CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Semana de pesquisas é encerrada com ênfase em integração de iniciativas
Semana de pesquisas é encerrada com ênfase em integração de iniciativasFoto: Fundação Araucária

Semana de pesquisas é encerrada com ênfase em integração de iniciativas

Durante os quatro dias do evento foram apresentadas as iniciativas e os resultados já alcançados por 38 dos 62 NAPIs existentes. Os NAPIs atuam em áreas......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Semana de pesquisas é encerrada com ênfase em integração de iniciativas
Semana de pesquisas é encerrada com ênfase em integração de iniciativasFoto: Fundação Araucária

A II Semana Geral dos Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação (NAPIs) foi encerrada nesta sexta-feira (10). O evento promovido pela Fundação Araucária, com o apoio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), que iniciou na última terça-feira (07) e que fez parte da programação da Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – Paraná Faz Ciência 2023 – realizada na UEL, contou com a participação maciça da comunidade científica e parceiros públicos e privados.

Durante os quatro dias do evento foram apresentadas as iniciativas e os resultados já alcançados por 38 dos 62 NAPIs existentes. Os NAPIs atuam em áreas estratégicas identificadas para o desenvolvimento socioeconômico e aumento da competitividade do Paraná como: o agronegócio e agricultura, a energia sustentável/renovável, a biotecnologia e saúde, as cidades inteligentes, a transformação digital, o desenvolvimento sustentável e a sociedade, economia e educação.

“Agradecemos o trabalho e participação de todos para a realização deste evento que nos demonstrou a importância dos NAPIs serem direcionados para atender demandas setoriais, regionais e estadual, de forma integrada e racionalizada para melhor aproveitamento de atores e ativos já existentes”, enfatizou o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação Araucária, Luiz Márcio Spinosa.

Por fim, o diretor destacou os próximos desafios, que são: a reabertura do processo de criação e consolidação dos NAPIs, melhorias na gestão, incrementos de critérios de qualificação (especialização inteligente) e de funcionalidades da iAraucária, responsividade das comunicações e implantação de novos modelos evolutivos (LabX).

Durante a manhã desta sexta-feira (10), foram apresentados os seguintes NAPIs no evento: Neurociências; Vacinas; Cia Agro e Trinacional.

Neurociências – Tem como principal objetivo estruturar sólida rede de pesquisa da área no Paraná para fomentar projetos de pesquisa de Programas de Pós-graduação do Estado, bem como promover a organização, integração e coordenação de ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Além disso, o NAPI também tem como prioridades a prospecção e fomento de parcerias com empresas paranaenses (indústria farmacêutica, de equipamentos e insumos para a área de saúde e pesquisa), hospitais, entre outros, e incentivo de políticas públicas e programas governamentais de educação, saúde mental, prevenção e tratamento da dependência química e doenças neuropsiquiátricas.

“Nós estamos trabalhando na efetivação de uma rede de laboratórios multiusuários em Neurociências no Paraná; no impacto significativo na qualidade das pesquisas e nas publicações científicas com projeção dos programas de pós-graduação do Estado; na formação de profissionais altamente capacitados na área e na apresentação de novas tecnologias tais como o desenvolvimento de testes diagnósticos, medicamentos, equipamentos e insumos de interesse da sociedade”, destacou o articulador do NAPI Neurociências, Eduardo Araújo.

VACINAS – Surgiu a partir de um projeto já existente que engloba a vacina da Covid-19, mas atualmente tem o objetivo de oferecer pesquisas e iniciativas quem envolvam toda e qualquer vacina. Desta forma estabelece conhecimentos e ter recursos humanos para ter capacidade de desenvolvimento para outras tecnologias do futuro.

“O objetivo do NAPI surgiu a partir da demanda de que precisa existir um modelo mais bem distribuído globalmente para o desenvolvimento de tecnologias de saúde. Não podemos mais ficar dependendo de outros países para a criação de novas vacinas que futuramente tenhamos a necessidade de usar. O Paraná possui importante estrutura em biotecnologia e instituições relevantes na área, com isso, diversas parcerias estão sendo firmadas”, afirmou o professor e membro do NAPI Vacinas, Breno Beirão.

AGRO – Este NAPI tem como objetivos criar bem-estar e riqueza com o uso da Inteligência Artificial  (IA) na área Agro; fomentar o desenvolvimento de um ecossistema de inovação para o crescimento horizontal da região, estado e país e mobilizar o capital humano e social para a transformação digital.

As principais ações do NAPI estão focadas no atendimento de demandas dos especialistas e principais players na área do Agronegócio que podem ser solucionadas pela IA. E também no uso de um framework de descoberta de conhecimento para modelar soluções em IA, de forma objetiva, seguindo métricas de qualidade para gerar produtos.

“Para que o nosso NAPI alcance cada vez mais resultados exitosos, estamos criando soluções com a participação da massa crítica das universidades e centros de pesquisa do Paraná e também fomentando conexões com empresas, especialistas e pesquisadores para ações conjuntas”, informou o articulador do NAPI, Marcelo Canteri.

Trinacional – Possui o intuito de prover pesquisas e inovações que promovam o desenvolvimento sustentável da região Oeste do Paraná, por meio de um ambiente que respeita particularidades, competências e interesses, de maneira ética e organizada.

Este NAPI articula três grupos de pesquisa e cinco células de pesquisa, englobando ecossistemas territoriais de inovação e gestão do conhecimento, inovação e engenharia pedagógica, integração e interoperabilidade, empreendedorismo, educação e economia criativa e turismo sustentável.

“A partir do conceito do Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação aprendemos que obtermos efetivas, o gerenciamento das ações deve ser compartilhado, que precisa existir uma co-criação  de ativos e soluções, uma rede pró-ativa, dinâmica e com foco em um território e soluções sociotécnicas voltadas à academia, sociedade, poderes públicos e ao setor privado”, disse o articulador do NAPI Trinacional, Samuel Klauck.

Como alguns dos resultados dos NAPIs, podem ser identificadas as seguintes oportunidades: o resgate do Mercosul, ou seja, destacando a compreensão da integração, uso da bioeconomia na produção de alimentos, energia limpa e serviços sustentáveis e abertura das universidades para o desenvolvimento de pesquisas conjuntas e aplicadas.

Todas as apresentações desta semana estão salvas no canal da Fundação Araucária no YouTube.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Sem glúten ou lactose: análises do Tecpar ajudam pessoas com restrições alimentares
Sem glúten ou lactose: análises do Tecpar ajudam pessoas com restrições alimentares
Instituições de CT&I têm até 22 de fevereiro para aderir ao edital de apoio a ambientes inovadores
Instituições de CT&I têm até 22 de fevereiro para aderir ao edital de apoio a ambientes inovadores
Tecpar lança guia de análise de alimentos para ajudar laboratórios e universidades
Tecpar lança guia de análise de alimentos para ajudar laboratórios e universidades
Tecpar implanta novos ensaios que reduzem o tempo de análise laboratorial de alimentos
Tecpar implanta novos ensaios que reduzem o tempo de análise laboratorial de alimentos
Pesquisadores paranaenses levam ciência e inovação a crianças nas férias escolares
Pesquisadores paranaenses levam ciência e inovação a crianças nas férias escolares
Reta final: Tecpar busca novos parceiros na área de Cannabis para uso medicinal
Reta final: Tecpar busca novos parceiros na área de Cannabis para uso medicinal
Fundação Araucária investe na integração entre ciência, tecnologia e inovação
Fundação Araucária investe na integração entre ciência, tecnologia e inovação
Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução
Obra do laboratório de insumos veterinários do Tecpar chega a 15% de execução
Tecpar fornecerá 26 milhões de doses da vacina antirrábica veterinária ao governo federal
Tecpar fornecerá 26 milhões de doses da vacina antirrábica veterinária ao governo federal
Ministério da Saúde contrata Tecpar para fornecer de 26 milhões de doses de vacina antirrábica veterinária
Ministério da Saúde contrata Tecpar para fornecer de 26 milhões de doses de vacina antirrábica veterinária
Estado vai investir R$ 8 milhões em bolsas para grandes profissionais da ciência
Estado vai investir R$ 8 milhões em bolsas para grandes profissionais da ciência
Fundação Araucária publica edital para investir em editoras das instituições científicas
Fundação Araucária publica edital para investir em editoras das instituições científicas
Tecpar recebe homenagem da Assembleia Legislativa pelos 45 anos como empresa pública
Tecpar recebe homenagem da Assembleia Legislativa pelos 45 anos como empresa pública
Consulta pública da Política de Ciência, Tecnologia e Inovação recebeu 414 contribuições
Consulta pública da Política de Ciência, Tecnologia e Inovação recebeu 414 contribuições
Com 7,2 mil bolsas, Fundação Araucária bate recorde no apoio à pesquisa científica em 2023
Com 7,2 mil bolsas, Fundação Araucária bate recorde no apoio à pesquisa científica em 2023
Consulta pública sobre Política Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação encerra nesta sexta
Consulta pública sobre Política Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação encerra nesta sexta
Saúde dos peixes: UEL fará pesquisas para auxiliar piscicultores do Paraná
Saúde dos peixes: UEL fará pesquisas para auxiliar piscicultores do Paraná
Paraná articula cooperação científica e tecnológica para o ensino superior com o Japão
Paraná articula cooperação científica e tecnológica para o ensino superior com o Japão
Governo publica editais de R$ 34 milhões para apoiar ambientes de inovação no Paraná
Governo publica editais de R$ 34 milhões para apoiar ambientes de inovação no Paraná
Governo lança formulário para receber demandas de serviços tecnológicos em laboratórios
Governo lança formulário para receber demandas de serviços tecnológicos em laboratórios

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais