• Mariana Lioto
  • CGN

16 Agosto 2018 | 10h26min

Uma conversa que teria ocorrido no grupo de Whatsapp de uma turma de acadêmicos de Direito de uma faculdade de Cascavel está gerando repercussão nas redes sociais.

A reprodução das conversas que falam da morte da advogada Tatiane Spitzner foi encaminhada para a CGN por vários estudantes questionando a postura dos futuros advogados.

O vídeo que mostra as agressões cometidas pelo marido de Tatiane antes da morte foi compartilhado inicialmente como "tema para discutirmos na aula de direito penal".

Algumas pessoas questionam as imagens fortes do vídeo e depois são feitas graves afirmações: como "feminicídio não existe" e "se ela foi assassinada certeza que ela mereceu".

A conversa segue com mais absurdos como "se tivesse rezando ou estudando não morria"(sic). Um dos estudantes diz que "lugar de mulher não é em pé no parapeito [fazendo alusão ao fato de ela ter caído do quarto andar]" e sim "lugar de mulher é rezando, limpando a casa, lavando louça ou cuidando das crianças e ponto. Sem mais nem menos". 

O estudante que faz a maioria das afirmações nega ser machista.

"A todos que querem me processar. Minhas últimas mensagens foram uma crítica ao patriarcado. Foi para mostra-los que a sociedade é horrenda com as nossas kiridas donas de casa, quis dizer, molieres*" (sic)

Os acadêmicos que encaminharam as mensagens à redação consideram um absurdo comentários tão desumanos e pedem um posicionamento da instituição. A CGN entrará em contato com a faculdade.

O caso

Na madrugada de 22 de julho, Tatiane morreu depois de cair do 4º andar do apartamento onde morava, no Centro de Guarapuava. O marido recolheu o corpo, levou de volta ao apartamento e foi preso quando se envolveu em um acidente na BR-277 em São Miguel do Iguaçu, quando tinha dirigido mais de 340 quilômetros em direção à fronteira do Brasil.

Após apuração, o Ministério Público denunciou Luís Felipe Mainveiler pela morte de Tatiane. Para a promotoria ele usou meio cruel, dificultou a defesa da vítima, teve motivo torpe e praticou feminicídio. O MP também acusa Mainvailer de alterar a cena do crime e praticar cárcere privado.

O vídeo mostra a mulher tentando fugir do carro onde é agredida. No elevador ela chegou a ficar desacordada. Também há imagens de Felipe limpando o sangue do elevador. O homem diz que ela se jogou do prédio.

Veja a reprodução da conversa encaminhada para a CGN:



Carregar mais notas ao vivo

Comentários (33 comentários)

  • Jhenifer Amanda
    169
    35
    6 meses atrás às 10:52h
    AGUARDANDO UM POSICIONAMENTO DA FACULDADE
  • Eduardo Palinski
    107
    42
    6 meses atrás às 11:02h
    Um bando de machistas e feministas falando muita besteira e degradando a imagem dos futuros advogados! Repugnante essa conversa!!!
  • Emanuel Tesche
    90
    7
    6 meses atrás às 11:03h
    só queria saber quem era pra enche de porrada, é esse brasil que queremos para o futuro? agressão física se tornar algo comum?
  • Emanuel Tesche
    105
    7
    6 meses atrás às 11:04h
    AGUARDANDO UM POSICIONAMENTO DA FACULDADE
  • Emanuel Tesche
    193
    3
    6 meses atrás às 11:05h
    ACHO QUE ESSES INDIVÍDUOS DEVERIAM FREQUENTAR MAIS AS AULAS E PARAR UM POUCO DE IR PRO BAR!!!
  • Eder Ferrari
    27
    149
    6 meses atrás às 11:21h
    Eles estavam sendo irônicos.
  • Carlos Oliver
    128
    68
    6 meses atrás às 11:34h
    Esses são os eleitores do bolsobosta
    • Emanuel Tesche
      92
      44
      6 meses atrás às 11:35h
      exato!!! bolsolixo
    • Ademir Soares
      52
      36
      6 meses atrás às 11:50h
      Carlos e Emanuel .que que tem um crime grave como esse com candidado?
    • Emanuel Tesche
      83
      37
      6 meses atrás às 11:52h
      o que que tem a ver? o candidato Bolsonario é contra a lei do feminicidio ele é conservador e pensa igual os seres que falaram tudo isso!!
    • Carlos Oliver
      21
      17
      6 meses atrás às 12:17h
      TD haver .. aqui não tem caracteres para lhe explicar ..
    • Carlos Oliver
      15
      15
      6 meses atrás às 12:45h
      Ou vc quer q eu desenhe ?
  • Ademir Soares
    71
    5
    6 meses atrás às 11:44h
    Isso ai e' aqueles idiotas que fikam nos bobodromos na frente das faculdades.esses sao mais lixos do lixos pois nem da pra reciclar esses
  • Luciano Oliveira
    65
    4
    6 meses atrás às 11:46h
    CHEGA A SER VERGONHOSO A CONVERSA DOS ESTUDANTES E ESPERAMOS O PRONUNCIAMENTO QUE NÃO VAI TER DA INSTITUIÇÃO
  • Marcelo Kuster
    70
    2
    6 meses atrás às 12:00h
    Parabéns para esses alunos brilhantes no ENADE! vão aparecer no FANTÁSTICO domingo! que bom pra cascavel né??
  • João Breitenbach
    75
    7
    6 meses atrás às 12:29h
    Nada de anormal, afinal, são nossos futuros advogados, juízes, o judiciário está cheio desses tipos!
  • Marcelo Kuster
    66
    3
    6 meses atrás às 12:59h
    a OAB sempre preocupada com a formação dos novos DOUTORES, deveria se posicionar sobre isso!! ALUNOS COM SELO DE QUALIDADE DA OAB!!
  • Leandro Rosa
    9
    137
    6 meses atrás às 13:10h
    Ja colocaram política no meio. Sabiam que mulheres matam mais os seus companheiros do que os homens matam as companheiras? Fonte: SSP
    • Emanuel Tesche
      48
      11
      6 meses atrás às 13:42h
      fonte, machista!!
  • Ney Mendes
    14
    6
    6 meses atrás às 14:02h
    Pai de verdade, o julgamento e bala p o assassino, e alei que se dane
  • Leidiane Carvalho
    37
    7
    6 meses atrás às 14:11h
    Eu como pai dela, ja metia processo nesses babacas, pelo amor vamos respeita o Luto das pessoas!Ninguem merece passar o que essa moça passou
  • Ademir Soares
    26
    2
    6 meses atrás às 14:35h
    Pra mim e crime grave tanto pra quem mata um trabalhador. Uma mulher ou uma crianca.tem que ser punido igual de forma energica
    • Fábio Max Alberti
      0
      0
      6 meses atrás às 20:34h
      Uai, a mulher assassinada não era uma trabalhadorA? A palavra TRABALHADOR vale pros 2 SEXOS cara pelamor
  • Camila Agnes
    3
    12
    6 meses atrás às 15:20h
    Ele foi irônico! ????
  • Drica Guedes
    104
    4
    6 meses atrás às 15:51h
    No mínimo aguardaremos um atitude enérgica da faculdade. Ou seja, a expulsão desses babacas machistas sem mãe e noção.Não foi irônia não!
  • Jose Carlos Gonçalves
    6
    94
    6 meses atrás às 15:55h
    Esses jovens são da era PT, não misturem as coisas, todo esse Bolus tem mais de uma deécada
  • Augusto Lima
    8
    31
    6 meses atrás às 19:24h
    Nossa q nada haver. Pegar uma conversa descompromissada do Whats e fazer matéria pra criar polemica, Cgn não tem o q fazer mesmo!!!
    • Emanuel Tesche
      28
      2
      6 meses atrás às 22:43h
      Fala isso pro advogado do teu genrro quando ele espancar sua filha e jogar pela sacada, ele vai olha na tua cara e falar ela merecia!!
  • Augusto Lima
    13
    25
    6 meses atrás às 19:27h
    Td playvoyzada que não entendem bosta nenhuma. Criado no todinho o futuro do judiciário. Por isso Bolsonaro tem q ganhar. Único q pd mudar.
  • Tatiana Costa
    10
    2
    6 meses atrás às 23:58h
    A faculdade não punirá estes muleques mimados e sem cérebro e que serão advogados lixos com diplomas para limpar a bunda, devem ser punidos
  • Rodrigo Amaral
    11
    1
    6 meses atrás às 08:29h
    Divulga o nome desses futuros advogados pra gente nunca contratar nenhum deles
  • Kalidy Souza
    2
    0
    6 meses atrás às 16:35h
    Esse daí tem sérios problemas mentais. Péssimo momento pra tentar ser engraçado por meio da ironia. Ultrapassou sérios limites
  • Heitor Duarte
    2
    0
    6 meses atrás às 16:38h
    Quando se formarem vão ser só mais uns bostas com diploma