CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

Corinthians e Grêmio fazem jogo com 2 viradas e empatam no duelo com mais gols do Brasileirão

Com a igualdade, os dois times ficam longe de seus objetivos na competição. O Corinthians chega aos 26 pontos e vê a zona de rebaixamento um...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Corinthians e Grêmio fizeram o jogo com mais gols do Brasileirão de 2023 e empataram por 4 a 4 em partida atradada da 15ª rodada disputada na Neo Química Arena, nesta segunda-feira. Com duas viradas e duelo repleto de oportunidades para os dois lados, os times alternaram altos e baixos durante os 90 minutos e terminaram somando um ponto na capital paulista.

Com a igualdade, os dois times ficam longe de seus objetivos na competição. O Corinthians chega aos 26 pontos e vê a zona de rebaixamento um pouco mais perto. Já o Grêmio chegou aos 40, continua dentro do G-4, mas perde a chance de encostar em Palmeiras e Batafogo.

“Eu sei que falam que o Corinthians é o time onde tudo é sofrido, mas temos que melhorar. Não podemos tomar tantos gols. Hoje era uma jogo que a gente precisava vencer. Temos que melhorar e temos muito onde melhorar. Não pode acontecer, temos que evoluir o quanto antes. Foi um jogo louco, mas temos que melhorar”, comentou Lucas Veríssimo na saída do campo.

Mesmo com o time titular quase completo, o Corinthians não se encontrou no gramado da Neo Química Arena no primeiro tempo. Sem conseguir colocar Renato Augusto dentro do jogo, o time paulista pouco manteve a posse de bola e, ainda no início, o Grêmio assumiu o controle e conseguiu marcar.

Aos 20 minutos, Nathan tabelou com Cristaldo, invadiu a área pela direita e bateu rasteiro cruzado para vencer Cássio e abrir o placar em São Paulo. O Corinthians pareceu sentir o gol e o time gaúcho não perdeu a chance de dobrar a vantagem no marcador. Aos 28, Reinaldo cruzou da esquerda e Cristaldo quase não precisou saltar para desviar e fazer o segundo.

Atrás do placar, o Corinthians se lançou ao ataque. Com a torcida empurrando o time nas arquibancadas, a equipe soube achar os espaços e virou o jogo em sete minutos. Primeiro, aos 44 minutos, Renato Augusto foi derrubado por Villasanti na área e Fábio Santos aproveitou a cobrança para deixar o placar em 2 a 1.

Aos 49 minutos, Rojas cobrou escanteio na área gaúcha, Lucas Veríssimo subiu sozinho, desviou e deixou tudo igual na capital paulista. Com a torcida fazendo a festa pelo empate, o time de Luxemburgo conseguiu a virada. Aos 51, Maycon levantou na área, Yuri Alberto apareceu livre dentro da pequena área para cabecear, fazer o 3 a 2 e aumentar ainda maia a comemoração.

A segunda etapa começou como a primeira. Tendo mais a bola, o Grêmio apostou na troca de passes, conseguiu envolver a defesa paulista e voltou a marcar. Aos cinco minutos, Galdindo recebeu de JP Galvão na direita, trouxe para o meio, passou por dois e finalizou forte para deixar tudo igual. Na sequência, aos 12 minutos, Suárez tabelou com Villasanti, entrou na área pela direita e finalizou de bico para virar a partida para os gaúchos para 4 a 3.

Mais uma vez atrás do placar, o Corinthians tentou mudar o ritmo do confronto. Com Giuliano e Wesley saindo do banco de reservas, o time paulista se lançou para o ataque e voltou a deixar tudo igual. aos 21, a dupla que entrou na partida fez a jogada pela esquerda, o volante recebeu na área e finalizou colocado para fazer o 4 a 4.

Na reta final, os dois times pareceram sentir o ritmo forte da maior parte do tempo. Apesar de as chances para mais gols aparecerem, Corinthians e Grêmio pecaram na eficiência e não conseguiram mais balançar as redes.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 4 X 4 GRÊMIO

CORINTHIANS – Cássio; Fágner, Lucas Verissimo, Caetano e Fábio Santos; Gabriel Moscardo (Giuliano), Maycon (Cantillo), Renato Augusto e Rojas (Gustavo Mosquito); Pedro (Wesley) e Yuri Alberto. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
GRÊMIO – Gabriel Grando; Fábio, Rodrigo Ely, Kannemann e Reinaldo; Pepê, Villasanti, Nathan (Galdino) e Cristaldo (Ferreira); JP Galvão (André) e Suárez (Luan). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS – Nathan aos 20, Cristaldo aos 28 minutos, Fábio Santos aos 44, Lucas Veríssimo aos 49 e Yuri Alberto aos 51 minutos do primeiro tempo; Galdino, aos 5 minutos do 2º tempo, Suárez, aos 12 minutos do 2º tempo, Giuliano, aos 21 minutos do 2º tempo.

CARTÕES AMARELOS – Fábio Santos e Kannemann.

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO).

PÚBLICO – 36.076 pessoas.

RENDA – R$ 2.081.321,00.

LOCAL – Neo Química Arena, São Paulo.

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais