CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

‘As pessoas faziam chacota’, diz Luana Piovani sobre agressão que sofreu de Dado Dolabella

“Eu fui agredida numa época em que não tinha rede social, hashtag e close maquiado falando ‘mexeu com uma, mexeu com todas’. Eu fui espezinhada, só...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Luana Piovani relembrou a falta de apoio que teve na época que sofreu agressão por parte de Dado Dolabella. Os dois namoraram entre 2006 e 2008 e a atriz recordou, nesta quinta-feira, 25, que foi julgada na época. Em entrevista ao Acessíveis Cast, a artista afirmou que a falta de redes sociais na época fez com que o caso fosse abafado. Segundo ela, esse foi um dos motivos também pela falta de sororidade e mobilização por parte de mulheres para apoiá-la.

“Eu fui agredida numa época em que não tinha rede social, hashtag e close maquiado falando ‘mexeu com uma, mexeu com todas’. Eu fui espezinhada, só tive apoio dos meus amigos e da minha família. As pessoas faziam chacota com o que eu tinha vivido”, relatou.

Luana ainda detalhou como foi conviver com a exposição da agressão ao mesmo tempo que tinha que trabalhar. A atriz relatou que, em meio a gravações de um trabalho na época, um diretor da TV Globo disse que ela deveria se desculpar por ter processado o ex-namorado que a agrediu.

“Pior que a agressão que eu vivi foi a rebordose da sociedade comigo. Eu estava tão mal, que não conseguia debater, estava muito fraca e tirava forças de mim apenas para trabalhar”, relembrou.

Dado Dolabella foi condenando em 2014 pela Lei Maria da Penha por agredir fisicamente sua então namorada e a camareira da atriz. Na época, ele foi recebeu pena de dois anos e nove meses em regime aberto por danos morais e acatou a decisão.

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais