CONECTE-SE CONOSCO

Opinião

Cai mais uma lenda

Publicado

em

Como ensinava Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Adolf Hitler na Alemanha Nazista, “uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade”.

Foi com essa tática que os governos de Lula e Dilma fizeram muita gente acreditar em falácias disseminadas com o objetivo de comprovar a eficiência de suas políticas populistas.

Uma delas repetia à exaustão que 70% da produção de alimentos vinha da agricultura familiar, o que dava munição aos petistas para atacar o agronegócio e promover a reforma agrária através do incentivo às invasões de propriedades rurais pelo MST.

Nada poderia ser mais falso.

O levantamento do Censo Agropecuário 2017 mostra que as propriedades consideradas familiares respondem por apenas 23% do valor da produção agropecuária do país, derrubando, assim, a principal narrativa da esquerda agrária.

No feijão, por exemplo, a participação da agricultura familiar, que era de 69,6% em 2006, caiu para 42% em 2017.

Significa dizer que a agricultura empresarial passou a dominar a produção do vegetal e a garantir a segurança alimentar das massas urbanas.

Como bem resume o agrônomo Xico Graziano, um dos mais respeitados especialistas brasileiros no assunto, “pouco importa se o agricultor é pequeno, médio ou grande, se é familiar ou empresarial: quem manda no campo é a tecnologia e a eficiência”.

O resto é conversa pra boi dormir.

(Leia outras postagens acessando o site: caiogottlieb.jor.br)


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2019 CGN ® Todos os direitos reservados Contato