CGN
Daniel Alves rebate acusação de assédio sexual: “Basta! Isso está me machucando”
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Daniel Alves rebate acusação de assédio sexual: “Basta! Isso está me machucando”

“Primeiramente, gostaria de desmentir tudo. Eu estive nesse lugar (casa noturna), com mais gente, aproveitando. Todo mundo que me conhece sabe que eu adoro dançar. Eu...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade
Daniel Alves rebate acusação de assédio sexual: “Basta! Isso está me machucando”
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Daniel Alves falou nesta quinta-feira pela primeira vez sobre a acusação de assédio sexual pela qual ele responde em Barcelona. Em entrevista ao programa Y Ahora Sonsoles, da televisão espanhola Antena 3, o jogador de 39 anos negou a agressão, mas confirmou que estava na casa noturna.

“Primeiramente, gostaria de desmentir tudo. Eu estive nesse lugar (casa noturna), com mais gente, aproveitando. Todo mundo que me conhece sabe que eu adoro dançar. Eu estava aproveitando, mas sem invadir o espaço dos demais. Sempre respeitando o entorno”, afirmou Daniel Alves.

No dia 30 de dezembro, Daniel Alves e amigos foram à discoteca Sutton de Barcelona, localizada no rua Tuset. No local, o jogador e seu grupo teriam se encontrado com um grupo de mulheres, com quem conversaram e dançaram.

Em determinado momento, câmeras do estabelecimento, de acordo com a imprensa espanhola, mostram que Dani Alves e uma garota vão ao banheiro. Cerca de 47 segundos depois, ambos saem do local. Em seguida, o jogador do Pumas (México) e seus amigos deixam a casa noturna. A mulher começa a chorar, é amparada pelas amigas e relata ter sido assediada sexualmente pelo atleta.


“Quando você decide ir ao banheiro não precisa perguntar quem está lá também. Sinto muito mas não sei quem é esta senhorita. Não sei seu nome, não a conheço, nunca a vi antes na vida”, alega Daniel Alves.

O relato da mulher que acusa o brasileiro de assédio sexual aponta que Daniel Alves teria introduzido a mão por entre suas roupas íntimas. Espantada com o assédio, ela rapidamente procurou as amigas e, mais tarde, os seguranças da balada. A polícia catalã está investigando o caso.

“Em todos esses anos, nunca invadi o espaço de alguém sem autorização. Como vou fazer isso com uma mulher ou uma menina? Pelo amor de Deus, não! Chega! Basta! Isso está me fazendo mal, sobretudo à minha família e meu entorno. Eles sabem quem eu sou”, reforçou Daniel Alves.

O jogador defendeu as cores da seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar e atualmente está vinculado ao Pumas. Daniel Alves não joga por sua equipe desde o fim de setembro. Em Barcelona, o lateral-direito construiu boa parte da carreira como jogador e usou as instalações do clube catalão para se manter em forma antes do Mundial.

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais