CGN

Garota de Ipanema é a música mais gravada no Brasil em todos os tempos

De acordo com dados do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) divulgados a pedido do Estadão, Garota de Ipanema segue em primeiro lugar nas canções...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Nesta quarta-feira, 25 de janeiro, Tom Jobim (1927-1994) completaria 96 anos. Não à toa comemora-se no Brasil o Dia da Bossa Nova. E não há como falar de bossa nova sem citar a canção Garota de Ipanema, clássico que Tom compôs com o poeta Vinicius de Moraes em 1962.

De acordo com dados do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) divulgados a pedido do Estadão, Garota de Ipanema segue em primeiro lugar nas canções brasileiras mais regravadas de todos os tempos, posição que assumiu desde fevereiro de 2022. São 437 gravações, uma a mais do que no ano passado.

Entre as inúmeras gravações que a canção já recebeu estão as de artistas como João Gilberto, Nara Leão, Gal Costa, Elis Regina, Toquinho, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Tim Maia, Pery Ribeiro, Gilberto Gil, Baden Powell e Sérgio Mendes.

Na lista das 20 canções mais gravadas no Brasil, Tom aparece outras nove vezes, ora sozinho, ora com parceiros. Eu Sei Que Vou Te Amar (6º), Wave (7º), Corcovado (8º), Chega de Saudade (9º), Desafinado (10º), Insensatez (13º), Samba do Avião (15º), A Felicidade e Dindi (empatadas em 17º).

Ao assumir o posto da canção mais regravada no Brasil, Tom desbancou um desses ídolos, o compositor Ary Barroso, que passou ao segundo lugar com o clássico Aquarela do Brasil. Em terceiro, outro ídolo de Tom, o músico e compositor Pixinguinha com o choro Carinhoso, que tem letra de Braguinha.

Considerado um dos maiores compositores da música brasileira, Tom Jobim ganhou definitivamente prestígio internacional quando João Gilberto, Stan Getz e Astrud Gilberto lançaram, em 1964, a versão em inglês de Garota de Ipanema. A canção ganhou o Grammy de Gravação do Ano em 1965.

Com isso, Tom logo foi convidado a trabalhar nos Estados Unidos. Em 1967, gravou um álbum ao lado de Frank Sinatra. Francis Albert Sinatra & Antônio Carlos Jobim foi indicado ao Grammy de Melhor Álbum do Ano em 1968, mas, desta vez, foi derrotado para Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles.

Além das canções mais conhecidas, com letra, como as que aparecem no ranking do Ecad, Tom tem verdadeiras maravilhas instrumentais entre suas composições que merecem ser ouvidas. Entre elas estão Stone Flower (1971), Nuvens Douradas (1973) e Saudade do Brasil (1976).

Documentário

Previsto para chegar aos cinemas em março deste ano, o documentário Elis & Tom – Só Tinha de Ser Com Você, de Roberto de Oliveira, já exibido no Festival do Rio de na Mostra de Cinema de São Paulo em 2022, mostra os bastidores da gravação do histórico álbum Elis & Tom, de 1974.

Oliveira acompanhou Tom e Elis no estúdio em Los Angeles (EUA), onde o compositor morava à época, e também em passeios dos dois artistas pela cidade. Em uma das cenas, eles cantam descontraidamente o samba Caco Velho, música gravada por nomes como Orlando Silva, Aracy de Almeida e Paulinho da Viola.

O filme, uma versão ampliada do especial exibido pela TV Bandeirantes à época, relata a tensão inicial que se instaurou entre os dois nos trabalhos dentro do estúdio. Elis levou seu grupo de músicos, comandados pelo pianista César Camargo Mariano. Tom queria músicos estrangeiros e, a princípio, rejeitou a ideia de que guitarra elétrica fosse usada na gravação.

Entre as personalidades que deram depoimento ao filme estão o próprio Mariano, o guitarrista Hélio Delmiro e o produtor Roberto Menescal.

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais