Conecte-se conosco

Paraná

Incêndio destrói casa de madeira no Bairro Cajuru, em Curitiba

Não houve vítimas, já que a residência estava vazia no momento em que o fogo tomou o imóvel...

Publicado em

Uma casa de madeira, de aproximadamente 100m², foi destruída por um incêndio, na noite desta segunda-feira (16), na rua Professor Nivaldo Braga, no bairro Cajuru, em Curitiba. Não houve vítimas, já que a residência estava vazia no momento em que o fogo tomou o imóvel.

O tenente Picolotto, do 1° Grupamento do Corpo de Bombeiros, conta que ao todo nove bombeiros participaram das ações para acabar com o fogo e cerca de 7500 litros de água foram utilizados. “Ao todo nove bombeiros foram empregados nessa operação complexa, devido à extensão do imóvel e terreno. Utilizamos para apagar as chamas cerca de 7500 litros de água e 25 kg de líquido gerador de espuma”, detalhou Picolotto.

Vizinhos teriam ouvido um estouro da corrente elétrica mais cedo, o que pode indicar que o incêndio teve início em um curto-circuito, mas a hipótese não foi confirmada pelo tenente. Além da casa principal, no mesmo terreno havia uma outra casa e um barraco para guardar materiais que foram protegidas das chamas pelos bombeiros.

O morador da região, Diego Fernando, de 32 anos, estava em casa lavando seu carro, quando avistou de longe as labaredas e decidiu ajudar possíveis vítimas. “Eu estava na frente da minha casa lavando meu carro e vi as labaredas de longe, aí decidi vir tentar acudir possíveis vítimas. Fui o primeiro a chegar e estourei o portão da frente para entrar, mas não encontrei ninguém. O vizinho aqui emprestou a mangueira e começamos a escaldar a construção do lado para pelo menos tentar aliviar o calor”, contou Diego. 

A vigilante Franciele Ferreira, de 37 anos, foi moradora do imóvel por 20 anos e conta que atualmente sua sogra estava residindo nos fundos do terreno. “Morei 20 anos nessa casa e meu pai morava aí até sábado passado, quando se mudou para o litoral. A minha sogra estava morando nos fundos, mas por sorte hoje ela foi para a casa da minha cunhada para não ficar sozinha”, afirmou a antiga moradora da residência que acredita que o fogo pode ter começado por algum problema com a fiação elétrica que é muito antiga. 

O socorrista Diogo explica que a equipe foi acionada com a informação de que teria uma pessoa dentro da casa, mas que no local nenhuma vítima foi encontrada. “Passaram para nós que havia uma pessoa dentro da casa, mas confirmamos que não tinha ninguém dentro depois que os bombeiros entraram. As preocupações eram também as duas casas no mesmo terreno e a proximidade com a casa vizinha”, comentou ele. 

O imóvel estaria sendo reformado para futuramente ser disponibilizado para locação.

As informações são do site Banda B.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade