Conecte-se conosco

Paraná

Engenheiros da Portos do Paraná integram cúpula mundial

Segundo a organização do evento, as discussões e o debate têm como principal área de discussão o gerenciamento eficaz dos projetos de dragagem...

Publicado em

Dois integrantes da Diretoria de Engenharia e Manutenção dos Portos do Paraná participam da 10ª Cúpula de Dragagem e Reclamação de Terra 2019, em Londres, Inglaterra. Eles são os únicos representantes de portos brasileiros no debate, que acontece de 16 a 18.

Segundo a organização do evento, as discussões e o debate têm como principal área de discussão o gerenciamento eficaz dos projetos de dragagem. As atividades de dragagem dos portos, segundo eles, são sempre prioridades e, ao mesmo tempo, um desafio para as equipes técnicas.

Acompanhado do analista portuário e engenheiro civil Lucas Gomes Gonçalves, o oceanógrafo especialista em Infraestrutura Marinha dos Portos do Paraná, Ricardo Delfim, foi indicado por profissionais que atuam no segmento de dragagem para participar do evento.

“Vamos expor nosso conhecimento e absorver conhecimento de outros lugares. Foi um convite da organização do evento por indicação de especialistas de relevância na área. Esse convite nos honra e nos qualifica como profissionais da área, em condições de discutir em nível global”, afirma Delfim.

A principal expectativa dos profissionais da empresa pública Portos do Paraná é conseguir trocar informações e sanar dificuldades logísticas e técnicas voltadas às obras de dragagem. “É uma oportunidade de, nas dificuldades compartilhadas, encontrarmos novas soluções. É um momento de muita discussão técnica e metodológica ligadas à temática”, afirmou.

Os representantes do portos paranaenses são fiscais nos projetos e obras de dragagem. A participação deles na Cúpula também abre canal com os demais portos e especialistas no assunto, em todo o mundo.

RECONHECIMENTO - Segundo o diretor de Engenharia e Manutenção dos Portos do Paraná, Rogério Barzellay, o convite para a participação da equipe é um reconhecimento da capacitação do corpo técnico da empresa pública. “A empresa está investindo cada vez mais na formação e capacitação do seu corpo técnico. Fomos convidados a participar porque temos experiência, capacitação e, atualmente, o nosso maior investimento é em dragagem”, afirma.

Para o diretor, participações como essas permitem um intercâmbio de ideias e projetos com o mundo inteiro. “Estamos levando informação e traremos informações para poder impactar não somente no nosso dia a dia de obras e projetos, como também podemos colaborar e levar adiante, projetos aos demais portos do país”, acrescenta Barzellay.

PARTICIPAÇÃO - Nesta terça-feira (16), à tarde, Delfim integrou a mesa-redonda Superando Desafios Chave no Planejamento da Execução de um Projeto de Dragagem. Quarta-feira (17), ele apresenta o estudo de caso sobre pesquisa hidrográfica voltada para a dragagem e ainda participa de nova mesa de discussão sobre o tema. No último dia do evento, quinta (18), o oceanógrafo ministra um workshop na cúpla. O tema do minicurso é Soluções Técnicas Criativas: Investigue os Efeitos da Pesquisa Hidrográfica na Draga Estimativa de Quantidade para Reduzir os Riscos de Dragagem e Recuperação. Além de outras experiências em projetos marítimos, Ricardo Delfim já atuou em outros portos do país e do mundo. No Brasil, ele já trabalhou com os portos do Rio Grande, São Francisco do Sul, Itajaí, Santos, Porto do Açu, Niterói, Maceió e São Luís (TMPM e Itaqui); agora, nos Portos do Paraná.

No Exterior, nos terminais portuários das Bermudas britânicas, em Abo Quir (Egito/ Alexandria), na Argentina (hidrovia parana/prata) e Equador (Puerto de águas profundas de Posorja).

EVENTO - Integram a 10ª Cúpula de Dragagem e Recuperação de Terra 2019 gerentes e engenheiros de Dragagem e Reclamação de Terra (aterro hidráulico) de Operadores Portuários, Autoridades Portuárias de diversos países, Autoridades Marítimas, Companhias de Terminais Marítimos, proprietários e autoridades de Estruturas Fluviais/ Hidroviárias, autoridades ligadas à Reclamação e Desenvolvimento Urbano, Ministérios de Infra-Estrutura e Transporte, Autoridades de Aeroportos.

Todos os participantes apresentam estudos de casos comprovados e estratégias para projetos de dragagem e recuperação de terras.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade
Publicidade