• Viamar Henrique
  • CGN

12 Fevereiro 2019 | 01h01min

No início da madrugada de hoje (12) uma mãe indignada procurou a CGN, para falar sobre o suposto abuso que seu filho sofreu, no primeiro dia de aula.

Segundo relatos da mãe, ela notou uma fissura quando estava trocando a criança, então resolveu levar o bebê ao hospital, o médico lhe informou que não poderia ser uma fissura por ressecamento do organismo, mas que aparentava ser um abuso sexual.  

A mãe foi orientada a fazer um Boletim de ocorrência e posteriormente corpo de delito na criança.

A mãe conversou com a equipe de reportagem para relatar os detalhes da situação.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (16 comentários)

  • Elisandra Buffon
    27
    7
    3 dias atrás às 08:40h
    Meu Deus que judiacao com esse bb nao tenho palavras pra expressar a indignacao tem que descobrir e punir severamente esse monstro.
  • Raiza Ratiere de Lucena
    24
    7
    3 dias atrás às 09:20h
    Enorme coitadinho chorando, imagina como deve tá a a cabeça dessa criança, que Deus proteja e que tudo se resolva
  • Luzia Moreira
    38
    14
    3 dias atrás às 09:26h
    Nossa a criança vai na escola, sai às 6 da tarde ela só vai notar isso na madrugada. Será que ficou sem troca até essa hora. Tá estranho ????
  • Mira Chiamulera Chiamulera
    16
    9
    3 dias atrás às 09:45h
    Cadê o nome da escola ? TADINHO DESSE BB TEM QUE DAR MUITO AMOR CARINHO COMO VAI FICAR A CABECINHA DO BB
    • Patricia Cardoso
      7
      7
      3 dias atrás às 11:10h
      VDD CADE O NOME DO CEMEI, PORQ TEM Q POSTAR SIM INJUSTIÇA FOI FEITA CM A CRIANÇA, PUNIÇÃO AO RESPONSÁVEL PELO ATO
    • Marcos Vinícius
      14
      14
      3 dias atrás às 11:19h
      Tá curiosa?liga na prefeitura ou na polícia que eles te falam curiosona.
    • Lourenço Eduardo da Paixão
      21
      2
      3 dias atrás às 11:49h
      Ah eh? E se foi em casa que ele sofreu o abuso? Cadê o endereço dela? Não é assim... Tem que investigar primeiro...
  • Luci Aragao Silva
    16
    3
    3 dias atrás às 12:15h
    Ate entendo "desespero"da mãe mas que horas ela foi ver isso?e outra e se não nada disso?ela esta acusando sem ainda ter provas..só acho
  • Maria Angelina Briere
    35
    1
    3 dias atrás às 16:16h
    Só espero que não esteja acusando profissionais do CEMEI pra proteger algum "macho" da família...
  • Camile Fogaça
    21
    1
    3 dias atrás às 16:33h
    Mal contada essa história Mais temos policiais civis preparado para isso
  • Camile Fogaça
    2
    3
    3 dias atrás às 16:35h
    Se o prefeito não dá existência para os servidores eles não pode fazer nada nem é posto ou upa Quando é a sim leva direto para o upa
  • Priscilla Cristina Oliveira
    14
    1
    3 dias atrás às 17:00h
    Tem que ver bem se realmente foi no cmei, muito facil apontar sem ter certeza.
  • Celia Damaceno Elesbao
    10
    1
    3 dias atrás às 19:12h
    MUITO ESTRANHO ISSO
  • Camile Fogaça
    2
    1
    3 dias atrás às 22:17h
    É mentira a enfermeira é super bem Trabalha muito bem O PROBLEMA É Q tem pessoas a q quer ser melhor q os outros Tem posto q tem madrugar
  • Sirley Ribeiro
    7
    0
    3 dias atrás às 23:56h
    Mal contada esta historia, Acusar é fácil quero se não for abuso se vai haver pedido desculpa, porque ofender é fácil quero ver pedir p
  • Sergio Stratmann
    4
    0
    2 dias atrás às 07:41h
    Cade o nome da mae e do medico que nao sabem identificar uma assadura?bebe saiu 18hr e ela so foi trocar de madrugada?