CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

De vento em popa – Por Caio Gottlieb

Publicado

em

Em meio às ondas revoltas do combate à pandemia da Covid-19 e das encrencas políticas que não acabam nunca, o agronegócio brasileiro segue nadando de braçada.

Somando 1,5 bilhão de cabeças, o abate de frangos registrou seu melhor resultado para o primeiro trimestre do ano desde o início da série em 1987.

Desempenho similar teve o abate de suínos, que aumentou 5,2% na comparação anual, alcançando quase 12 milhões de animais, o maior número desde 1997.

A propósito, líder da produção nacional de carne suína, Santa Catarina cravou em maio uma nova marca histórica nas exportações da proteína, embarcando perto de 52 mil toneladas.

O desempenho do setor rural na área de grãos foi na mesma toada: de janeiro a maio, o país exportou mais de 49 milhões de toneladas de soja, superando o recorde anterior de 2018.

Detalhe: além de ser o principal destino dos suínos catarinenses, a China abocanhou nada menos que 73% da soja brasileira comercializada este ano no exterior.

E tem uns “inteligentes” por aí achando que o Brasil pode se dar ao luxo de brigar com os chineses…

(Leia e compartilhe outras postagens acessando o site: caiogottlieb.jor.br)


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados