CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a No Dia das Florestas, Paraná celebra novo indicador de redução do desmatamento ilegal
No Dia das Florestas, Paraná celebra novo indicador de redução do desmatamento ilegalFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

No Dia das Florestas, Paraná celebra novo indicador de redução do desmatamento ilegal

O novo boletim do Sistema de Alertas de Desmatamento (SAD) Mata Atlântica, divulgado neste mês, reforça levantamentos recentes que indicam a diminuição do desmatamento do bioma no Paraná.......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a No Dia das Florestas, Paraná celebra novo indicador de redução do desmatamento ilegal
No Dia das Florestas, Paraná celebra novo indicador de redução do desmatamento ilegalFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

No Dia Internacional das Florestas, celebrado nesta quinta-feira (21), o Paraná comemora um novo indicador de controle do desmatamento ilegal da Mata Atlântica. Relatório da Fundação SOS Mata Atlântica em parceria com a Arcplan e o MapBiomas revela que o Estado reduziu em 59% a supressão vegetal entre setembro e outubro de 2023 no comparativo com o mesmo período do ano passado, de 384 hectares para 158 hectares desflorestados. O índice é o 3º melhor do País, atrás de São Paulo (77%) e Rio Grande do Sul (76%), e superior à média nacional (42%).

O novo boletim do Sistema de Alertas de Desmatamento (SAD) Mata Atlântica, divulgado neste mês, reforça levantamentos recentes que indicam a diminuição do desmatamento do bioma no Paraná. Também de acordo com o SAD, a supressão vegetal caiu 64% entre janeiro e agosto do ano passado no comparativo com o mesmo período de 2022. A organização vai fechar nos próximos meses os números consolidados de 2023.

Outra pesquisa, desta vez do Instituto Água e Terra (IAT), órgão ambiental do Governo do Estado, mostrou que a queda do desmatamento ilegal da Mata Atlântica alcançou 71,5% entre 2022 e 2023, passando de 4.037,83 hectares para 1.150,40 hectares. O levantamento é do Núcleo de Inteligência Geográfica e da Informação (NGI), com base nos alertas publicados pela Plataforma MapBiomas, uma iniciativa do Observatório do Clima.

Para Everton Souza, diretor-presidente do IAT, a redução está diretamente ligada à política de meio ambiente implementada a partir de 2019. As ações estão direcionadas para fiscalização, repressão, educação e incentivo ao uso da tecnologia como aliada dos profissionais. “O Paraná fez do combate ao desmatamento ilegal uma obsessão, se tornou ainda mais vigilante, e assim conseguimos salvar muitas florestas. Mas não estamos completamente satisfeitos. Queremos e vamos melhorar ainda mais esses números. A tolerância com o desmatamento ilegal é zero”, afirmou.

ÁREA VERDE – Paralelamente, o órgão ambiental estadual segue intensificando ações de reflorestamento. Um levantamento preparado pelo NGI do IAT, com base em dados de 2021 do MapBiomas, revela que o Paraná teve um aumento significativo de cobertura florestal natural nos últimos anos. Passou de 54.856 km² em 2017 para 55.061 km² em 2022, uma diferença de 205 km², o equivalente a uma área de 20,5 mil campos de futebol.

O Paraná foi o único estado do Sul do País com aumento de cobertura vegetal no período. Santa Catarina reduziu a vegetação de 40,4 mil km² para 39,6 mil km² de 2017 a 2021. Já o Rio Grande do Sul passou de 27,9 mil km² para 27,7 mil km² no mesmo período. Em Santa Catarina houve um declínio constante da área verde desde 1985, com aumento entre 2010 e 2015, mesma realidade do Rio Grande do Sul, que observou uma pequena mudança de cenário entre 2012 e 2018.

A ampliação da cobertura de Mata Atlântica está diretamente relacionada com a distribuição e o plantio de mudas de espécies nativas. O IAT entregou 1.850.427 mudas no ano passado em todo o Estado, um incremento de 6% em relação a 2022 (1.741.868). Esse foi o maior volume de distribuição desde 2019, quando o programa Paraná Mais Verde foi implementado pelo Governo do Estado.

Nos últimos cinco anos, o projeto paranaense superou a marca de 9,3 milhões de plantas, o equivalente a 8,3 mil hectares – ou 8,3 mil campos de futebol de restauração florestal. A perspectiva, ao manter a média, é que o Paraná alcance 10 milhões de mudas distribuídas ainda neste semestre. “Considerando a demanda crescente, antecipamos o cronograma. Acredito que até junho alcançaremos esse número de 10 milhões de mudas”, afirmou o gerente de restauração ambiental do IAT, Mauro Scharnik.

COMO SOLICITAR – Os interessados podem solicitar mudas por meios digitais, como o aplicativo Paraná Mais Verde, disponível na Play Store (modelos Android) e na App Store (modelos iOS).

Ao fazer o pedido para até 100 mudas/ano, o requerimento é aprovado automaticamente e as plantas poderão ser retiradas diretamente no viveiro escolhido. Basta ligar para a unidade do IAT para agendar quando buscar.

Para mais de 100 mudas, o requerimento seguirá para análise e aprovação de um técnico do IAT. O requerente poderá acompanhar a solicitação e será informado quando for aprovada. Após a liberação, pegará as mudas no viveiro selecionado.

É possível, também, registrar a solicitação através do Sistema de Gestão Ambiental (SGA). É um caminho que permite aos usuários a requisição de mudas nativas e consultas relacionadas ao requerimento feito pela internet através do endereço www.sga.pr.gov.br.

Após a solicitação, o pedido passará por uma análise do IAT. Caso seja aprovado, será encaminhado um e-mail ao requerente, com as informações do local de retirada das mudas e a documentação necessária.

COMO AJUDAR – A denúncia é a melhor forma de contribuir para minimizar cada vez mais os crimes contra a flora silvestre. O principal canal do Batalhão Ambiental é o Disque-Denúncia 181, o qual possibilita que seja feita uma análise e verificação in loco de todas as informações recebidas do cidadão. Quem pratica o desmatamento ilegal está sujeito a penalidades administrativas previstas na Lei Federal nº 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais) e no Decreto Federal nº 6514/08 (Condutas Infracionais ao Meio Ambiente).

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Governo do Estado dá início à reestruturação de quatro estruturas da Ilha do Mel
Governo do Estado dá início à reestruturação de quatro estruturas da Ilha do Mel
IAT fecha trilhas do Anhangava e do Samambaia no dia 1º de maio para tradicional Missa da Paz
IAT fecha trilhas do Anhangava e do Samambaia no dia 1º de maio para tradicional Missa da Paz
Após resgate em Leópolis, técnicos do IAT devolvem jacaré à natureza
Após resgate em Leópolis, técnicos do IAT devolvem jacaré à natureza
Estado auxilia municípios na implantação de política educacionais sobre resíduos
Estado auxilia municípios na implantação de política educacionais sobre resíduos
Observação: projeto Passarinhar Paraná estreia no Interior neste sábado em Palotina
Observação: projeto Passarinhar Paraná estreia no Interior neste sábado em Palotina
Profissionais do IAT resgatam coruja-diabo com a asa quebrada na região Central
Profissionais do IAT resgatam coruja-diabo com a asa quebrada na região Central
Segurança e novo cenário: moradores de Matinhos celebram superpostes da orla
Segurança e novo cenário: moradores de Matinhos celebram superpostes da orla
IAT vai promover ações para preservação dos jacarés-de-papo-amarelo na Ilha do Mel
IAT vai promover ações para preservação dos jacarés-de-papo-amarelo na Ilha do Mel
ICMS Ecológico por Biodiversidade: regularização de cadastro encerra dia 30
ICMS Ecológico por Biodiversidade: regularização de cadastro encerra dia 30
IAT e alunos da PUCPR promovem mutirões de conservação na Serra da Baitaca
IAT e alunos da PUCPR promovem mutirões de conservação na Serra da Baitaca
Com drones, IAT vai ampliar ações de fiscalização ambiental na região Oeste do Paraná
Com drones, IAT vai ampliar ações de fiscalização ambiental na região Oeste do Paraná
Curso para pilotagem de drones amplia ações de fiscalização do IAT no Oeste do Paraná
Curso para pilotagem de drones amplia ações de fiscalização do IAT no Oeste do Paraná
Temporada de montanha: conheça picos perfeitos em todas as regiões do Paraná
Temporada de montanha: conheça picos perfeitos em todas as regiões do Paraná
Governo do Estado e OCDE ampliam ações para implementação dos ODS
Governo do Estado e OCDE ampliam ações para implementação dos ODS
Equipe do IAT resgata filhote de coruja-buraqueira em Pitanga
Equipe do IAT resgata filhote de coruja-buraqueira em Pitanga
Paraná vai sediar pela primeira vez evento nacional sobre Unidades de Conservação
Paraná vai sediar pela primeira vez evento nacional sobre Unidades de Conservação
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais