CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Acordo prevê conclusão de obras do metrô na Gávea, paradas desde 2015
© 29/04/2019/Fernando Frazão/Agência Brasil

Acordo prevê conclusão de obras do metrô na Gávea, paradas desde 2015

A Secretaria de Estado de Transporte e Mobilidade Urbana (Setram) do Rio de Janeiro e a concessionária MetrôRio assinaram nesta quinta-feira (23) um memorando de intenções......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Acordo prevê conclusão de obras do metrô na Gávea, paradas desde 2015
© 29/04/2019/Fernando Frazão/Agência Brasil

A Secretaria de Estado de Transporte e Mobilidade Urbana (Setram) do Rio de Janeiro e a concessionária MetrôRio assinaram nesta quinta-feira (23) um memorando de intenções para a retomada das obras da estação de metrô da Gávea, paralisadas há oito anos.

O documento estabelece as linhas gerais do acordo entre as partes que vai permitir que a Linha 4 seja concluída e opere em toda a sua extensão. Apesar disso, os termos ainda podem ser ajustados até que se chegue a um acordo definitivo.

A proposta inclui que a concessionária MetrôRio feche um contrato com as empresas do consórcio (OEC e Carioca), que iniciaram as intervenções em 2015, com a anuência do Estado. O investimento está estimado em R$ 600 milhões e, em compensação, a concessionária permaneceria à frente da operação do transporte por mais dez anos.

Mais três anos de obras

A previsão de conclusão das obras, paralisadas desde 2015, é de 36 meses, após a aprovação do projeto. Uma exigência do governo é que o valor da tarifa da Linha 4 seja mantido igual às das Linhas 1 e 2.

Segundo o governo do estado do Rio, a solução proposta é resultado de um grupo de trabalho formado pela Setram, RioTrilhos, Procuradoria Geral do Estado e MetrôRio, que analisou a viabilidade jurídica, econômica e técnica da retomada das obras.

Mesmo assim, a proposta ainda precisa da aprovação dos órgãos de controle: Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Para o governador, Cláudio Castro, a retomada da obra é um avanço concreto e significativo para um dos maiores desafios da mobilidade urbana da cidade do Rio.

Fonte: Agência Brasil

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais