• Mariana Lioto
  • CGN

19 Setembro 2018 | 10h16min

Um grupo de mulheres de presos da Penitenciária de Catanduvas realizaram um protesto na manhã desta quarta-feira pela retomada das visitas íntimas na unidade.

Elas foram até a frente da unidade com faixas e afirmam que a visita é um direito.

As visitas estão restritas desde o assassinato da servidora da unidade, Melissa Almeida. O assunto deve ser discutido no STF em breve.

"A principal reivindicação da população carcerária dos presídios federais é a liberação das visitas íntimas que estão suspensas há mais de um ano, após a morte da psicóloga do DEPEN. No dia 27, a manifestação se estenderá em Brasília, e possivelmente acontecerá uma reunião com o Ministro do STF relator, onde tramita a ADPF 518, na qual requer-se a liberação das visitas entre outras reivindicações dos internos das Penitenciárias Federais de todo país", explica a advogada Verônica Garcia Borges.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (5 comentários)

  • Antonio Roh
    96
    2
    2 meses atrás às 12:24h
    Tanta coisa pra fazer vão pedir visita intima vão trabalhar
  • Emerson Bertolini
    104
    1
    2 meses atrás às 12:32h
    Tratamento desumano?????? Eles estão ai pq estavam rezando? Eles estão ai pq foram desumanos. Quer que seja tratado como? Com picanha é isso
  • Lourdes Silva
    83
    0
    2 meses atrás às 13:57h
    Era so q faltava, visita intima nem deveria existir. Quer botar filho no mundo pra receber do governo. Vão fude em outro lugar.
  • Edmar Santana
    41
    0
    2 meses atrás às 15:53h
    Conta a akela do papagaio.e pacabâ.
  • Juarez Nicolino de Assis
    0
    0
    2 meses atrás às 13:21h
    wwwimpaktopenitenciariocombr, devem estar intimidadas por parceiros encarcerádos!!!