenciamento genômico para diagnóstico e também para tratamentos.

Com o Genoma SUS, a proposta do Ministério da Saúde é estruturar um banco com informações genéticas e dados clínicos, a partir de um grupo de indivíduos que terão as amostras genéticas sequenciadas. A partir das características identificadas, chamadas de marcadores, será possível apontar a tendência para futuras doenças como câncer, doenças neurológicas, cardiovasculares, autoimunes, hematológicas, endócrino-metabólicas e raras.

Integram o Genoma SUS oito centros de pesquisa em seis estados, sendo dois do Paraná: em Guarapuava, com atividades desenvolvidas na Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), em parceria com o Instituto para Pesquisa do Câncer (Ipec), e em Curitiba, no Instituto Carlos Chagas (ICC) vinculado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Os demais locais de pesquisa estão instalados no Pará (em Belém, na Universidade Federal do Pará), Pernambuco (em Recife, na Fundação Oswaldo Cruz/Instituto Aggeu Magalhães), Rio de Janeiro (na Universidade Federal do Rio de Janeiro); Minas Gerais (em Belo Horizonte na Universidade Federal de Minas Gerais); e no estado de São Paulo (em Ribeirão Preto e na capital, em ambas as cidades nos câmpus da USP).

Os centros de pesquisa são responsáveis por fazer a coleta das amostras, sequenciamento do genoma completo, análise dos dados e organizar a biblioteca com as informações.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, explica que o Paraná tem investido financeiramente para contribuir efetivamente na melhoria da saúde pública. “A medicina de precisão é uma área em que buscamos a prevenção e também a resolução de doenças. O programa Genoma Brasil é de extrema importância para todo o País para que possamos futuramente criar soluções para diagnósticos e tratamentos para a população, que é rica em diversidade étnico regional”, disse o secretário.

Ele participou do lançamento, junto com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o coordenador do centro de pesquisa em Guarapuava, David Livingstone, entre outros representantes dos centros de pesquisa.

GENOMAS PARANÁ – Desde 2023, a medicina de precisão é desenvolvida em Guarapuava por meio do Projeto Genomas Paraná, que reúne pesquisadores das universidades estaduais do Centro-Oeste (Unicentro) e de Ponta Grossa (UEPG), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), do Instituto para Pesquisa do Câncer (Ipec), e do Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação Genômica. Os recursos para o financiamento das pesquisas são da Fundação Araucária e da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

O Genomas Paraná é um projeto de pesquisa que tem como objetivo compreender as características da população considerando a saúde, o ambiente em que se vive, o estilo de vida, o histórico familiar e o perfil genético de cada pessoa. A previsão é que tenha 10 anos de duração.

Entre as etapas do projeto está a descrição do perfil genético e epidemiológico da população do Paraná, começando com uma amostra representativa do município de Guarapuava. Por meio da construção de um banco de dados e uso de técnicas de Inteligência Artificial, o projeto busca identificar biomarcadores de predisposição genética para doenças crônicas não transmissíveis, como a síndrome metabólica e comorbidades associadas (obesidade, diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares).

Atualmente a pesquisa está na fase de coleta de amostras de 4,5 mil participantes. Para o grupo de amostragem, os pesquisadores previram a entrevista e coleta de material genético de 2 mil pessoas selecionadas por amostragem aleatória, 2 mil por amostragem por conveniência (voluntários) e 500 idosos cognitivamente saudáveis com idade superior a 80 anos.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Novo sistema do Tecpar auxilia a monitorar qualidade da água dos mananciais do Paraná
Novo sistema do Tecpar auxilia a monitorar qualidade da água dos mananciais do Paraná
Estados do Sul definem 58 propostas para fortalecimento e popularização da ciência
Estados do Sul definem 58 propostas para fortalecimento e popularização da ciência
Com 188 ambientes de inovação, Separtec+ aprova planejamento estratégico até 2030
Com 188 ambientes de inovação, Separtec+ aprova planejamento estratégico até 2030
Separtec+ aprova planejamento estratégico até 2030
Separtec+ aprova planejamento estratégico até 2030
Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de Ciência
Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de Ciência
Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de CTI
Desenvolvimento e inclusão são destaques da 5ª Conferência Regional Sul de CTI
Estados do Sul debatem papel da ciência para economia e avanços sociais no Brasil
Estados do Sul debatem papel da ciência para economia e avanços sociais no Brasil
Genoma SUS recruta bolsistas nas áreas de ciência de dados e bioinformática
Genoma SUS recruta bolsistas nas áreas de ciência de dados e bioinformática
Fundação Araucária vai apresentar NAPI Hidrogênio Renovável no dia 6 de maio
Fundação Araucária vai apresentar NAPI Hidrogênio Renovável no dia 6 de maio
Em parceria com ABHV, Tecpar certifica hospitais, clínicas e centros veterinários
Em parceria com ABHV, Tecpar certifica hospitais, clínicas e centros veterinários
Inscrições para Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação terminam na quarta
Inscrições para Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação terminam na quarta
Protagonista no setor, Paraná sedia fórum voltado à geração distribuída de fontes renováveis
Protagonista no setor, Paraná sedia fórum voltado à geração distribuída de fontes renováveis
Tecpar lança edital para credenciar profissionais para realização de auditorias internas
Tecpar lança edital para credenciar profissionais para realização de auditorias internas
Dia da Conservação do Solo: Tecpar e Adapar atuam juntos para proteção da natureza
Dia da Conservação do Solo: Tecpar e Adapar atuam juntos para proteção da natureza
Paraná sediará Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação; inscrições abertas
Paraná sediará Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação; inscrições abertas
Pesquisadores do Paraná e Québec discutem soluções inovadoras em evento na Fiep
Pesquisadores do Paraná e Québec discutem soluções inovadoras em evento na Fiep
Fundação Araucária investirá R$ 15 milhões em projetos de IA das empresas
Fundação Araucária investirá R$ 15 milhões em projetos de IA das empresas
Fundação Araucária vai investir R$ 15 milhões em projetos de Inteligência Artificial das empresas
Fundação Araucária vai investir R$ 15 milhões em projetos de Inteligência Artificial das empresas
Parceria entre Tecpar e Detran fortalece segurança viária nos municípios
Parceria entre Tecpar e Detran fortalece segurança viária nos municípios
Conferência no Paraná aponta 150 sugestões para o desenvolvimento da ciência
Conferência no Paraná aponta 150 sugestões para o desenvolvimento da ciência
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais