CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Justiça nega liminar para que Bigolin reabra lojas de Cascavel

A empresa havia afirmado que vende produtos necessários a funcionalidade das casas, higiene e proteção pessoal…

Publicado

em

A empresa Bigolin Materiais de Construção havia entrado na justiça pedindo autorização para voltar a atender em Cascavel. O pedido foi negado em decisão dada pelo juiz Eduardo Villa Coimbra Campos no início da noite de hoje.

No pedido, a empresa havia afirmado que vende produtos necessários a funcionalidade das casas, como materiais elétricos e hidráulicos além de itens usados na higienização dos ambientes e proteção pessoal.

A justiça entendeu que a empresa foi apenas proibida de abrir as portas ao público geral para evitar o contágio pelo Covid-19, mas poderia continuar comercializando os produtos por meio remoto e entrega a domicílio.

“Conclui-se que diante de toda a gravidade da situação vivenciada em decorrência da pandemia mundial relativa ao COVID-19, como já consignei em decisão recente, são tantas as incertezas que envolvem a preocupante situação, que os gestores públicos são obrigados a tomar decisões difíceis e complexas e estabelecer cronogramas com previsão de cenários hipotéticos, eventuais e possíveis, podendo, eventualmente, adotar, inclusive, posturas conflitantes.

Não obstante, no caso concreto, ponderando-se os princípios e interesses postos em análise, cuidando-se de uma situação de notória repercussão e que envolve a Saúde Pública em proporção e consequências talvez ainda inéditas nesse Século, o ato ora impugnado, em uma análise sumária, não se encontra eivado de ilegalidade ou abuso apto a ensejar a pretendida suspensão liminar”, diz a decisão do juiz Eduardo Villa Coimbra Campos .

Na cidade de Pinhais, no Paraná, a mesma rede conseguiu o direito de reabrir, desde que atendesse a algumas medidas de segurança.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados