CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Semana da árvore: IAT disponibiliza 70 mil mudas para recuperar 78 hectares
Arauárias -Foto: Denis Ferreira Netto

Semana da árvore: IAT disponibiliza 70 mil mudas para recuperar 78 hectares

As mudas foram produzidas nos 19 viveiros florestais e dois laboratórios de sementes do órgão ambiental.......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Semana da árvore: IAT disponibiliza 70 mil mudas para recuperar 78 hectares
Arauárias -Foto: Denis Ferreira Netto

O Governo do Estado promove a partir da segunda-feira (18) uma série de atividades ambientais para comemorar o Dia da Árvore, celebrado oficialmente na quinta (21). Os principais destaques serão a distribuição e o plantio de 70 mil mudas de espécies nativas em 16 regionais do Instituto Água e Terra (IAT) espalhadas pelo Paraná. Ao todo, 78,68 hectares serão reflorestados.

As mudas foram produzidas nos 19 viveiros florestais e dois laboratórios de sementes do órgão ambiental.

Além disso, a programação prevê ações de educação ambiental em parceria com escolas públicas, associações, empresas, produtores rurais e prefeituras. As atividades vão até sexta-feira (22) e fazem parte do programa Paraná Mais Verde, que atua para ampliar a cobertura vegetal do Paraná. Desde 2019, mais de 8,5 milhões de mudas foram distribuídas pelo instituto.

“A proposta busca o bem-estar da população com um meio ambiente melhor, mais agradável e com mais florestas nativas no Estado”, destaca o diretor-presidente do IAT, Everton Souza.

A regional de Cascavel, no Oeste, vai entregar 12.050 mudas, em cidades como Cafelândia, Catanduvas, Boa Vista da Aparecida e Capitão Leônidas Marques, além de Cascavel.

O escritório de Campo Mourão, por sua vez, vai disponibilizar 11.519 mudas para Moreira Sales, Juranda, Quinta do Sol, Campina da Lagoa, Ubiratã e Mamborê. Já o IAT de Maringá prevê distribuir 11.010 árvores em municípios ao redor da cidade-polo.

“Em Moreira Sales, por exemplo, vamos recuperar, com a ajuda da secretaria municipal do Meio Ambiente e de alunos, a mata ciliar. Já em Campina da Lagoa o plantio se dará em um parque estadual”, afirma o coordenador do viveiro de Engenheiro Beltrão, Antônio Teixeira da Silva.

VIVEIROS – O IAT é responsável pela coleta, armazenamento e distribuição de sementes, bem como produção das mudas e sua disponibilização gratuita à população.

Para isso, conta com a atuação de dois laboratórios de sementes – em São José dos Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba) e em Engenheiro Beltrão (Centro-Oeste). Eles auxiliam no abastecimento dos 19 Viveiros Florestais do IAT através da coleta, armazenamento e distribuição das sementes para a produção de mais de 100 espécies florestais nativas, sendo 25 delas consideradas ameaçadas de extinção.

Os viveiros estão localizados em São José dos Pinhais, Engenheiro Beltrão, Salgado Filho, Cascavel, Cornélio Procópio, Guarapuava, Fernandes Pinheiro, Ivaiporã, Jacarezinho, Morretes, Ibiporã, Mandaguari, Pato Branco, Tibagi, Pitanga, Paranavaí, Toledo, Umuarama e Paulo Frontin.

COMO SOLICITAR – Os interessados podem solicitar mudas por meios digitais, como o aplicativo Paraná Mais Verde, disponível na Play Store (modelos Android).

Ao fazer o pedido para até 100 mudas/ano, o requerimento é aprovado automaticamente e as plantas poderão ser retiradas diretamente no viveiro escolhido. Basta ligar para a unidade do IAT para agendar quando buscar.

Para mais de 100 mudas, o requerimento seguirá para análise e aprovação de um técnico do IAT. O requerente poderá acompanhar a solicitação e será informado quando for aprovada. Após a liberação, pegará as mudas no viveiro selecionado.

É possível também registrar a solicitação através do Sistema de Gestão Ambiental (SGA). É um caminho que permite aos usuários a requisição de mudas nativas e consultas relacionadas ao requerimento feito pela internet através do endereço www.sga.pr.gov.br.

Após a solicitação, o pedido passará por uma análise do IAT. Caso seja aprovado, será encaminhado um e-mail ao requerente, com as informações do local de retirada das mudas e a documentação necessária.

“Essa é uma linha de ação do programa Paraná Mais Verde, que disponibiliza para a população mudas de espécies nativas em datas comemorativas com o intuito de estimular a preservação e a conservação da natureza. Por meio desses plantios recuperamos muitas áreas, com prioridade para aquelas de preservação permanente”, explica a agente profissional da Diretoria de Patrimônio Natural do IAT, Roberta Scheidt Gibertoni.

As datas oficiais são: Dia Mundial da Água (22 de março); Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho); Dia da Árvore (21 de setembro); e Dia do Rio (24 de novembro).

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Parceria com cooperativas vai permitir ao IAT ampliar rede de monitoramento da água
Parceria com cooperativas vai permitir ao IAT ampliar rede de monitoramento da água
Como prevenção, IAT interdita acesso a pontos turísticos do Parque do Monge
Como prevenção, IAT interdita acesso a pontos turísticos do Parque do Monge
Paraná assina adesão ao ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade na COP28
Paraná assina adesão ao ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade na COP28
Perto do verão, revitalização da Orla de Matinhos chega a 89% de execução
Perto do verão, revitalização da Orla de Matinhos chega a 89% de execução
Paraná apresenta estratégias de conservação da Mata Atlântica na COP28
Paraná apresenta estratégias de conservação da Mata Atlântica na COP28
CBHs do Piraponema, Litorânea e Rio Jordão têm reuniões técnicas nesta semana
CBHs do Piraponema, Litorânea e Rio Jordão têm reuniões técnicas nesta semana
Após chuvas, IAT reabre viveiro florestal de Pitanga; Parque de Campinhos segue fechado
Após chuvas, IAT reabre viveiro florestal de Pitanga; Parque de Campinhos segue fechado
Com a volta do calor, IAT apresenta guia para curtir as cachoeiras do Paraná
Com a volta do calor, IAT apresenta guia para curtir as cachoeiras do Paraná
IAT emite licença ambiental prévia para ampliação da fábrica da DAF em Ponta Grossa
IAT emite licença ambiental prévia para ampliação da fábrica da DAF em Ponta Grossa
IAT participa da última etapa de repovoamento de alevinos na Represa dos Alagados
IAT participa da última etapa de repovoamento de alevinos na Represa dos Alagados
Com restrições, IAT autoriza captura do caranguejo-uçá a partir desta sexta-feira
Com restrições, IAT autoriza captura do caranguejo-uçá a partir desta sexta-feira
Case global: gestão da Floresta Metropolitana do Paraná é destaque no anuário da ONU
Case global: gestão da Floresta Metropolitana do Paraná é destaque no anuário da ONU
Desmatamento ilegal da Mata Atlântica reduz 64% no Paraná em 2023
Desmatamento ilegal da Mata Atlântica reduz 64% no Paraná em 2023
Estado formata plano para estudar e proteger território das onças
Estado formata plano para estudar e proteger território das onças
Haddad apresentará no Oriente Médio Plano de Transformação Ecológica
Haddad apresentará no Oriente Médio Plano de Transformação Ecológica
IAT concede à Londrina delegação plena de emissão de licenciamentos ambientais
IAT concede à Londrina delegação plena de emissão de licenciamentos ambientais
Quarto ciclo do Castrapet vai chegar a 165 cidades de todas as regiões em 2024
Quarto ciclo do Castrapet vai chegar a 165 cidades de todas as regiões em 2024
Na última reunião do ano, CBH do Paraná 3 elabora plano de atuação para 2024
Na última reunião do ano, CBH do Paraná 3 elabora plano de atuação para 2024
Pronto atendimento do IAT ajuda a salvar a vida de animais silvestres no Litoral
Pronto atendimento do IAT ajuda a salvar a vida de animais silvestres no Litoral
Paraná realiza primeira reunião do Comitê Intersecretarial de Mudanças Climáticas
Paraná realiza primeira reunião do Comitê Intersecretarial de Mudanças Climáticas

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais