CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Rio entra estágio de mobilização com chuva e rajadas de vento forte
© Fernando Frazão/Agência Brasil

Rio entra estágio de mobilização com chuva e rajadas de vento forte

As rajadas de vento e a chuva que atingiram os estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina, devido a um ciclone extratropical, chegaram nesta terça-feira......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Rio entra estágio de mobilização com chuva e rajadas de vento forte
© Fernando Frazão/Agência Brasil

As rajadas de vento e a chuva que atingiram os estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina, devido a um ciclone extratropical, chegaram nesta terça-feira (5) ao Rio de Janeiro. A estação meteorológica da Base Aérea de Santa Cruz, na zona oeste da cidade, registrou entre as 15h e as 16h de hoje, vento forte, com 55,5 quilômetros por hora (km/h). Já a estação do Forte de Copacabana, registrou rajadas de vento mais fortes que atingiram, 59,8km/h.

Os ciclones extratropicais são fenômenos meteorológicos caracterizados por um centro de baixa pressão atmosférica. Associado a esse fenômeno, há a presença de uma frente fria. Quanto mais baixa a pressão do ar em seu interior, mais forte são os ventos causados pelos ciclones.

O município do Rio entrou em estágio de mobilização  2 às 12h20 deste terça-feira devido ao registro de chuva entre 5,1 e 20 milímetros/h em duas estações meteorológicas. O nível de mobilização adotado hoje é o segundo em uma escala de cinco e significa que há riscos de ocorrências de alto impacto na cidade. Há possibilidade de nova mudança de estágio, devido a núcleos de chuva e outros fatores.

De acordo com o Sistema Alerta Rio, núcleos de chuva atuam na zona norte da cidade e se deslocam em direção à Baía de Guanabara, se afastando para o oceano.

Alerta de cheias

O Sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) tem a finalidade de informar as autoridades e a população sobre a possibilidade de chuvas intensas e de cheias dos rios que cortam o estado do Rio. O Rio Quitandinha, que atravessa o centro da cidade de Petrópolis, está subindo o nível acima do normal e pode transbordar nas próximas horas. Ano passado, a cidade serrana sofreu temporais que levaram mais de 200 pessoas à morte.

Há também alerta de cheias para os rios que cortam as cidades de Maricá, Silva Jardim, Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo, Teresópolis, Macaé e Rio das Ostras.

Previsão

Para esta quarta-feira (6), a previsão para o estado é de chuva fraca a moderada a qualquer hora do dia. A temperatura oscilará entre a mínima de 16ºC e a máxima de 23ºC.

Já para o dia seguinte (7), feriado de 7 de setembro, a previsão é de chuva fraca durante a madrugada e o período da manhã. Os ventos estarão fracos e a temperatura entra em elevação. A mínima ficará em 16ºC e a máxima em torno dos 27ºC.

Na sexta-feira e no sábado, o sol volta a aparecer e a temperatura máxima chega aos 30°C. Não há previsão de chuva.

Alerta aos navegantes

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no site do Centro de Hidrografia e Navegação.

A Marinha pede aos navegantes que consultem essas informações antes de irem para o mar. O alerta deve ser seguido à risca também pelas comunidades de pesca, esporte e recreação.

Fonte: Agência Brasil

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais