CONECTE-SE CONOSCO

Opinião

Irritação global

Publicado

em

Não é só na América do Sul, pobre e subdesenvolvida, eternamente assolada por todos os problemas sociais decorrentes dessa condição, que se vê a insatisfação popular tomar as ruas de diversos países para protestar contra seus governos por motivos políticos e econômicos.

O descontentamento espalha-se pelo mundo (vide Líbano e Hong-Kong, por exemplo) e não poupa nem as mais ricas nações europeias.

Ainda não há grandes manifestações públicas, mas cresce a preocupação dos franceses com o desemprego. Já os italianos, por sua vez, reclamam dos altos impostos. Mesmo os alemães, embora mais satisfeitos com a economia, temem agora o rápido aumento dos custos de moradia.

Estudiosos do fenômeno identificam um sentimento em comum alimentando essa epidemia de crises: as pessoas estão ansiosas por reformas, principalmente nas áreas sociais, clamando por menos desigualdades e mais oportunidades de ascensão econômica.

Em suma, sejam de direita ou de esquerda, os governantes vão ser obrigados a se reinventar e agir com mais rapidez para atender as demandas da população.

Se quiserem sobreviver no cargo.

(Leia outras postagens acessando o site: caiogottlieb.jor.br)


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2019 CGN ® Todos os direitos reservados Contato