Conecte-se conosco

Economia

Juros: DIS recuam com afrouxamento por BCs de emergentes, Previdência e varejo

Os juros futuros recuam na manhã desta quarta-feira, 7, mesmo com o dólar em alta ante o real, refletindo uma série de fatores. Segundo o operador de renda fix...

Publicado em

Os juros futuros recuam na manhã desta quarta-feira, 7, mesmo com o dólar em alta ante o real, refletindo uma série de fatores. Segundo o operador de renda fixa Luis Felipe Laudisio dos Santos, a curva reage "à ação inesperada dos BCs da Índia, Tailândia e Nova Zelândia, que cortaram juros". Também é positiva, ainda que esperada, a aprovação em segundo turno do texto-base da reforma da Previdência na Câmara. A alta de 0,1% das vendas no varejo em junho ante maio, abaixo da mediana das estimativas (+0,50%) também colabora para o recuo das taxas.

Às 9h15, a taxa do contrato interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 exibia 5,46%, de 5,48%, enquanto o vencimento para janeiro de 2023 marcava 6,39%, na máxima, de 6,42% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 exibia 6,90%, de 6,94% on ajuste de ontem.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade
Publicidade