• Mariana Lioto
  • CGN

08 Novembro 2018 | 18h35min

Este mês a Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) iniciou a cobrança de EstaR (Estacionamento Regulamento) para motocicletas. Um usuário entrou em contato com a CGN questionando se, com a cobrança sobre as motos, os municípios tem alguma responsabilidade de segurança dos veículos. Se um carro for danificado ou se um furto ocorrer, por ter pagado para estacionar, há alguma garantia?

A prefeitura afirma que não. Segundo eles não há responsabilidade do município nem processos onde a prefeitura esteja sendo cobrada na Justiça por este motivo. Segundo o município, a cobrança só existe para proporcionar rotatividade nas vagas. O mesmo vale para carros e motos.

A nível nacional é possível encontrar processos onde proprietários de veículos buscaram indenização por problemas do tipo, mas na grande maioria dos casos os pedidos são negados.

Em agosto - último mês com dados divulgados - a arrecadação do EstaR foi de 169.971,51.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (4 comentários)

  • João Quirino Lopes
    198
    5
    1 semana atrás às 18:42h
    E a sincronização dos semáforos, nunca mais teremos isso em Cascavel?
  • Cristiano Chiamenti
    27
    0
    1 semana atrás às 08:16h
    a avenida brasil sentido são cristóvão, abre um fecha outro é uma vergonha para uma METROPOLE em desenvolvimento - piada
  • Romero Aires
    16
    1
    1 semana atrás às 09:45h
    Algumas cidades do interior de São Paulo foram obrigadas pela justiça a idenizar os proprietários que tiveram seus veículos furtados
    • Lisarb De Silva Lima
      3
      13
      1 semana atrás às 11:28h
      Vc paga p usar a vaga por alguns minutos não p guardar o carro, só pensam em ganhar, processar, quer segurança paga estacionamento privado