CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Amigos e familiares velam menina Heloisa, baleada no feriado

Amigos e familiares velam menina Heloisa, baleada no feriado

A menina morreu na manhã deste sábado (16). Ela estava internada há oito dias no Hospital Adão Pereira Nunes (Saracuruna), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Amigos e familiares velam menina Heloisa, baleada no feriado

O velório de Heloisa dos Santos Silva, menina de 3 anos baleada no feriado do dia 7 de setembro, está sendo realizado na tarde deste domingo (17) na Funerária Vital Ligeiro, em Petrópolis (RJ). De acordo com um comunicado da família, o sepultamento acontecerá às 16h30 na cidade da região serrana fluminense.

A menina morreu na manhã deste sábado (16). Ela estava internada há oito dias no Hospital Adão Pereira Nunes (Saracuruna), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Heloisa foi baleada na cabeça e no pescoço quando passeava com a família. O caso aconteceu no feriado de 7 de setembro. Segundo o pai da vítima, William da Silva, o carro onde estavam foi alvo de tiros que partiram de uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Eles se deslocavam pelo Arco Metropolitano, que contorna a região metropolitana do Rio de Janeiro.

As investigações sobre o caso estão em andamento. Na última sexta-feira (15), o Ministério Público Federal (MPF) pediu a prisão de três agentes da PRF.

“Morreu hoje a pequena Heloisa dos Santos Silva, de 3 anos, atingida por tiros de quem deveria cuidar da segurança da população. Algo que não pode acontecer. A dor de perder uma filha é tão grande que não tem nome para essa perda. Não há o que console. Meus sentimentos e solidariedade aos pais e demais familiares”, escreveu.

Neste domingo, a prefeitura de Petrópolis divulgou nota de solidariedade com a família da menina e pediu punição aos culpados pela morte. Heloisa era aluna do CEI Primeira Infância, da rede municipal de Petrópolis. Em homenagem à menina, a escola vai plantar uma árvore e instalar uma placa com o nome dela.

“O CEI Primeira Infância prioriza a relação entre família e a unidade escolar. Por conta disso, reservamos um espaço para que cada família eternize-se com o CEI através do plantio de uma muda. Infelizmente, isso não foi possível com a nossa pequena Heloísa, mas nós vamos prestar essa homenagem. Não vamos deixar a memória dela ser apagada. Ela estará eternamente no nosso coração e na história do CEI”, disse a diretora, Raquel Scali Magalhães, na nota divulgada pela prefeitura.

Fonte: Agência Brasil

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais