CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Com distribuição recorde, Paraná vai alcançar 10 milhões de mudas plantadas em 2024
IAT - O Instituto Água e Terra possui Viveiros de produção de mudas florestais nativas, distribuídos por todo o estado e produzindo mudas de mais de 80 espécies florestais nativas do Paraná.Foto: Albari Rosa/AEN

Com distribuição recorde, Paraná vai alcançar 10 milhões de mudas plantadas em 2024

Nos últimos cinco anos, o projeto superou a marca de 9,3 milhões de plantas, o equivalente a 8,3 mil hectares – ou 8,3 mil campos de......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Com distribuição recorde, Paraná vai alcançar 10 milhões de mudas plantadas em 2024
IAT - O Instituto Água e Terra possui Viveiros de produção de mudas florestais nativas, distribuídos por todo o estado e produzindo mudas de mais de 80 espécies florestais nativas do Paraná.Foto: Albari Rosa/AEN

O ano de 2023 deixou o Paraná mais verde. O Instituto Água e Terra (IAT) entregou 1.850.427 mudas de espécies nativas em todo o Estado, um incremento de 6% em relação a 2022 (1.741.868). Esse foi o maior volume de distribuição desde 2019, quando o programa Paraná Mais Verde foi implementado pelo Governo do Estado.

Nos últimos cinco anos, o projeto superou a marca de 9,3 milhões de plantas, o equivalente a 8,3 mil hectares – ou 8,3 mil campos de futebol de restauração florestal. A perspectiva, ao manter a média, é que o Paraná alcance 10 milhões de mudas distribuídas ainda neste semestre.

“Vários fatores contribuíram para essa demanda maior em 2023. Eles incluem o estabelecimento de parcerias com instituições como a ONG Mater Natura e a rede global Rotary, que aumentaram a nossa área de atuação, a grande quantidade de processos de licenciamento ambiental no Paraná ao longo do ano e uma fiscalização ambiental mais incisiva, que ajudou na identificação de crimes de desmatamento”, afirma o gerente de restauração ambiental do IAT, Mauro Scharnik.

Ele reforça que boa parte das autorizações ambientais ou penas por supressão vegetal emitidas pelo IAT incluem como condicionante o replantio com plantas na nativas do Estado, fornecidas em grande parte pelo instituto. “As mudas, em sua maioria, foram usadas para ajudar na regularização dos imóveis rurais, na restauração de Áreas de Preservação Permanente (APPs) e reservas ilegais, no cumprimento de condicionantes de procedimentos de licenciamento ambiental, em ações de plantio urbano e também para o atendimento a infrações ambientais”, explica.

De acordo com levantamento da diretoria de Patrimônio Natural do órgão ambiental, os núcleos regionais de Curitiba, Guarapuava e Campo Mourão lideraram o ranking de distribuição, respondendo por 30% do total de plantas. “Considerando a demanda crescente, antecipamos o cronograma. Acredito que até junho alcançaremos esse número de 10 milhões de mudas”, destaca.

VIVEIROS – As mudas que abastecem a ajudam no reflorestamento do Paraná são cultivadas nos 19 viveiros florestais e nos dois laboratórios de sementes do IAT. O órgão produz plantas de mais de 100 espécies diferentes, incluindo 25 ameaçadas de extinção, como a araucária (Araucaria angustifolia) e a imbuia (Ocotea porosa).

Os viveiros estão localizados em São José dos Pinhais, Engenheiro Beltrão, Salgado Filho, Cascavel, Cornélio Procópio, Guarapuava, Fernandes Pinheiro, Ivaiporã, Jacarezinho, Morretes, Ibiporã, Mandaguari, Pato Branco, Tibagi, Pitanga, Paranavaí, Toledo, Umuarama e Paulo Frontin. Já os laboratórios de sementes ficam em São José dos Pinhais e em Engenheiro Beltrão.

COMO SOLICITAR – Os interessados podem solicitar mudas por meios digitais, como o aplicativo Paraná Mais Verde, disponível na Play Store (modelos Android) e na App Store (modelos iOS).

Ao fazer o pedido para até 100 mudas/ano, o requerimento é aprovado automaticamente e as plantas poderão ser retiradas diretamente no viveiro escolhido. Basta ligar para a unidade do IAT para agendar quando buscar.

Para mais de 100 mudas, o requerimento seguirá para análise e aprovação de um técnico do IAT. O requerente poderá acompanhar a solicitação e será informado quando for aprovada. Após a liberação, pegará as mudas no viveiro selecionado.

É possível, também, registrar a solicitação através do Sistema de Gestão Ambiental (SGA). É um caminho que permite aos usuários a requisição de mudas nativas e consultas relacionadas ao requerimento feito pela internet através do endereço www.sga.pr.gov.br.

Após a solicitação, o pedido passará por uma análise do IAT. Caso seja aprovado, será encaminhado um e-mail ao requerente, com as informações do local de retirada das mudas e a documentação necessária.

PARANÁ MAIS VERDE – O programa foi criado em 2019 e tem como objetivo despertar a consciência ambiental e aliar o desenvolvimento ambiental, econômico e social, por meio da produção e plantio de árvores nativas nas áreas urbanas e rurais. As mudas são plantadas em áreas que precisam ser recuperadas ou melhor arborizadas, bem como incentivar a população a cultivar árvores, seja em área urbana ou rural, para colaborar no equilíbrio do clima.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Tecnologia verde: Piana conhece máquina de compostagem acelerada em Tijucas do Sul
Tecnologia verde: Piana conhece máquina de compostagem acelerada em Tijucas do Sul
Máquina de compostagem acelerada é apresentada ao governador em exercício
Máquina de compostagem acelerada é apresentada ao governador em exercício
Com palestra de especialistas, comitês de bacias hidrográficas se reúnem na semana que vem
Com palestra de especialistas, comitês de bacias hidrográficas se reúnem na semana que vem
Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
IAT aplica R$ 40,2 milhões em multas por danos ambientais no 1º trimestre de 2024
IAT aplica R$ 40,2 milhões em multas por danos ambientais no 1º trimestre de 2024
Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi
Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi
Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro
Municípios que recebem ICMS ecológico têm até 30 de abril para regularizar cadastro
Haddad vê Alemanha como parceiro promissor na transição energética
Haddad vê Alemanha como parceiro promissor na transição energética
Operação Quaresma II, do IAT, aplica R$ 1,2 milhão em multas por crimes ambientais
Operação Quaresma II, do IAT, aplica R$ 1,2 milhão em multas por crimes ambientais
Comitês de Bacias Hidrográficas se reúnem para discutir a gestão de rios do Paraná
Comitês de Bacias Hidrográficas se reúnem para discutir a gestão de rios do Paraná
Nova fase do CastraPet vai atender mais de 30 mil cães e gatos em 165 cidades do Paraná
Nova fase do CastraPet vai atender mais de 30 mil cães e gatos em 165 cidades do Paraná
Novo boletim: obras de revitalização da Orla de Matinhos atingem 94% em março
Novo boletim: obras de revitalização da Orla de Matinhos atingem 94% em março
Multas, proibições e restrições: penalidades administrativas para crimes ambientais são severas
Multas, proibições e restrições: penalidades administrativas para crimes ambientais são severas
Governador discute parcerias ambientais com o velejador Vilfredo Schürmann
Governador discute parcerias ambientais com o velejador Vilfredo Schürmann
Segunda etapa de inspeção nas barragens do Paraná já concluiu 81% do trabalho
Segunda etapa de inspeção nas barragens do Paraná já concluiu 81% do trabalho
Governo divulga cartilha para orientar coleta seletiva na administração pública
Governo divulga cartilha para orientar coleta seletiva na administração pública
Prazo para o preenchimento da plataforma Contabilizando Resíduos é prorrogado até julho
Prazo para o preenchimento da plataforma Contabilizando Resíduos é prorrogado até julho
Parques estaduais vão funcionar normalmente durante todo o feriado de Páscoa
Parques estaduais vão funcionar normalmente durante todo o feriado de Páscoa
Comitês de Bacias Hidrográficas do Paraná retomam atividades com reuniões técnicas em abril
Comitês de Bacias Hidrográficas do Paraná retomam atividades com reuniões técnicas em abril
Fim da contagem regressiva: temporada do pinhão começa dia 1º de abril no Paraná
Fim da contagem regressiva: temporada do pinhão começa dia 1º de abril no Paraná
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais