• Maycon Corazza
  • CGN

07 Dezembro 2018 | 07h50min

A Polícia Civil desenvolveu nesta sexta-feira (07) mais uma ação de combate à corrupção no Paraná. Ainda era escuro, quando policiais civis da Divisão de Combate à Corrupção (DCCO) se reuniram no auditório da 15º Subdivisão Policial de Cascavel.

A ação foi realizada em parceria com a delegacia de estelionatos de Curitiba. Os policiais saíram com destino às cidades de Cianorte, Maringá e Curitiba, visando cumprir mandados de busca e apreensão, de prisão e também combater a falsificação de documentos públicos e particulares.

Mais tarde, uma coletiva de imprensa deve apresentar os resultados da operação.

A operação Vucetich – inventor da identificação papiloscópica - tem como objetivo desarticular um esquema de expedição fraudulenta de RG’s através de postos conveniados do Instituto de Identificação. 

Os policiais estão nas ruas para cumprir sete mandados de busca e apreensão . A ação acontece nas cidades de Maringá, Cerro Azul e Rancho Alegre do Oeste.

De acordo com a investigação, dezenas de documentos de identidade foram fraudados através da inserção de dados falsos no sistema.
Um dos mandados é contra um servidor da prefeitura de Cerro Azul que foi cedido para a atuação junto ao posto conveniado pelo Instituto de Identificação. Outro mandado será cumprido em um escritório de contabilidade. A suspeita é que os documentos falsos eram feitos em troca de dinheiro.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Carregar mais notas ao vivo
Acontecendo Agora
image/svg+xml