CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Estado incentiva pesquisadores a contribuírem com a ciência mesmo após aposentadoria
Rubens Cecchini, bolsista sênior de um programa criado pelo Governo do Estado, por meio da Agência Araucária e da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), que visa manter pesquisadores aposentados no sistema de ciência, tecnologia e inovação.Foto: SETI

Estado incentiva pesquisadores a contribuírem com a ciência mesmo após aposentadoria

Há cinquenta anos, o cientista e doutor em Bioquímica Rubens Cecchini trabalha em benefício da sociedade e contribui para a formação de novos cientistas. Aos 70......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Estado incentiva pesquisadores a contribuírem com a ciência mesmo após aposentadoria
Rubens Cecchini, bolsista sênior de um programa criado pelo Governo do Estado, por meio da Agência Araucária e da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), que visa manter pesquisadores aposentados no sistema de ciência, tecnologia e inovação.Foto: SETI

Após uma vida toda de qualificação e dedicada à ciência chega a hora da aposentadoria, o que não significa que estes cientistas não são mais produtivos. Ao contrário, é o momento em que estão no auge de suas carreiras científicas e que ainda têm muito a contribuir com a sociedade e para o avanço da ciência.

Há cinquenta anos, o cientista e doutor em Bioquímica Rubens Cecchini trabalha em benefício da sociedade e contribui para a formação de novos cientistas. Aos 70 anos, ele é bolsista sênior de um programa criado pelo Governo do Estado, por meio da Agência Araucária e da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), que visa manter pesquisadores aposentados no sistema de ciência, tecnologia e inovação.

“A bolsa sênior representa um incentivo ao pesquisador experiente a participar de um grupo de cientistas mais jovens, como também mestrandos e doutorandos, oferecendo sua contribuição no desenvolvimento de projetos de pesquisa e formação de novos cientistas”, explica o cientista sênior.

Atualmente, Cecchini trabalha no projeto “Padronização e caracterização molecular de esferoides formulados a partir de cultura primária de carcinoma papilífero de tireoide: screening terapêutico in vitro e em tecido fresco”. O estudo tem como objetivo fazer a cultura primária de células tumorais de pacientes de câncer de tireoide no sentido de individualizar as terapias.

“Queremos saber qual quimioterápico consegue combater melhor determinado tipo de câncer de uma pessoa específica. Possibilitando tratamentos individualizados e direcionados, com o uso do medicamento mais adequado. Melhorando assim o prognóstico e a qualidade de vida pós-tratamento. Especialmente em casos mais agressivos da doença”, diz o pesquisador.

Foram investidos R$ 5.850.000,00 no Programa Bolsa Sênior envolvendo projetos de seis universidades estaduais, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

“É uma forma efetiva de valorizarmos estes pesquisadores aposentados que ainda têm tanto a contribuir com a sociedade. Queremos apoiar a permanência destes profissionais altamente qualificados para que continuem atuando no desenvolvimento da produção científica, tecnológica de inovação do Paraná”, destaca o presidente da Agência Araucária, Ramiro Wahrhaftig.

O programa é destinado aos pesquisadores aposentados de instituições de ciência e tecnologia que tenham se destacado como líderes na área de atuação, valorizando sua produção científica, tecnológica ou de inovação.

Parar após a aposentadoria também não foi uma opção para a pesquisadora e doutora em Psicologia Maria Rita Zoéga Soares. “Mesmo aposentada continuei trabalhando com a pós-graduação. A universidade foi uma parte importante da minha vida e considero que hoje eu tenho uma maturidade profissional de conhecimento que posso continuar ajudando no meu programa de pós-graduação em análise do comportamento”, afirma.

Atuando há cerca de 28 anos na produção científica, a psicóloga segue ativamente do desenvolvimento de várias ações junto à universidade e à sociedade. “O programa Bolsa Sênior vem como um reconhecimento e como um auxílio para dar continuidade a este trabalho de pesquisa”, ressalta Maria Rita.

Ela desenvolve a pesquisa “Elaboração de Estratégia de Intervenção Psicológica para os Transtornos de Ansiedade”, que trabalha em projetos na área de psicologia clínica e da saúde, buscando a qualidade de vida da população. “Tenho buscado a compreensão de transtornos. Trabalhamos com bipolar, ansiedade e depressão procurando desenvolver um repertório para lidar com estas situações. Na área da saúde trabalhamos desde crianças a adultos, com pacientes de hemodiálise e pacientes com câncer”, relata a psicóloga.

Rita destaca que o estudo envolve também os cuidadores destes pacientes. “As pessoas que acompanham os familiares doentes crônicos têm uma rotina bem desgastante e eles também podem adoecer. Podem desenvolver também um quadro de estresse, pois abrem mão de questões cruciais da própria vida”.

“Procuramos lidar com estas situações e com o desenvolvimento de resiliência para conseguirem ter comportamento de enfrentamento para lidar o melhor possível, sejam os pacientes, cuidadores ou profissionais que vivem em um contexto de saúde muitas vezes pesados”, enfatiza Maria Rita.

Os dois pesquisadores são vinculados à Universidade Estadual de Londrina (UEL), a primeira a iniciar os projetos apoiados dentro do programa Bolsa Sênior. Os projetos aprovados no programa têm vigência de 48 meses e os pesquisadores recebem uma bolsa mensal de R$ 1.875,00.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Sem glúten ou lactose: análises do Tecpar ajudam pessoas com restrições alimentares
Sem glúten ou lactose: análises do Tecpar ajudam pessoas com restrições alimentares
Instituições de CT&I têm até 22 de fevereiro para aderir ao edital de apoio a ambientes inovadores
Instituições de CT&I têm até 22 de fevereiro para aderir ao edital de apoio a ambientes inovadores
Tecpar lança guia de análise de alimentos para ajudar laboratórios e universidades
Tecpar lança guia de análise de alimentos para ajudar laboratórios e universidades
Tecpar implanta novos ensaios que reduzem o tempo de análise laboratorial de alimentos
Tecpar implanta novos ensaios que reduzem o tempo de análise laboratorial de alimentos
Pesquisadores paranaenses levam ciência e inovação a crianças nas férias escolares
Pesquisadores paranaenses levam ciência e inovação a crianças nas férias escolares
Reta final: Tecpar busca novos parceiros na área de Cannabis para uso medicinal
Reta final: Tecpar busca novos parceiros na área de Cannabis para uso medicinal
Fundação Araucária investe na integração entre ciência, tecnologia e inovação
Fundação Araucária investe na integração entre ciência, tecnologia e inovação
Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução
Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução
Tecpar fornecerá 26 milhões de doses da vacina antirrábica veterinária ao governo federal
Tecpar fornecerá 26 milhões de doses da vacina antirrábica veterinária ao governo federal
Ministério da Saúde contrata Tecpar para fornecer de 26 milhões de doses de vacina antirrábica veterinária
Ministério da Saúde contrata Tecpar para fornecer de 26 milhões de doses de vacina antirrábica veterinária
Estado vai investir R$ 8 milhões em bolsas para grandes profissionais da ciência
Estado vai investir R$ 8 milhões em bolsas para grandes profissionais da ciência
Fundação Araucária publica edital para investir em editoras das instituições científicas
Fundação Araucária publica edital para investir em editoras das instituições científicas
Tecpar recebe homenagem da Assembleia Legislativa pelos 45 anos como empresa pública
Tecpar recebe homenagem da Assembleia Legislativa pelos 45 anos como empresa pública
Consulta pública da Política de Ciência, Tecnologia e Inovação recebeu 414 contribuições
Consulta pública da Política de Ciência, Tecnologia e Inovação recebeu 414 contribuições
Com 7,2 mil bolsas, Fundação Araucária bate recorde no apoio à pesquisa científica em 2023
Com 7,2 mil bolsas, Fundação Araucária bate recorde no apoio à pesquisa científica em 2023
Consulta pública sobre Política Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação encerra nesta sexta
Consulta pública sobre Política Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação encerra nesta sexta
Saúde dos peixes: UEL fará pesquisas para auxiliar piscicultores do Paraná
Saúde dos peixes: UEL fará pesquisas para auxiliar piscicultores do Paraná
Paraná articula cooperação científica e tecnológica para o ensino superior com o Japão
Paraná articula cooperação científica e tecnológica para o ensino superior com o Japão
Governo publica editais de R$ 34 milhões para apoiar ambientes de inovação no Paraná
Governo publica editais de R$ 34 milhões para apoiar ambientes de inovação no Paraná
Governo lança formulário para receber demandas de serviços tecnológicos em laboratórios
Governo lança formulário para receber demandas de serviços tecnológicos em laboratórios

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais