Conecte-se conosco

Paraná

Motoboys cruzam os braços em Curitiba em protesto contra empresa de entregas

Protesto foi em frente ao barracão da empresa na CIC...

Publicado em

Motoboys cruzam os braços em Curitiba em protesto contra empresa de entregas

Cerca de 30 motoboys que prestam serviços para a empresa Loggi, que atua na entrega de encomendas, pararam de trabalhar na manhã desta terça-feira (13), em Curitiba, para protestar. Eles se reuniram em frente a um dos barracões da empresa na CIC para cobrar mudanças na relação de serviço. Os motoboys atuam como terceirizados de forma autônoma. Os clientes buscam a empresa que, por sua vez, utiliza os serviços dos motoboys.

O protesto é contra o valor do pagamento para algumas corridas, principalmente aquelas em que o destinatário não está em casa e o motoboy precisa voltar com a encomenda para o barracão de onde retirou. Os motoboys também reclamam da contratação de carros para fazer as entregas, sem ampliar rotas e sem fazer as mesmas exigências.

“A gente está há mais de um ano sendo injustiçado com a forma que eles pagam pelas entregas. Se a gente pega uma encomenda e a pessoa não está em casa somos obrigados a voltar pro barracão e devolver o pacote se não eles bloqueiam o aplicativo. E não recebemos por isso”, afirmou um dos motoboys.

Uma motogirl reclama da entrada de carros nas entregas com exigências diferentes. “Não tivemos outra alternativa a não ser parar. Além do pagamento injusto, com valores que acabam dando menos do que foi acertado, ainda deixaram entrar carros para entregas com exigências diferentes. Temos um ano para colocar placa vermelha e somos obrigados a ter a autorização de transporte remunerado na CNH enquanto o carro não precisa de nada disso”, disse.

Outro lado

A empresa enviou a seguinte nota sobre o caso:

A Loggi tem o compromisso de realizar entregas expressas e, para isso, contamos com uma rede de entregadores autônomos que utilizam diversos modais para realizar um frete. A definição do modal ocorre de acordo com algumas variáveis, entre elas, a demanda dos clientes, o volume de pacotes e o prazo de entrega. Reiteramos nosso compromisso em desenvolver uma plataforma que ofereça uma experiência incrível aos clientes, alavancando negócios em diversos setores da economia, gerando renda e transformando as cidades em que atuamos.

O texto é da RÁDIO BANDA B.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade
Publicidade