CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a UEL recebe quarto pesquisador ucraniano por meio do programa de acolhimento a cientistas
UEL recebe quarto pesquisador ucraniano por meio do Programa de Acolhimento a CientistasFoto: UEL/O Perobal

UEL recebe quarto pesquisador ucraniano por meio do programa de acolhimento a cientistas

Doutor em História, Latysh irá atuar por dois anos junto ao Programa de Pós-Graduação em História Social (PPGHS), do CLCH (Centro de Letras e Ciências Humanas), e......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a UEL recebe quarto pesquisador ucraniano por meio do programa de acolhimento a cientistas
UEL recebe quarto pesquisador ucraniano por meio do Programa de Acolhimento a CientistasFoto: UEL/O Perobal

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) recebeu nesta quinta-feira (14) o professor Yurii Latysh, 43 anos, o quarto pesquisador ucraniano que chega à cidade, localizada no Norte do Paraná, por meio do Programa Paranaense de Acolhimento aos Cientistas Ucranianos, da Fundação Araucária (FA), que conta com o apoio da Secretaria estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

Doutor em História, Latysh irá atuar por dois anos junto ao Programa de Pós-Graduação em História Social (PPGHS), do CLCH (Centro de Letras e Ciências Humanas), e será colega de centro de estudos dos conterrâneos Katherina Hodick (Letras Estrangeiras Modernas) e Ivan Ostashchuk (Filosofia). A primeira ucraniana recebida na UEL foi Maria Boiko (Microbiologia), em maio de 2022. 

Professor associado na faculdade de História da Universidade Nacional de Kiev Taras Shevchenko, Latysh também é pesquisador visitante na Universidade Hebraica de Jerusalém (Israel). É autor de mais de 100 artigos acadêmicos que atravessam temas relacionados à historiografia e memória da Ucrânia e também da ex-União Soviética, assim como dos 15 estados independentes que emergiram com o fim do bloco soviético.

Para o professor do Departamento de História e supervisor do trabalho que será realizado por Yurii, Francisco César Alves Ferraz, a presença do pesquisador será valiosa, especialmente na colaboração com pesquisas relacionadas ao período anterior à formação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

“Há todo um contexto histórico de disputa de memória de onde surgiram a Rússia e a Ucrânia. Putin, por exemplo, diz que a Rússia nasceu na região de Kiev, no Rus, que seria aquela região da Ucrânia. Então, há toda uma disputa histórica em relação a isso”, diz o professor.

Os estudos atualmente desenvolvidos pelo ucraniano têm o objetivo de jogar à luz os apelos históricos feitos pelo governo russo para sustentar a ofensiva bélica contra a Ucrânia. “Ele tem se esforçado, concentrado seus estudos nessas disputas por memória, que os russos jogam para um lado e os ucranianos defendem por outro. E isso são demandas nacionais e nacionalistas que, no caso extremo de guerra, são ainda mais violentas. É uma situação muito difícil e entender como esse processo surge é muito importante nesse momento”, acrescenta.

Yurii é fluente no idioma russo e tem boas habilidades de comunicação na língua inglesa – o desafio, agora, é aprender o português. Por isso, o professor já deu início aos estudos no Curso de Português para Estrangeiros, oferecido pelo Laboratório de Línguas da UEL por meio do Programa Paraná Fala Idiomas. 

PROGRAMA – O Programa Paranaense de Acolhimento aos Cientistas Ucranianos já recebeu 19 pesquisadores, distribuídos entre as seguintes universidades, além da UEL: UENP, PUC, UTFPR – Câmpus Medianeira, Unicentro, Unioeste, Unila, UEPG, IFPR e UEM. Por meio de editais de fluxo contínuo com duração de dois anos, até 50 bolsas de estudos foram disponibilizadas com o objetivo de apoiar financeiramente as instituições científicas e tecnológicas e de inovação paranaenses na acolhida dos pesquisadores ucranianos na pós-graduação stricto sensu.

Conforme as regras do programa de acolhimento, cujo primeiro edital está chegando ao fim no primeiro semestre de 2024, cada pesquisador ucraniano recebe bolsa mensal de R$ 10 mil (Bolsa categoria Pesquisador Visitante Especial 1). Esta categoria é voltada para pesquisadores com no mínimo cinco anos de experiência em pesquisa. Por meio do programa criado pelo Governo do Paraná, foram disponibilizados R$ 18 milhões para o apoio às instituições acadêmicas e governamentais parceiras.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Universidades estão com inscrições abertas para a Operação Rondon Paraná 2024
Universidades estão com inscrições abertas para a Operação Rondon Paraná 2024
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos com 398 formados
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos com 398 formados
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos em 398 formados
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos em 398 formados
Investimentos nas universidades estaduais geram salto nas avaliações do MEC
Investimentos nas universidades estaduais geram salto nas avaliações do MEC
Parceria com a Índia: Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Parceria com a Índia: Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Em parceria com a Índia, Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Em parceria com a Índia, Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
Universidade do Norte do Paraná lança curso de extensão sobre direito penal europeu
Universidade do Norte do Paraná lança curso de extensão sobre direito penal europeu
Cervos, araucárias e humanos: a pré-história do Paraná está nas paredes de Piraí do Sul
Cervos, araucárias e humanos: a pré-história do Paraná está nas paredes de Piraí do Sul
Programa Genomas Paraná está com inscrições abertas para bolsistas com pós-doutorado
Programa Genomas Paraná está com inscrições abertas para bolsistas com pós-doutorado
Universidades estaduais realizam estudo sobre autismo em instituições de educação
Universidades estaduais realizam estudo sobre autismo em instituições de educação
Universidades estaduais realizam estudo sobre autismo em instituições de educação no Paraná
Universidades estaduais realizam estudo sobre autismo em instituições de educação no Paraná
UENP executa 24 obras em Cornélio Procópio, Jacarezinho e Bandeirantes
UENP executa 24 obras em Cornélio Procópio, Jacarezinho e Bandeirantes
Oito mil alunos da Unicentro voltam às aulas nesta segunda-feira
Oito mil alunos da Unicentro voltam às aulas nesta segunda-feira
Ação universitária: Operação Rondon de 2024 será na região Centro-Sul do Paraná
Ação universitária: Operação Rondon de 2024 será na região Centro-Sul do Paraná
Lepac bate recorde de exames em 2024 e reforça ações da UEM contra a dengue
Lepac bate recorde de exames em 2024 e reforça ações da UEM contra a dengue
PCPR faz operação contra grupo ligado a desvio de ração no Norte do Estado
PCPR faz operação contra grupo ligado a desvio de ração no Norte do Estado
PCPR faz operação contra grupo ligado a desvio de ração no Norte Estado
PCPR faz operação contra grupo ligado a desvio de ração no Norte Estado
Destaque nacional: universidades estaduais estão no topo da avaliação do MEC
Destaque nacional: universidades estaduais estão no topo da avaliação do MEC
Aintec da UEL levará projetos de inovação ao pavilhão Smart Agro da ExpoLondrina 2024
Aintec da UEL levará projetos de inovação ao pavilhão Smart Agro da ExpoLondrina 2024
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais