CGN

CEOs da Netflix defendem o cancelamento de séries, mesmo as favoritas dos fãs

Recentemente, fãs lamentaram o fim de séries como Warrior Nun, Inside Job, 1899 e Residente Evil. Em resposta, Sarandos afirmou que a Netflix “nunca cancelou um...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Os CEOs da Netflix, Ted Sarandos e Greg Peters, defenderam o cancelamento do streamer dos programas favoritos dos fãs, segundo reportagem do site Entertainment.

Recentemente, fãs lamentaram o fim de séries como Warrior Nun, Inside Job, 1899 e Residente Evil. Em resposta, Sarandos afirmou que a Netflix “nunca cancelou um programa de sucesso”.

“Muitos dessas séries eram bem-intencionadas, mas falam para um público muito pequeno com um orçamento muito grande”, disse ele recentemente à Bloomberg . “A chave para isso é que você deve ser capaz de falar com um pequeno público com um orçamento pequeno e um grande público com um grande orçamento. Se você fizer isso bem, poderá repetir sempre.”

O CEO apontou como exemplo positivo o hit sul-coreano Round 6. “É muito raro que um programa como esse seja tão global quanto foi”, comentou. “Em 30 horas, o mundo assistia a Round 6 sem qualquer tentativa nossa para tentar comercializar o programa para o mundo.”

Greg Peters acrescentou que a Netflix trabalha de forma que o programa sul-coreano seja “algo que aconteça toda semana, e que não seja algo incomum, uma exceção”.

Outros cancelamentos que irritaram os telespectadores no passado incluem The Midnight Club, Fate: The Winx Saga, The OA, The Baby-Sitters Club, Gentefied e Santa Clarita Diet. Foi criada a hashtag #CancelNetflix, que alcançou grande sucesso no Twitter no ano passado, canal para os fãs expressarem seu aborrecimento com o cancelamento de títulos que, de outra forma, teriam seguidores cult e pontuações críticas positivas, algumas das quais até marcando renovações antes de finalmente serem eliminadas.

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais