CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Estado lança programa para acelerar adesão de municípios aos objetivos da ONU
Foto: SGES

Estado lança programa para acelerar adesão de municípios aos objetivos da ONU

Ele foi instituído por meio do Decreto nº 4.479/2023 e lançado oficialmente nesta quarta-feira (20) no Encontro de Municípios do Paraná (Emunpar), promovido pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP).......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Estado lança programa para acelerar adesão de municípios aos objetivos da ONU
Foto: SGES

O Governo do Paraná vai implementar em 2024 o Programa de Promoção dos Objetivos Locais Integrados de Desenvolvimento Sustentável (Polis), que fornece informações, metodologias e ferramentas para os municípios trabalharem de maneira organizada em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). É mais uma ação da Superintendência-Geral de Desenvolvimento Econômico e Social (SGDES), braço do Estado responsável por organizar as iniciativas da Agenda 2030.

Ele foi instituído por meio do Decreto nº 4.479/2023 e lançado oficialmente nesta quarta-feira (20) no Encontro de Municípios do Paraná (Emunpar), promovido pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP).

O Polis é composto por três etapas: diagnóstico, planejamento e execução. A primeira, que está em andamento, auxilia as prefeituras a fazer o diagnóstico da situação atual em relação aos ODS, apontando pontos fortes e melhorias, além de capacitar gestores municipais quanto aos 17 objetivos da agenda. Na segunda etapa serão realizadas oficinas de planejamento que permitirão estabelecer prioridades e organizar o plano de ação municipal. A terceira abrange a organização da rede de parcerias e a alocação dos recursos necessários para alcançar as metas.

O diagnóstico será feito em uma parceria entre municípios e SGDES através de um BI, que está sendo criado em parceria com a Celepar e o Ipardes, com informações que irão nortear os municípios para, na segunda fase, das oficinas, sejam priorizadas as ações para o desenvolvimento sustentável local.

“O Polis é uma iniciativa inovadora para a implementação dos ODS no Estado. Com as informações e ferramentas necessárias, os gestores municipais podem melhorar a vida da população na sua região de acordo com cada meta dos 17 objetivos, tornando o Paraná um exemplo mundial ainda maior de sustentabilidade”, comentou Keli Guimarães, superintendente-geral da SGDES. “Os ODS são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz”.

O Polis tem um modelo de governança composto pela SGDES e instâncias locais que incluem representantes do Estado, instituições representativas, empresas e universidades, as quais poderão criar outras instâncias de governança para ajudar nas ações de municipalização dos ODS. Essa formatação coletiva vai ajudar na formulação de políticas públicas, integração dos ODS nas ferramentas orçamentárias municipais, coleta e tratamento das informações estatísticas e participação de empresas e da comunidade.

Algumas parcerias já estão em andamento, como no caso da AMP, formalizada nesta quarta, para expandir as ações nos 399 municípios. O protocolo de intenções estabelece colaboração para definição de objetivos, parâmetros e resultados do projeto, além de intercâmbio de informações. Outra é com a Escola de Gestão do Paraná (EGP) para uma capacitação introdutória sobre os ODS, com carga horária de 2 horas. O material já está disponível no site da instituição e foi apresentado aos prefeitos.

CHAMAMENTO PÚBLICO – Nos próximos meses a SGDES vai lançar um chamamento público para que entidades não governamentais que desejem participar e contribuir com o programa possam se habilitar. Nesse edital conterá termo de cooperação, plano de trabalho e termos de ciência, que estão em fase final de elaboração.

PPA – Pela primeira vez na história do Estado, os ODS foram incorporados ao Plano Plurianual (PPA), aprovado no ano passado. A ideia é que as ações prioritárias do Governo do Paraná estejam atreladas com a Agenda 2030. Ele tem previsão de investimento de R$ 246 bilhões para o quadriênio 2024 a 2027. Estão listadas 1.164 entregas no total, das quais 515 são obras elencadas a partir das indicações regionais e dos técnicos do governo estadual e as outras 649 entregas de outros tipos.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Paraná reduziu desmatamento em 78% em 2023, aponta Fundação SOS Mata Atlântica
Paraná reduziu desmatamento em 78% em 2023, aponta Fundação SOS Mata Atlântica
Paraná manda mais 30 caminhões-pipa para auxiliar o Rio Grande do Sul
Paraná manda mais 30 caminhões-pipa para auxiliar o Rio Grande do Sul
Mutirão voluntário recolhe duas toneladas de resíduos sólidos da Ilha do Mel
Mutirão voluntário recolhe duas toneladas de resíduos sólidos da Ilha do Mel
De limpeza de escola a salvamento de animais: a rotina solidária da equipe do IAT no RS
De limpeza de escola a salvamento de animais: a rotina solidária da equipe do IAT no RS
Comitês de bacias deliberam nesta semana plano de segurança e proteção da água
Comitês de bacias deliberam nesta semana plano de segurança e proteção da água
Paranaenses atendem mais de mil animais resgatados em hospital veterinário no RS
Paranaenses atendem mais de mil animais resgatados em hospital veterinário no RS
IAT lança cartilha educativa para crianças sobre o uso e a preservação da água
IAT lança cartilha educativa para crianças sobre o uso e a preservação da água
Com apoio de 11 caminhões-pipa, técnicos do IAT vão atuar por 10 dias no Rio Grande do Sul
Com apoio de 11 caminhões-pipa, técnicos do IAT vão atuar por 10 dias no Rio Grande do Sul
Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul
Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul
Case mundial, Floresta Metropolitana recebe indígenas do Canadá para intercâmbio
Case mundial, Floresta Metropolitana recebe indígenas do Canadá para intercâmbio
Apoio técnico do IAT recupera nascente e melhora abastecimento em Faxinal
Apoio técnico do IAT recupera nascente e melhora abastecimento em Faxinal
Um alimento por uma muda: campanha solidária do IAT reforça apoio ao RS
Um alimento por uma muda: campanha solidária do IAT reforça apoio ao RS
Conservação e educação ambiental abrem a agenda de maio dos CBHs do Paraná
Conservação e educação ambiental abrem a agenda de maio dos CBHs do Paraná
Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas
Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas
Unidades do IAT no Paraná também recebem donativos para ajudar o Rio Grande do Sul
Unidades do IAT no Paraná também recebem donativos para ajudar o Rio Grande do Sul
Com avanço na microdrenagem, obras da Orla de Matinhos atingem 94,13% de conclusão
Com avanço na microdrenagem, obras da Orla de Matinhos atingem 94,13% de conclusão
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais