• Maycon Corazza
  • Estadao Conteudo

12 Fevereiro 2019 | 01h16min

O acordo prévio fechado pelos congressistas americanos na noite desta segunda-feira, 11, para evitar uma nova paralisação do governo do país prevê a destinação de US$ 1,375 bilhões para a construção de barreiras físicas em um trecho de 88 quilômetros da fronteira com o México. O valor é bem inferior aos US$ 5,7 bilhões que o presidente Donald Trump demanda para a construção de um muro de mais de 320 quilômetros na divisa. O dinheiro previsto no acordo deverá ser investido na construção de barreiras verticais de aço, e não em um muro sólido, como deseja o presidente. Os democratas retiraram a proposta de limitar o número de imigrantes presos no território americano para uma média diária de 16,5 mil. Os republicanos se opunham à demanda. O acordo também prevê fundos para a aquisição e distribuição de 40,5 mil camas para os imigrantes detidos.

Carregar mais notas ao vivo