CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Covid-19: Cascavel multiplica número de testes semanais

Em seis semanas, o número de testes aumentou cerca de 12 vezes, saltando de 165 para 2.030…

Publicado

em

A prefeitura divulgou um balanço sobre o número de testes realizados na cidade para diagnóstico da Covid-19.

Para organização dos dados, a contagem é dividida por semana epidemiológica.

Na 20ª semana da doença, em 10 de maio, a cidade fez 165 testes e chegou a 95 diagnósticos positivos.

A partir daí o número de exames aumentou. Na 24ª semana (07 de junho) foram 1.110 exames, e na semana 26 (iniciada em 21 de junho) foram 2.030 exames realizados, com 983 confirmações da doença (48% dos exames feitos deram positivo).

Em seis semanas o número aumentou 12 vezes. Os testes analisados no gráfico fazem referências aos chamados testes rápidos, RT-PCR de instituições públicas (Laboratório Municipal) e da rede privada.

Qual a diferença entre teste rápido e o RT-PCR

O exame RT-PCR, considerado o padrão-ouro no diagnóstico da Covid-19, analisa amostras retiradas da cavidade nasal e de orofaringe para determinar a presença do vírus. É uma técnica de biologia molecular que utiliza a amplificação do RNA do vírus, gerando várias cópias de sequência desse material para que ele possa ser identificado.

A coleta pode ser feita a partir do 3º dia após o início dos sintomas e até o 10º dia, pois ao final desse período, a quantidade de RNA tende a diminuir. Ou seja, o exame RT-PCR identifica o vírus no período em que está ativo no organismo.

Os testes rápidos também identificam os anticorpos IgM e IgG e não o vírus em si. Eles podem ser realizados a partir do 7º dia de sintomas. A vantagem desses testes é a obtenção de resultados rápidos para a decisão da conduta.

O Ministério da Saúde aponta que os testes rápidos apresentam uma taxa de erro de 75% para resultados negativos, o que pode gerar insegurança e incerteza para interpretar um resultado negativo e determinar se o paciente em questão precisa ou não manter o isolamento social. O resultado deve ser interpretado com auxílio de dados clínicos e de outros exames laboratoriais confirmatórios (RT-PCR e outros).

A testagem é mais um instrumento de alerta à população sobre a importância do uso de barreiras mecânicas para evitar o contágio da doença: uso de máscaras, distância de pelo menos 1 metro de outra pessoa em locais públicos, lavagem das mãos com água e sabão, na falta dele, higienização com álcool em gel 70%.

Em seis semanas, volume de testes feitos é 12 vezes maior...

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados