Conecte-se conosco

Cascavel

‘Deus usou a equipe do Samu para salvá-lo’: família de vítima de infarto agradece atendimento

Foram mais de 40 minutos de esforços para reverter parada cardíaca de paciente de 51 anos, no Bairro Neva...

Publicado em

A noite do último sábado (5) parecia normal para a família Kleber Sebastião de Oliveira, morador do Bairro Neva. Ele havia chegado da igreja na noite fria, tomou sopa e brincava com a neta quando a esposa percebeu que algo não estava bem com o homem de 51 anos. Era uma parada cardíaca. Ela gritou aos filhos e a primeira iniciativa foi ligar ao Samu, via 192. 

“Meu filho mais velho começou a ligar e desesperados nós também pensamos em levar ele de carro. Eles chegaram tão rápido que não tínhamos nem saído quando a ambulância chegou, parece que estavam do lado da minha casa”, conta a esposa Ana Cristina Lima de Oliveira.

O atendimento começou na calçada com grande empenho de toda a equipe. Além da massagem cardíaca, o homem recebeu medicação e foi entubado. Foram 42 minutos de atendimento até que o quadro fosse revertido.

“Eles viram meu marido praticamente morto na calçada. Com cuidado, carinho, amor e muita força de vontade eles prestaram o atendimento. Eu vou ser sincera, pelo que via achava que ele não ia viver. A esperança veio da equipe do Samu. A cada momento eles nos davam a palavra, que iam conseguir, que iam salvá-lo, eles não desistiram dele em nenhum momento”.

Kleber foi estabilizado e encaminhado ao Hospital Dr. Lima onde está em coma induzido. Durante um exame ele chegou a ficar consciente o que deixa a família otimista da sua recuperação.

Ao não desistir de Kleber e dar a ele o melhor atendimento possível, o Samu salvou o esposo de Ana Cristina, com quem convive há 24 anos; o pai dedicado de José Brivaldo, Julio Cesar e Kleber Filho e o avô coruja de Allana, de pouco mais de 1 ano e Miguel Heitor, de oito meses. Salvou também um servidor público que atua como agente penitenciário e um homem de fé, que frequenta a Igreja Adventista da Promessa. 

“Eu acredito que Deus está à frente de todos as coisas, mas sei que Deus usou estes homens e mulheres para salvar meu marido”, conta a esposa.

A mulher revolveu procurar a reportagem da CGN para agradecer o empenho da equipe. Ela percebe que quando o serviço não funciona é muito comum que a crítica seja publicada, então acha justo que o elogio também seja tornado público.

O agradecimento vai aos enfermeiros Fernanda Calgaro e Eder Gomes, condutores Claudemir José Tavares e Lucas Santos, médico Thiago Santos Vieira e ao médico Flávio Ramos que estava de folga mas parou passou pelo local e parou para ajudar. O elogio também se estende ao técnico de regulação Natanael Pereira Santigo, ao rádio operador Adriano de Jesus e ao médico regulador Marlon Barros que auxiliaram no atendimento na base, para que a ambulância fosse deslocada com eficiência e garantindo o encaminhamento de Kleber ao hospital. 



Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Publicidade
Publicidade