CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Reforma da ONU é uma das prioridades do Brasil em reunião do G20
© Fernando Frazão/Agência Brasil

Reforma da ONU é uma das prioridades do Brasil em reunião do G20

Israel e Palestina, Rússia e Ucrânia, conflitos armados na Somália, no Sudão, na Nigéria e na Síria. Diferentes partes do mundo veem crescer instabilidades políticas, gastos......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Reforma da ONU é uma das prioridades do Brasil em reunião do G20
© Fernando Frazão/Agência Brasil

Israel e Palestina, Rússia e Ucrânia, conflitos armados na Somália, no Sudão, na Nigéria e na Síria. Diferentes partes do mundo veem crescer instabilidades políticas, gastos militares e o número de mortes. Às vésperas da Reunião de Ministros de Relações Exteriores do G20, prevista para quarta e quinta-feira próximas (21 e 22), na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, o Brasil tem como prioridade discutir meios de reformar e fortalecer a Organização das Nações Unidas (ONU).

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (20), o secretário de Assuntos Econômicos e Financeiros do Ministério das Relações Exteriores e Sherpa do G20 do Brasil, Mauricio Carvalho Lyrio, disse que há urgência em reestruturar a governança global e garantir mecanismos de construção da paz.

“Nós estamos apagando incêndios. Com 183 conflitos no mundo, é uma situação tão catastrófica do ponto de vista dos direitos humanitários, que a ação tem que ser estrutural”, disse o embaixador. “A ideia é que nós tenhamos uma reforma efetiva da ONU, para que ela seja de fato um instrumento eficaz para evitar a ocorrência de conflitos.”

“Há países que privilegiam a reforma do Conselho de Segurança, outros que privilegiam o empoderamento da Assembleia Geral, ou o fortalecimento do Conselho Econômico e Social. O Brasil sempre foi muito aberto à reforma como um todo. A ONU tem que se tornar mais representativa e atualizada em relação às necessidades contemporâneas”, complementou.

Reuniões do G20

O Brasil está na presidência rotativa do G20 desde 1º de dezembro de 2023 e permanece na posição até 30 de novembro de 2024. A previsão é que nesse período ocorram cerca de 130 reuniões, realizadas entre 15 cidades do país. A mais importante será a Cúpula de Chefes de Estado e de Governo do G20, marcada para 18 e 19 de novembro deste ano, no Rio de Janeiro.

Os encontros de quarta e quinta-feira, na Marina da Glória, terão participação de representantes de todos os membros do grupo: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia, União Africana e União Europeia.

O Brasil convidou outros países e entidades para participar da reunião de chanceleres no Rio de Janeiro: Angola, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Egito, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Nigéria, Noruega, Portugal e Singapura; o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BIRD, também conhecido como Banco Mundial), a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, a Corporação Andina de Fomento, o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), a ONU, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Organização Mundial do Comércio (OMC), a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a Organização para o Tratado de Cooperação Amazônica.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, as discussões durante todo o ano estarão estruturadas em torno de três prioridades: inclusão social e combate à fome e à pobreza; promoção do desenvolvimento sustentável, considerando-se seus três pilares: social, econômico e ambiental; e reforma das instituições da governança global.

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas:

Ecologia e taxação de ricos serão destaque de viagem de Haddad aos EUA
Ecologia e taxação de ricos serão destaque de viagem de Haddad aos EUA
Tecnologia verde: Piana conhece máquina de compostagem acelerada em Tijucas do Sul
Tecnologia verde: Piana conhece máquina de compostagem acelerada em Tijucas do Sul
Máquina de compostagem acelerada é apresentada ao governador em exercício
Máquina de compostagem acelerada é apresentada ao governador em exercício
Brasil debate preservação de oceanos em reunião do G20 em Brasília
Brasil debate preservação de oceanos em reunião do G20 em Brasília
Com palestra de especialistas, comitês de bacias hidrográficas se reúnem na semana que vem
Com palestra de especialistas, comitês de bacias hidrográficas se reúnem na semana que vem
Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
IAT aplica R$ 40,2 milhões em multas por danos ambientais no 1º trimestre de 2024
IAT aplica R$ 40,2 milhões em multas por danos ambientais no 1º trimestre de 2024
Homicídio e pobreza são desafios do Brasil na comparação com G20
Homicídio e pobreza são desafios do Brasil na comparação com G20
IBGE lança nova edição do Atlas Geográfico Escolar
IBGE lança nova edição do Atlas Geográfico Escolar
Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi
Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi
Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro
Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro
Haddad vê Alemanha como parceiro promissor na transição energética
Haddad vê Alemanha como parceiro promissor na transição energética
Operação Quaresma II, do IAT, aplica R$ 1,2 milhão em multas por crimes ambientais
Operação Quaresma II, do IAT, aplica R$ 1,2 milhão em multas por crimes ambientais
Comitês de Bacias Hidrográficas se reúnem para discutir a gestão de rios do Paraná
Comitês de Bacias Hidrográficas se reúnem para discutir a gestão de rios do Paraná
Nova fase do CastraPet vai atender mais de 30 mil cães e gatos em 165 cidades do Paraná
Nova fase do CastraPet vai atender mais de 30 mil cães e gatos em 165 cidades do Paraná
Novo boletim: obras de revitalização da Orla de Matinhos atingem 94% em março
Novo boletim: obras de revitalização da Orla de Matinhos atingem 94% em março
Multas, proibições e restrições: penalidades administrativas para crimes ambientais são severas
Multas, proibições e restrições: penalidades administrativas para crimes ambientais são severas
Governador discute parcerias ambientais com o velejador Vilfredo Schürmann
Governador discute parcerias ambientais com o velejador Vilfredo Schürmann
Segunda etapa de inspeção nas barragens do Paraná já concluiu 81% do trabalho
Segunda etapa de inspeção nas barragens do Paraná já concluiu 81% do trabalho
Governo divulga cartilha para orientar coleta seletiva na administração pública
Governo divulga cartilha para orientar coleta seletiva na administração pública
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais