CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Intercâmbios, colégios cívico-militares e tecnologia marcam rede estadual de educação
Educação divulga balanço trimestral e anuncia expansão de projetos para 2024Foto: Lucas Fermin/Seed-Pr

Intercâmbios, colégios cívico-militares e tecnologia marcam rede estadual de educação

Também participaram representantes do Conselho Estadual de Educação, do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), da Paraná Educação (Preduc), além dos líderes dos Núcleos Regionais de......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Intercâmbios, colégios cívico-militares e tecnologia marcam rede estadual de educação
Educação divulga balanço trimestral e anuncia expansão de projetos para 2024Foto: Lucas Fermin/Seed-Pr

A expansão do programa Ganhando o Mundo, que oferta intercâmbio internacional a alunos da rede estadual de ensino, a ampliação no número de escolas com modelo cívico-militar e os investimentos em tecnologia para capacitar os estudantes para o mundo digital foram algumas das ações de destaque da educação em 2023. Esse balanço, em especial das atividades do terceiro trimestre (julho a setembro), foi apresentado pelo secretário Roni Miranda a educadores, professores, pedagogos, diretores e servidores da Secretaria da Educação do Paraná (Seed-PR).

Também participaram representantes do Conselho Estadual de Educação, do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), da Paraná Educação (Preduc), além dos líderes dos Núcleos Regionais de Curitiba e das áreas metropolitanas Norte e Sul.

Atendendo as demandas das comunidades escolares e também de moradores próximos de colégios de ensino regular, o Governo do Estado promoveu uma consulta pública com escolas da rede e 83 optaram pela adesão ao modelo cívico-militar. Até o início de 2024, novas consultas públicas ainda devem definir o ingresso de mais 28 escolas na modalidade.

Atualmente são 194 colégios nesta modalidade, no Paraná e mais 12 que funcionam até o fim de 2023 sob o programa cívico-militar nacional. Elas serão incorporadas pelo Estado em 2024. Com isso, serão 289 colégios nessa modalidade no próximo ano. E, com as novas consultas, o número pode passar de 300.

Outra ação de destaque no ano letivo de 2023 foi a oferta da Educação de Jovens e Adultos (EJA) na modalidade híbrida – presencial e online. A medida possibilitou aos alunos um agendamento flexível, por meio de aulas a distância. Os materiais, disponibilizados no ambiente virtual permitem que os alunos estudem no período de sua preferência. A modalidade EaD, atualmente, atende 79 escolas e 6.800 alunos. O plano é ampliar o atendimento, em 2024. 

INFRAESTRUTURA E TECNOLOGIA – O Governo do Estado, por meio da Fundepar, investiu mais de R$ 1,3 bilhão em infraestrutura das escolas da rede estadual em 2023. O montante engloba obras, serviços de engenharia, fornecimento de alimentação escolar, fundo rotativo (direcionado diretamente às instituições), transporte escolar, mobiliário e suprimentos.

O investimento abrange, também, o aprimoramento da qualidade do ensino, por meio do desenvolvimento de novos projetos de salas climatizadas, renovação de cozinhas e refeitórios, revitalização de quadras de esportes e projetos de sustentabilidade.

Entre as principais medidas instauradas neste ano esteve a substituição das salas de aula de madeira por estruturas de alvenaria, com material ecológico e redução dos impactos ambientais e do desperdício. Neste ano, 160 novas salas foram entregues e a previsão é a de reformar mais 160 em 2024.

Entre as marcas da Educação também esteve a compra de dispositivos para facilitar a rotina escolar e a aprendizagem. Foram destinados mais R$ 302 milhões para esse fim. Ao todo, a rede de ensino estadual entregou às escolas mais de 48 mil computadores, 50 mil tablets, mais 20 mil kits de robótica e mais de 18 mil notebooks.

“A incorporação de tecnologia no ambiente educacional não apenas enriquece o processo de aprendizado, mas também prepara os alunos para os desafios de um mundo cada vez mais digital. Investir em tecnologia educacional não só potencializa as metodologias de ensino, mas também proporciona aos estudantes acesso a ferramentas inovadoras, promovendo uma aprendizagem mais dinâmica e alinhada às demandas contemporâneas”, afirmou Miranda.

GANHANDO O MUNDO – Neste ano, o Governo do Estado enviou 1.040 alunos da rede estadual para países de língua inglesa e francesa, por intermédio do Programa de intercâmbio Ganhando o Mundo. Foi a maior edição do programa desde o lançamento, em 2019.

Além dos estudantes, 99 docentes da rede estadual de ensino também foram selecionados na primeira edição do programa Ganhando o Mundo para professores. Eles embarcaram em outubro rumo à Finlândia e Canadá onde participaram de cursos de formação contínua, com foco em temas como gestão de sala de aula, metodologias ativas, currículo baseado em habilidades e competências, orientação pedagógica, sistema educacional local, avaliação de aprendizado e educação inclusiva.

Para 2024, a Secretaria da Educação prevê ampliar para 1.200 estudantes e 200 professores Ganhando o Mundo.

PROJEÇÕES PARA 2014 – Além das medidas já implementadas em 2023, também foram feitas projeções da educação para o ano letivo de 2024, com destaque para a continuidade de programas já consolidados e a expansão dos principais projetos pedagógicos da rede.

Com a meta de ampliar a abrangência da educação integral na rede estadual, a Secretaria da Educação planeja dobrar o número de alunos beneficiados pela educação integral até 2025, passando de 52 mil para 100 mil estudantes. Atualmente, 253 instituições de ensino do Paraná oferecem esse modelo pedagógico e o objetivo é que este número chegue a 400, nos próximos dois anos, representando um investimento anual de R$ 400 milhões.

A partir de 2024, a previsão é integrar 157 novas escolas ao modelo, resultando em 87 mil novas matrículas. O ensino integral se destaca pelo aumento do tempo dedicado aos estudos, com nove horas diárias e 45 horas semanais, proporcionando aos alunos uma carga horária mais completa.

Além disso, o Paraná Integral recebeu reforço com a sanção da Lei Estadual 21.658/2023, que estabelece políticas públicas para a educação em tempo integral na rede pública estadual, regulamentando a carga horária dos docentes, os conteúdos a serem abordados e delineando a atuação, inclusive para a educação especial. Essa iniciativa se destaca como uma das principais diretrizes educacionais do estado no ano de 2023

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Relato de professor sobre rigidez em penitenciária viraliza na web
Relato de professor sobre rigidez em penitenciária viraliza na web
Governo autoriza convocação de mais 1.144 professores aprovados no último concurso
Governo autoriza convocação de mais 1.144 professores aprovados no último concurso
Ganhando o Mundo: 950 alunos da rede estadual já embarcaram para intercâmbio em 2024
Ganhando o Mundo: 950 alunos da rede estadual já embarcaram para intercâmbio em 2024
Com novos produtos, Governo conclui entrega da 1ª remessa de alimentos da merenda
Com novos produtos, Governo conclui entrega da 1ª remessa de alimentos da merenda
Com novos professores e 908 mil alunos, rede estadual volta às aulas na segunda-feira
Com novos professores e 908 mil alunos, rede estadual volta às aulas na segunda-feira
Colégios agrícolas do Paraná vão receber 23 drones durante o Show Rural
Colégios agrícolas do Paraná vão receber 23 drones durante o Show Rural
Com 187 embarques desta segunda, 579 estudantes da rede estadual já iniciaram intercâmbio
Com 187 embarques desta segunda, 579 estudantes da rede estadual já iniciaram intercâmbio
Conferência no DF vai orientar plano de educação, diz ministro
Conferência no DF vai orientar plano de educação, diz ministro
Rede estadual de educação tem vagas para tradutores e intérpretes de Libras
Rede estadual de educação tem vagas para tradutores e intérpretes de Libras
Ganhando o Mundo: começam os embarques de estudantes da rede estadual rumo ao Canadá
Ganhando o Mundo: começam os embarques de estudantes da rede estadual rumo ao Canadá
Educação reúne coordenadores e chefes dos núcleos para desenhar planejamento de 2024
Educação reúne coordenadores e chefes dos núcleos para desenhar planejamento de 2024
Ganhando o Mundo: 54 alunos da rede estadual embarcam para intercâmbio na Austrália
Ganhando o Mundo: 54 alunos da rede estadual embarcam para intercâmbio na Austrália
Nota de corte parcial do Sisu está disponível para consulta
Nota de corte parcial do Sisu está disponível para consulta
Com 948 alunos, rede estadual representa 39% dos aprovados no vestibular da UTFPR
Com 948 alunos, rede estadual representa 39% dos aprovados no vestibular da UTFPR
Com salto de 27%, alunos da rede estadual representam quase metade dos aprovados na UFPR
Com salto de 27%, alunos da rede estadual representam quase metade dos aprovados na UFPR
Curso ajuda professores a despertar interesse de crianças pelos livros
Curso ajuda professores a despertar interesse de crianças pelos livros
Inscrições para militares que desejam atuar nas escolas cívico-militares estão abertas
Inscrições para militares que desejam atuar nas escolas cívico-militares estão abertas
1.195 professores e pedagogos começam a tomar posse para reforçar educação do Paraná
1.195 professores e pedagogos começam a tomar posse para reforçar educação do Paraná
Ação de milícias foi crime mais denunciado pela população ao MPRJ
Ação de milícias foi crime mais denunciado pela população ao MPRJ
Ganhando o Mundo: estudantes do Paraná começam a embarcar para intercâmbios de 2024
Ganhando o Mundo: estudantes do Paraná começam a embarcar para intercâmbios de 2024

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais