CGN

São Paulo inaugura estátua em homenagem a Telê Santana no Morumbi

Além do presidente Julio Casares, o evento de inauguração contou com a presença de Renê Santana, filho do lendário treinador, e de José Eduardo Mesquita Pimenta,...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Comemorando 93 anos nesta quarta-feira, o São Paulo aproveitou a data, que coincide com o aniversário da capital paulista, para inaugurar uma estátua em homenagem ao técnico Telê Santana, bicampeão da Copa Libertadores e do do Mundial de Clubes pelo time paulista. Uma cerimônia para a divulgação da homenagem foi realizada no Morumbi, onde o monumento foi instalado. A obra ficará exposta em frente ao portão 2 do estádio.

Além do presidente Julio Casares, o evento de inauguração contou com a presença de Renê Santana, filho do lendário treinador, e de José Eduardo Mesquita Pimenta, mandatário do São Paulo na época das principais conquistas sob o comando do técnico que marcou época no tricolor paulista. Muricy Ramalho, atual coordenador de futebol do clube, também compareceu.

“Fazer parte dos momentos mais importantes da história do São Paulo é poder participar de homenagens como essa. Nessa nossa parceria de longa data com o Tricolor, temos fortalecido nossa relação com quem ajudou a construir essa rica história do clube, sejam os ídolos do passado ou os atuais, sempre valorizando ainda mais a relação dos torcedores com eles”, comenta Lucas Lobão, gerente regional de marketing do São Paulo.

A estátua de Telê Santana foi produzida pelo artista plástico Edu Santos. A imagem mostra o treinador segurando os dois troféus de campeão do mundo que conquistou à beira do gramado com o São Paulo.

“Telê Santana é o mestre que levou o São Paulo ao mais alto patamar de conquistas. É uma homenagem a um homem que é parte fundamental da história quase centenária do nosso querido Tricolor e a realização de um sonho. Telê, que já era eterno na memória de todos são-paulinos, agora está eternizado com sua estátua em frente ao Morumbi, estádio onde por tantas vezes ele conduziu o São Paulo a muitas alegrias e glórias”, afirma Eduardo Toni, diretor executivo de marketing do São Paulo.

Telê Santana faleceu em 2006, aos 74 anos. Ele é o técnico com mais títulos na história do São Paulo, com 10 conquistas. Comandou a equipe tricolor em 410 jogos, com 198 vitórias, 121 empates e 91 derrotas. É o terceiro treinador que mais vezes esteve à frente do time são-paulino, atrás apenas de Vicente Feola (538) e Muricy Ramalho (418).

Os torcedores do São Paulo vão poder conferir a estátua nesta quinta-feira, quando o time enfrenta a Portuguesa, às 21h30, pelo Campeonato Paulista.

TREINO
Horas antes da homenagem, o técnico Rogério Ceni comandou o último treino da equipe antes da partida contra a Lusa, no CT da Barra Funda. O lateral-direito Rafinha ficou fora da atividade e é desfalque quase certo para o duelo desta quinta. Ele ainda se recupera de dores no tornozelo esquerdo.

Como Igor Vinicius também ficou fora da principal atividade do dia, Ceni deve ter apenas Orejuela como lateral-direito de ofício à sua disposição contra a Portuguesa. Nos últimos dias, o treinador reclamou da necessidade de reforços no elenco são-paulino, apesar das contratações feitas pela diretoria antes do início da temporada.

Para o quarto jogo do São Paulo neste Paulistão, Ceni pode escalar a equipe com Rafael; Orejuela, Arboleda, Alan Franco e Welington; Pablo Maia e Rodrigo Nestor; Welington Rato, Luciano e David; Calleri.

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais