• Neo Gonçalves
  • CGN

11 Maio 2015 | 16h37min

Nesta tarde (11), representantes da Coopavel prestaram depoimento na Delegacia de Polícia Civil. Eles foram dar declarações sobre o ataque de cães ocorrido semana passada, na propriedade da cooperativa no Distrito Junivópolis.

Antônia de Jesus da Costa, 53 anos, morreu e o filho dela, de dez anos, ficou ferido. Os cachorros escaparam por buracos na cerca e atacaram os dois quando passavam por trás da propriedade.

Até o fechamento desta reportagem, os depoimentos não haviam encerrado. Conforme o delegado, eles são de extrema importância para apurar a responsabilidade sobre o caso.

Testemunhas também foram ouvidas nesta segunda-feira e confirmaram que os cães saíram da propriedade para atacar as vítimas.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (12 comentários)

  • BETO
    106
    5
    11/05/2015 16:43h
    ESPERO QUE REALMENTE SEJA FEITA A JUSTIÇA POIS ELA FOI UMA HEROÍNA E POR UMA FALTA DE CUIDADO POR PARTE DA COOPAVEL ISSO ACONTECEU ASSUMAM!
  • Francsico
    29
    5
    11/05/2015 17:44h
    Essa Coopavel é do tempo das cavernas...
  • Juvi
    24
    2
    11/05/2015 19:10h
    So espero justiça, e que os cães nao sejam os únicos condenados...Podia ser o filho de qualquer um de nos que moramos em Juvinopolis...
  • Juvicity
    45
    7
    11/05/2015 19:15h
    Os cães atacaram pq foram treinados p isso...irresponsáveis são os ditos humanos que cuidam deles e tb a empresa e claro...falta de cuidado
  • gato preto
    4
    12
    11/05/2015 19:59h
    aqui em cascavel tem mais de 1000gato.la debaixo de lenha e madera a saude tinha de ir la para dar uma multinha vai la que verdade
  • kokão
    18
    19
    11/05/2015 20:20h
    tem que mata tudu esses purguentus
  • Informada
    24
    2
    11/05/2015 21:33h
    Bateu o desespero na Coopavel - tao doando todos os cachorros dos patios das unidades.... pq sera?
  • coovardia
    37
    2
    11/05/2015 22:10h
    nem sei o que dizer,uma morte trágica de uma mãe que provavelmente defendeu seu filho e morreu o mínimo que se espera é uma pena grande.
  • Xico
    28
    15
    12/05/2015 10:31h
    E ainda tem uns "sem noção" que defende cachorro. Quem quer ter essas pestes, que tenha bem seguro, e qdo sai pra rua, leva com focinheira.
  • _B E H O L D E R_
    19
    8
    12/05/2015 11:50h
    E QUANTO À PREFEITURA? Se a ambulância não tivesse estragado no caminho talvez D. Antônia tivesse sobrevivido. Falta da manutenção adequada.
    • Jeca
      4
      2
      12/05/2015 14:19h
      A tá, agorA A CULPA É DA pREFEITURA, NÃO É MAIS DAS PRAGAS DOS CACHORROS PULGUENTOS.
    • Nina
      4
      1
      12/05/2015 14:21h
      Só faltava essa, a culpa agora é da Prefeitura. Não é mais dos cachorros e nem da Coopavel.