CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

O poder emana do povo

Publicado

em

Foi como acender um rastilho de pólvora.

Tão logo terminou a sessão de ontem (16) da Câmara Municipal que aprovou, em primeira votação, com 13 vereadores favoráveis e 7 contrários, o projeto de lei que aumenta em até 100% os salários dos procuradores (advogados) da Prefeitura de Cascavel, garantindo-lhes futuramente uma nababesca aposentadoria de mais de 40 mil reais por mês, uma gigantesca onda de protestos e abaixo-assinados se espalhou pela cidade para impedir a consumação do descalabro, um verdadeiro escândalo frente à escassez das finanças públicas do município, que deve se agravar ainda mais com as dificuldades econômicas geradas pelo coronavírus.

Não deu outra: pressionados pela reação avassaladora multiplicada nos grupos de Whatsapp e Facebook, e temerosos de um desgaste político irreparável em ano eleitoral, os vereadores decidiram na reunião desta terça-feira, por 15 votos a 5, interromper a marcha da insensatez e adiaram a conclusão do assunto por 26 sessões.

Até lá, sob a marcação cerrada da população, terão tempo de botar a mão na consciência e dar marcha à ré.

Fora isso, o episódio mostrou a força irresistível das redes sociais quando a serviço de uma boa causa, e o estrago que elas são capazes de fazer nas carreiras de políticos insensatos e imprudentes.

Fica a lição.

(Leia e compartilhe outras postagens acessando o site: caiogottlieb.jor.br)


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados