Conecte-se conosco

Cascavel

Criminosos tentam aplicar golpe em família da secretária Rosely Vascelai

Ela conversou por telefone com a CGN para explicar o que teria acontecido para dar um alerta à população...

Publicado em

Criminosos tentam aplicar golpe em família da secretária Rosely Vascelai
Foto Ilustrativa

A CGN foi comunicada sobre um golpe que estelionatários estariam aplicando em Cascavel. A família da secretária de Políticas Sobre Drogas e Proteção à Comunidade, Rosely Vascelai, foi alvo dos marginais.

O esposo de Rosely, Orlando Vascelai teria atendido um telefonema onde uma pessoa afirmava que compras teriam sido feitas em duas lojas, uma no valor de quase R$ 4 mil e outra no valor de R$ 1,300 mil.

As compras teriam sido feitas no cartão de Orlando. A família negou as compras. Foi pedido então para que Orlando entrasse em contato para um número '0800' que seria da Caixa Econômica Federal.

 Segundo Rosely, o esposo dela entrou em contato com o novo número e uma mulher o atendeu:

“Aqui é da Caixa Econômica Federal e estamos checando as duas compras realizadas com o cartão de crédito”.

Orlando teria dito que não fez às compras. Então a moça teria dito que o cartão poderia ter sido clonado.

“Seu cartão pode ter sido clonado senhor, preciso que confirme alguns dados e em poucos minutos vamos a sua casa buscar o cartão para tomar as medidas cabíveis.”

De acordo com a secretária, em 10 minutos havia um rapaz de moto em frente à residência para buscar o cartão. A família, já desconfiada que se tratava de um golpe, pediu ao rapaz para que pudesse apresentar um documento com foto, mas o homem disse que não tinha.

“Nós não entregamos o cartão e o rapaz disse que voltaria mais tarde, em posse de documento pessoal”, afirmou Rosely.

O homem subiu na moto e saiu, mas não retornou.

Minutos depois, o celular de Orlando tocou e ao atender, uma mulher pediu desculpas pela não identificação do condutor da moto e em breve outra pessoa faria a busca do cartão, porém ninguém foi buscar e se quer houve o retorno da ligação.

A secretária Rosely explicou a situação para que as pessoas entendam o caso e não caiam no golpe. A família constatou que as compras não tinham sido feitas e acredita firmemente que se tratava de um golpe. Rosely deixa o alerta à comunidade e que qualquer situação de desconforto ou dúvida, de preferência vá até à agência bancária e entre em contato com a Polícia.

A Guarda Municipal e a Polícia Militar já haviam sido acionadas caso o motociclista voltasse para buscar o cartão.

O caso será repassado para a Polícia Civil.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade
Publicidade