CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Rio Open tem dia marcado por lesão do espanhol Carlos Alcaraz
© Divulgação/Fotojump/Direitos Reservados

Rio Open tem dia marcado por lesão do espanhol Carlos Alcaraz

A terça-feira (20) do Rio Open, o maior torneio da modalidade na América do Sul, foi marcado pela chuva e por algumas despedidas precoces (do suíço......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Rio Open tem dia marcado por lesão do espanhol Carlos Alcaraz
© Divulgação/Fotojump/Direitos Reservados

A terça-feira (20) do Rio Open, o maior torneio da modalidade na América do Sul, foi marcado pela chuva e por algumas despedidas precoces (do suíço Stan Wawrinka e do espanhol Carlos Alcaraz). Já o Brasil se garantiu nas quartas com Thiago Monteiro e com Felipe Meligeni.

A instabilidade climática no saibro carioca atrasou o início dos jogos. Assim, alguns tenistas aproveitaram para treinar. Quando a chuva parou o suíço Stan Wawrinka estreou contra o argentino Facundo Díaz Acosta, campeão em Buenos Aires na última semana. A torcida apoiou o suíço de 38 anos, que começou bem o jogo no ATP 500 carioca. Nas arquibancadas dava para ouvir o gritos de “olê, olê, olê, olá, wra, wra, wra, wra”. Porém, mesmo com o apoio da torcida brasileira, o suíço não resistiu ao talento do argentino, que fechou o jogo por 2 sets a 0 (parciais de 7-5 e 5-4) e que terá como próximo adversário o seu compatriota Sebastian Baez.

Depois a quadra lotou para o jogo entre Carlos Alcaraz, da Espanha, e o brasileiro Thiago Monteiro. Mas o jogo durou apenas 18 minutos. O número dois do mundo sofreu uma lesão no tornozelo no segundo game para decepção dos fãs brasileiros, que esperavam ver o talento do espanhol no torneio. O cearense Thiago Monteiro lamentou a lesão do adversário: “É estranho. Foi o segundo ponto do jogo. Vendo na quadra não parecia grave, mas vi no telão e foi uma torção feia. Agora é torcer para a recuperação dele. É uma estrela que vem dominando na nova geração. Eu o admiro muito”. O brasileiro afirmou que agora é hora de pensar no próximo adversário, o paulista Felipe Meligeni, que eliminou o argentino Pedro Cachín por 2 sets a 1 (parciais de 6-2, 3-6 e 6-3).

Na chave de duplas, Marcelo Melo e o holandês Matwe Middelkoop jogam contra o brasileiro Rafael Matos e o colombiano Nicolas Barrientos. Já o duo nacional formado por Fernando Romoli e Thiago Wild encara os argentinos Máximo Gonzalez e Andrés Molteni.

Fonte: Agência Brasil

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais