CONECTE-SE CONOSCO

Paraná

Hospital Costa Cavalcanti conta com ala exclusiva para portadores da covid-19

No total, 27 leitos serão colocados à disposição da população, 15 dos quais na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)…

Publicado

em

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) elaborou um plano de contingência para o enfrentamento do novo coronavírus. Para isso, o hospital contará com uma ala exclusiva de atendimento aos pacientes portadores da covid-19 que precisem de internamento. No total, 27 leitos serão colocados à disposição da população, 15 dos quais na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

A reestruturação física do hospital será bancada com recursos da Itaipu Binacional, no valor de US$ 3 milhões (mais de R$ 15 milhões), conforme convênio assinado com a Fundação Itaiguapy, que administra o HMCC. Esses recursos são destinados exclusivamente à luta contra o novo coronavírus, e permitem a compra de equipamentos e insumos.

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, afirma que o HMCC, premiado pela qualidade de seus serviços, mais uma vez se coloca à disposição da população nesse cenário de muitas incertezas. “Cuidar da nossa gente faz parte da missão de Itaipu e do HMCC. Vamos juntos, com muita responsabilidade, enfrentar essa pandemia”, diz Silva e Luna.

Primeira triagem

Dentro da reestruturação do hospital, a primeira triagem dos pacientes será feita numa tenda instalada no estacionamento da unidade hospitalar. Ali será feita a medição de frequências cardíaca e respiratória, saturação e temperatura. Pacientes com queixas respiratórias (febre, tosse, coriza e/ou falta de ar) receberão uma máscara e serão encaminhados ao Pronto Atendimento Respiratório (Avenida Gramado, 580). 

Já pacientes com outros sintomas serão direcionados ao Centro Clínico (Avenida Parati, 737), onde estão sendo realizados os demais atendimentos de urgências e emergências (clínica, pediátrica e ortopédica).

Menor risco de transmissão

O bloco destinado aos portadores da covid-19 será separado das outras alas de internamento do HMCCC. Com a iniciativa, o objetivo é mitigar a transmissão cruzada e atender os pacientes em uma estrutura exclusiva. Os 27 leitos estarão totalmente equipados para casos de gravidade média ou avançada da doença.

O plano de contingenciamento do HMCC prevê também a criação de um Núcleo de Inteligência para monitoramento e reavaliação de cenários. O grupo foi formado por pessoas estratégicas do HMCC aptas a fazer a revisão de processos e protocolos dos atendimentos voltados à covid-19. Novos profissionais também estão sendo contratados para reforçar a equipe no enfrentamento à doença.

Isolamento social

“Nossa estrutura está preparada para o atendimento seguro dos pacientes que necessitarem de internamento”, diz o diretor superintendente do HMCC, Fernando Cossa. Ele ressalta, no entanto, que a população deve seguir seriamente os protocolos de isolamento social. A tendência é que a maioria dos pacientes com coronavírus que procuram o hospital recebem a recomendação de isolamento domiciliar, diz Cossa. Ele explica ainda que, além dos leitos disponíveis para essa primeira fase, “temos a possibilidade de ampliação de leitos dentro do plano de contingência”, se for necessário. 

O diretor técnico, médico Rodrigo Romanini, reforça que é importante, num primeiro momento, tirar as dúvidas pelos telefones de plantão – (45) 9992-0550 ou 3521-1800 = e seguir as orientações dos agentes de saúde. “Ficar em casa é uma ajuda valiosa que a comunidade pode praticar no enfrentamento e prevenção da pandemia causada pelo coronavírus”, afirma.

O convênio

O convênio assinado entre a mantenedora do hospital, a usina de Itaipu, e a Fundação de Saúde Itaiguapy — administradora do HMCC —, prevê a aplicação de US$ 3 milhões (cerca de R$ 15 milhões) para o enfrentamento ao coronavírus (covid-19). 

Os recursos, que estão sendo geridos pela Fundação Itaiguapy, também serão aplicados no Hospital Municipal, que já está estruturado para atendimento aos pacientes da 9ª Regional de Saúde, que abrange uma população estimada em 400 mil pessoas. O plano tem validade de até dez meses.

Fonte: Assessoria


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade