CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Pesquisa no Litoral e Noroeste apresenta perfil dos turistas e alta aprovação pelo Paraná
Pesquisa no Litoral e Noroeste apresenta perfil dos turistas e alta aprovação pelo ParanáFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

Pesquisa no Litoral e Noroeste apresenta perfil dos turistas e alta aprovação pelo Paraná

O objetivo principal da ação é mapear o perfil e as percepções dos turistas e visitantes do Paraná. No Litoral foram abordados 1.194 pessoas e no......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Pesquisa no Litoral e Noroeste apresenta perfil dos turistas e alta aprovação pelo Paraná
Pesquisa no Litoral e Noroeste apresenta perfil dos turistas e alta aprovação pelo ParanáFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

A Secretaria do Turismo divulgou nesta terça-feira (26) o resultado da pesquisa Sondagem de Opinião, realizada durante o Verão Maior Paraná. Ao longo de 40 dias (entre 26 de dezembro de 2023 e 04 de fevereiro deste ano), 1.876 pessoas responderam aos questionamentos feitos nas praias de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, no Litoral, e em Porto Rico e Porto São José, no Noroeste do Estado. 

O objetivo principal da ação é mapear o perfil e as percepções dos turistas e visitantes do Paraná. No Litoral foram abordados 1.194 pessoas e no Noroeste, 682. Cerca de 4 milhões de pessoas passaram pelo Litoral nesta temporada.

Os dados mostram que a viagem atendeu plenamente ou superou as expectativas de 83,7% dos veranistas no Litoral e de 96,2% dos viajantes que conheceram as praias de água doce. As respostas sugerem um alto nível de satisfação com a qualidade da experiência oferecida (infraestrutura, hospedagem, alimentação, atrações esportivas e culturais) e auxiliam na continuidade da promoção do turismo local.

A pesquisa foi realizada nos principais locais de concentração de público, como faixa de areia, postos de informações, orla, praias fluviais, centros históricos e terminais náuticos. No Litoral, 91,1% dos participantes afirmara que residem no Paraná e outros 8,9% eram de outros 13 estados (São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Rondônia, Rio de Janeiro, Paraíba, Amazonas e Alagoas).

No Noroeste, 91,3% das pessoas abordadas moravam no Paraná e outros 8,7% em outros 10 estados (Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Goiás, Tocantins, Santa Catarina, Mato Grosso e Bahia).

“Os dados vão ajudar a orientar o poder público em relação à gestão da próxima temporada e uma melhor tomada de decisões estratégicas, tanto pelo setor público quanto privado”, destaca o secretário estadual do Turismo, Márcio Nunes.

LITORAL – O perfil dos participantes da pesquisa no Litoral corresponde a uma maioria do sexo feminino. A maioria possuía entre 35 e 44 anos de idade (28,6% dos participantes), ensino médio completo (36,2%) e ocupação profissional liberal ou como autônomo (41,5%). Também foram entrevistados profissionais do setor público (19,9%); empresários (11,6%); aposentados e pensionistas (11,3%); estudantes (5,3%); do lar (5,3%); setor privado (3,1%) e desempregados (2%).

A pesquisa apontou que para 85,2% dos participantes a motivação para visitar o Litoral do Paraná foi a busca por praias e belezas naturais. Para 4,2%, a motivação foi lazer e relaxamento, seguido de cultura e história local (2,9%), vida noturna e entretenimento (2%), e outras motivações como gastronomia (1,8%); saúde e bem-estar (1,3%); eventos; shows e similares (1,2%); prática de esportes e atividades físicas (0,7%); trabalho (0,3%);e  amigos e parentes (0,3%).

Os dados sobre o meio de hospedagem revelam que a casa própria (segunda residência) foi a opção mais comum (33,2%), seguida das plataformas de hospedagem como Airbnb e similares (25,5%); hotel e pousada (19,1%); imóvel de parentes ou amigos (14,8%); associação ou colônia de férias (5,9%); e outros (1,5%).

A análise das respostas sobre a previsão de pernoites no Litoral do Paraná revelou que a maioria dos entrevistados planejava permanecer por um período considerado prolongado, com 49,9% de 5 a 10 pernoites. A preferência para 1 a 4 pernoites ficou com 26,6% dos respondentes.

Esses dados sugerem uma tendência para estadas mais longas na região, o que pode ter implicações significativas para a indústria do turismo local.

O meio de transporte escolhido pela maioria que viajou para o Litoral do Estado foi o carro próprio ou alugado (85,7%). Outros 6,2% optaram por ônibus de excursão; 4,3% ônibus de linha e 1,9% aplicativos de mobilidade. Já a companhia de viagem teve como maior parcela a família (76,8%). Outros 9,5% viajaram com o parceiro ou parceira; 6,5% com os amigos; 4,4% em grupo de viagem organizada ou pacote turístico; e 2,8% sozinhos.

Uma novidade da pesquisa deste ano é que ela englobou perguntas sobre a opinião dos veranistas a respeito das novas obras de infraestrutura no Litoral do Paraná, principalmente a Recuperação da Orla de Matinhos e a Ponte de Guaratuba. O resultado mostrou que 57% dos respondentes consideram a melhoria na orla de Matinhos uma iniciativa positiva, respondendo com excelente (34,5%) e boa (22,5%). A construção da Ponte Guaratuba-Matinhos foi considerada muito importante por 67,4% dos participantes. 

NOROESTE – O perfil dos entrevistados nas praias de água doce do Noroeste do Estado revelou que 54,5% se declararam do sexo feminino. A maioria dos participantes tinha entre 35 e 44 anos de idade (34,3%), seguido de 25 a 34 anos (22,6%).

Dos participantes, 36,2% possuíam ensino médio completo e 32,6% graduação completa. A maioria tinha ocupação profissional liberal ou como autônomo (44,5%). Também foram entrevistados profissionais do setor público (16,5%); empresários (13,1%); setor privado (10,5%); aposentados e pensionistas (5,5%); estudantes (4,9%); do lar (4%); e desempregados (1%).

A principal motivação de quem se locomoveu às praias de água doce foi a busca por praias e belezas naturais (59,6%). A procura por lazer e relaxamento foi a motivação para 32,1%; seguido da busca por amigos e parentes (4,7%); trabalho (2,0%), prática de atividades náuticas (1,2%), prática de esportes e atividades físicas (0,3%).

O meio de hospedagem mais utilizado pelos foi hotel ou pousada (29,4%). A casa própria também teve significativa representação (26,3%). Aparecem, ainda, casas de parentes e amigos (20,8%) e o uso de aluguel por plataformas digitais de hospedagem (17,7%).

A preferência da maioria foi por uma permanência por 1 a 4 pernoites (82,6%). 5 a 10 pernoites foi a procura por 7,6% dos participantes. Já a escolha do transporte para ir até as praias foi carro próprio ou alugado (95,2%). Outros 3,2% optaram por ônibus de excursão; 0,4% por aplicativos de mobilidade; 0,4% por moto; 0,3% por trailer ou motor home; 0,3% por caminhão; e 0,1% por ônibus de linha.

Assim como no Litoral, a companhia de viagem teve como predominância a família (76,7%). Outros 13,3% dos entrevistados viajaram com amigos; 6,5% com seus parceiros; 1,8% sozinhos; e 1,8% em grupos organizados.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Turismo internacional: comitiva paranaense estreita relações com agentes em Orlando
Turismo internacional: comitiva paranaense estreita relações com agentes em Orlando
Estado amplia diálogo com a Instância de Governança do turismo do Norte Pioneiro
Estado amplia diálogo com a Instância de Governança do turismo do Norte Pioneiro
Recorde no Guinness: menor cemitério do mundo é atração turística do Paraná
Recorde no Guinness: menor cemitério do mundo é atração turística do Paraná
Motos customizadas: paranaenses podem apresentar produtos em feira na RMC
Motos customizadas: paranaenses podem apresentar produtos em feira na RMC
Na Expoingá, Governo do Estado orienta municípios sobre programas para o turismo
Na Expoingá, Governo do Estado orienta municípios sobre programas para o turismo
Na Expoingá, Estado orienta municípios sobre programas para o turismo
Na Expoingá, Estado orienta municípios sobre programas para o turismo
Pesquisa sobre hábitos e percepções do turismo no Estado encerra em 31 de maio
Pesquisa sobre hábitos e percepções do turismo no Estado encerra em 31 de maio
Setor de turismo ajuda a combater exploração de crianças e adolescentes
Setor de turismo ajuda a combater exploração de crianças e adolescentes
Empregos ligados a atividades turísticas aumentaram 20,5% no primeiro trimestre no Paraná
Empregos ligados a atividades turísticas aumentaram 20,5% no primeiro trimestre no Paraná
Paraná tem vagas em cursos gratuitos a distância voltados para o turismo
Paraná tem vagas em cursos gratuitos a distância voltados para o turismo
Empresários expõem produtos e prospectam negócios no espaço de turismo da Expoingá
Empresários expõem produtos e prospectam negócios no espaço de turismo da Expoingá
Empresários expõem produtos e prospectam negócios no espaço da Setu, na Expoingá
Empresários expõem produtos e prospectam negócios no espaço da Setu, na Expoingá
Feirão do Turismo é adiado em todo o País por causa da situação do Rio Grande do Sul
Feirão do Turismo é adiado em todo o País por causa da situação do Rio Grande do Sul
Empreendedores do Paraná podem participar do Feirão do Turismo de Curitiba
Empreendedores do Paraná podem participar do Feirão do Turismo de Curitiba
Empreendedores do Paraná podem participar do Feirão do Turismo
Empreendedores do Paraná podem participar do Feirão do Turismo
Empreendedores do Paraná podem participar do Feirão do Turismo; inscrições até terça
Empreendedores do Paraná podem participar do Feirão do Turismo; inscrições até terça
Agenda turística de maio tem Expoingá, blues em Antonina e festas do pinhão e cachaça
Agenda turística de maio tem Expoingá, blues em Antonina e festas do pinhão e cachaça
Quitandinha adere a projeto que leva para alunos ações de valorização de atrativos locais
Quitandinha adere a projeto que leva para alunos ações de valorização de atrativos locais
Forum do Turismo Religioso de 2025 será na Mesquita Omar Ibn Al-Khatab, em Foz do Iguaçu
Forum do Turismo Religioso de 2025 será na Mesquita Omar Ibn Al-Khatab, em Foz do Iguaçu
Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo
Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais