CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a JBS estuda investir em novo frigorífico de suínos e fábrica de biodiesel no Paraná
Foto: Divulgação/JBS

JBS estuda investir em novo frigorífico de suínos e fábrica de biodiesel no Paraná

O assunto foi discutido durante almoço do governador Carlos Massa Ratinho Junior com os irmãos Joesley e Wesley Batista, acionistas da J&F Investimentos, controladora da JBS,......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a JBS estuda investir em novo frigorífico de suínos e fábrica de biodiesel no Paraná
Foto: Divulgação/JBS

Maior indústria de alimentos do Brasil, a JBS avalia instalar uma nova planta de abate e processamento de suínos no Paraná. A empresa também vai analisar a implantação de uma fábrica de biodiesel no Estado. Por recomendação do Governo do Paraná, a proposta é que essas novas unidades sejam localizadas em municípios de baixo IDH para incentivar o desenvolvimento econômico de regiões menos favorecidas.

O assunto foi discutido durante almoço do governador Carlos Massa Ratinho Junior com os irmãos Joesley e Wesley Batista, acionistas da J&F Investimentos, controladora da JBS, e o CEO global da empresa, Gilberto Tomazoni, nesta quinta-feira (9), em São Paulo. O encontro ocorre duas semanas após a JBS inaugurar duas novas fábricas em Rolândia, no Norte do Estado. As novas unidades receberam investimento de R$ 1 bilhão para produção de salsichas e empanados.

“Além das duas novas fábricas de Rolândia, também estamos negociando com a JBS a possibilidade de uma nova planta de carne suína no Paraná. Já temos os dois maiores frigoríficos de suínos da América Latina no Paraná e agora também gostaríamos que a JBS possa ter mais uma planta no Estado”, disse o governador no encontro.

Ratinho Junior também convidou a gigante de proteína animal a instalar uma fábrica para produção de biodiesel no Estado. “Estamos fazendo também uma construção com a JBS em cima de uma planta de biocombustível, já que o Paraná é o maior produtor de biocombustível do Brasil”, afirmou.

O governador citou que duas das maiores unidades produtoras de biocombustível do Brasil foram inauguradas nesse ano no Paraná. Uma da Be8, em Marialva, Noroeste, e uma da Potencial, na Lapa, Região Metropolitana de Curitiba, e que agora espera contar com uma fábrica da JBS. “Temos uma planta muito grande em Marialva e outra na Lapa e agora temos a possibilidade de ter mais uma planta, justamente do Grupo JBS”, justificou o governador.

LOGÍSTICA E MÃO DE OBRA – Ao fazer o convite, Ratinho Junior lembrou que o Paraná tem expertise na criação de suínos e no processamento de alimentos dessa proteína animal – tanto na mão de obra quanto na logística. O Estado é o segundo maior produtor de carne suína do Brasil. Predicados que, segundo o governador, qualificam o Paraná a receber um novo frigorífico da JBS.

“Claro que o investimento deste porte primeiro representa localmente geração de renda e emprego para muita gente. E o Paraná vive um grande momento, o que nos ajuda a poder consolidar esse projeto de transformar o estado no supermercado do mundo e, automaticamente, consolidar o Paraná como a indústria de transformação de alimentos, uma coisa que o Brasil ainda patina”, afirmou o governador.

NO PARANÁ – Maior indústria de alimentos do Brasil, a JBS movimenta sozinha R$ 19 bilhões na economia do Estado, dada a atividade de seus mais de 14 mil colaboradores no Paraná e o volume estimado de R$ 7,4 bilhões em geração de consumo interno. De acordo com o grupo, se confirmadas as novas plantas, as cadeias produtivas ligadas à Companhia vão ultrapassar o 1,6% de participação que já representam no PIB do Estado, segundo mostrou um estudo recente da Fipe, da USP.

Ainda não há estimativas de valores para os projetos. O CEO Global da JBS, Gilberto Tomazoni, disse recentemente, na inauguração das fábricas em Rolândia, que a companhia tem planejados R$ 3 bilhões de investimentos no país e, se aprovada a operação de dupla listagem no Brasil e nos Estados Unidos, os aportes da JBS no Brasil até 2026 poderão totalizar R$ 15 bilhões – R$ 12 bilhões além dos já assegurados.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Tecnologia, sustentabilidade e investimentos: Estado terá ampla presença no Show Rural
Tecnologia, sustentabilidade e investimentos: Estado terá ampla presença no Show Rural
Adapar leva programação sobre sanidade e comercialização da agroindústria ao Show Rural
Adapar leva programação sobre sanidade e comercialização da agroindústria ao Show Rural
Em parceria com o Estado, TIM vai ampliar cobertura móvel em áreas rurais do Paraná
Em parceria com o Estado, TIM vai ampliar cobertura móvel em áreas rurais do Paraná
Multinacional do setor agro apresenta ao Estado potencial de seu sistema de irrigação
Multinacional do setor agro apresenta ao Estado potencial de seu sistema de irrigação
Vitrine do Biogás do Show Rural promove experiência imersiva em propriedade rural sustentável
Vitrine do Biogás do Show Rural promove experiência imersiva em propriedade rural sustentável
Com apoio da Índia, exportação de açúcar de cana rendeu 21% aos paranaenses em 2023
Com apoio da Índia, exportação de açúcar de cana rendeu 21% aos paranaenses em 2023
Eventos técnicos da Coamo e Integrada discutem tecnologia e inovação no agronegócio
Eventos técnicos da Coamo e Integrada discutem tecnologia e inovação no agronegócio
Produtividade: IDR-Paraná discutirá manejo de solos compactados no Show Rural
Produtividade: IDR-Paraná discutirá manejo de solos compactados no Show Rural
IDR-Paraná leva ao Show Rural agroecologia e ações de conservação do solo e da água
IDR-Paraná leva ao Show Rural agroecologia e ações de conservação do solo e da água
Estação do IDR-Paraná em Palmas explora sistema inovador de manejo de macieiras
Estação do IDR-Paraná em Palmas explora sistema inovador de manejo de macieiras
IDR-PR apresenta melhoramento genético da mandioca de mesa no Show Rural 2024
IDR-PR apresenta melhoramento genético da mandioca de mesa no Show Rural 2024
Estado incentiva adesão dos produtores a energias renováveis no Show Rural 2024
Estado incentiva adesão dos produtores a energias renováveis no Show Rural 2024
Estado terá espaços exclusivos para fruticultura e olericultura no Show Rural 2024
Estado terá espaços exclusivos para fruticultura e olericultura no Show Rural 2024
Condições climáticas desfavoráveis reduzem previsão de safra do verão paranaense
Condições climáticas desfavoráveis reduzem previsão de safra do verão paranaense
Feiras da agricultura familiar e do artesanato prometem atrair visitantes ao Show Rural
Feiras da agricultura familiar e do artesanato prometem atrair visitantes ao Show Rural
Indústria paranaense produz granola com pó de erva-mate
Indústria paranaense produz granola com pó de erva-mate
IDR levará raça Purunã, orientações sobre nutrição e técnicas de solo ao Show Rural
IDR levará raça Purunã, orientações sobre nutrição e técnicas de solo ao Show Rural
Apoio do Governo do Estado na geração de energia renovável no campo vira case internacional
Apoio do Governo do Estado na geração de energia renovável no campo vira case internacional
IDR-Paraná levará cultivares de feijão e soja para o Show Rural 2024
IDR-Paraná levará cultivares de feijão e soja para o Show Rural 2024
Exportações do agronegócio paranaense cresceram 40,8% em volume em 2023
Exportações do agronegócio paranaense cresceram 40,8% em volume em 2023

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais