• Luiz Padilha
  • CGN

13 Março 2018 | 17h49min

Os ganhadores dos três maiores prêmios do 28ª sorteio do programa Nota Paraná receberam os cheques com os valores de R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil das mãos do governador Beto Richa durante cerimônia realizada na tarde desta terça-feira (13) no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O Provopar Estadual (Programa do Voluntariado Paranaense) foi um dos contemplados neste sorteio de março, recebendo o segundo maior prêmio. O de maior valor saiu para Rodrigo Cruz dos Santos, delegado da Polícia Civil do Paraná, de Pinhão (Centro-Sul), e o terceiro maior montante foi para o administrador de empresas Rubens Bittencourt, de São José dos Pinhais (RMC).

Os créditos do mês somaram R$ 55,7 milhões, o maior valor já distribuído em um mês, porque referem-se a compras de dezembro. A solenidade marcou também os dois anos do início da adesão de entidades sem fins lucrativos ao programa de cidadania fiscal.

O governador enfatizou os inúmeros benefícios que o Nota Paraná propicia aos cidadãos paranaenses. “É um programa bom, que ajuda a reduzir a carga tributária individual, na medida em que devolve ao contribuinte parte do imposto ele pagou. Além disso, ajuda a combater a sonegação fiscal e a concorrência desleal e, ainda, gera mais receitas para o Estado, que são revertidas em serviços de melhor qualidade e mais obras à população”, afirmou.

Atualmente, 1.146 instituições sem fins lucrativos de todo o Paraná estão cadastradas, recebem doações de documentos fiscais e são beneficiadas com a devolução de crédito de ICMS e prêmios em dinheiro. “Até agora já distribuímos R$ 65,7 milhões para organizações que atuam nas áreas de assistência social, saúde, defesa e proteção animal, esporte e cultura”, lembrou o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo.

REFORMA DA CASA – Ganhador do prêmio de R$ 50 mil, o delegado Rodrigo Cruz dos Santos, disse que o dinheiro veio em uma boa hora e deve ajudar na reforma da casa. O servidor público, de 39 anos, sempre teve por hábito pedir o CPF na nota em todas as compras que faz e já tinha recebido prêmios menores anteriormente, além dos créditos devolvidos.

Para o delegado, o programa Nota Paraná transformou os hábitos dos paranaenses, que se acostumaram a exigir o documento fiscal na hora das compras. “Eu, agora mais do que ninguém, posso dizer que vale a pena pedir o CPF na nota, independentemente do prêmio. Só com os valores que voltam ao nosso bolso com os créditos do ICMS já é compensa”, afirmou.

ASSISTÊNCIA SOCIAL - Em uma data tão significativa para as entidades que participam do Nota Paraná, o prêmio de R$ 30 mil foi para uma das instituições de assistência social mais tradicionais do Estado. Fundado em 1980 pela então primeira-dama do Paraná, Nice Braga, o Programa do Voluntariado Paranaense – Provopar atua em programas sociais, projetos de geração de renda e atendimentos emergenciais da população em situações de calamidade pública e catástrofes, em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.

O Provopar foi a nona instituição a receber um dos três maiores prêmios do programa (confira abaixo lista das sorteadas). Para a presidente da entidade, Carlise Kwiatkowski, o maior desafio da instituição é atender a demanda que chega de todos os 399 municípios do Estado.

“Recebemos a notícia da premiação com muita alegria. Ficamos muito felizes e gratos ao Governo do Estado por propiciar esses recursos não apenas ao Provopar como a todas as outras instituições em todo o Paraná”, disse ela. Até o mês passado o Provopar já havia recebido R$ 364 mil entre prêmios e créditos do Nota Paraná.

TODOS GANHAM - Pedir o CPF na nota é um hábito na família do administrador de empresas Rubens Bittencourt, de 58 anos, morador de São José dos Pinhais. Participante do Nota Paraná desde o início, ele foi contemplado com o prêmio de R$ 20 mil. Ao receber a ligação informando sobre a premiação, inicialmente ele se mostrou desconfiado. Porém, ao ser orientado a conferir o bilhete premiado na internet, teve a certeza de que realmente havia sido sorteado. Ele pretende usar o valor para quitar algumas dívidas. “Todos ganham com o programa e o governo ainda consegue distribuir uma percentagem aos participantes”, comemorou.

COMO SE CADASTRAR - Para se cadastrar no Nota Paraná basta acessar o site http://www.notaparana.pr.gov.br, clicar na opção “cadastre-se” e preencher os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço para criação da senha pessoal.

O programa foi lançado em agosto de 2015. A primeira liberação de créditos ocorreu em novembro daquele ano e o primeiro sorteio em dezembro. Deste então, a adesão ao programa cresce mês a mês. Em março de 2016 foi aberta a possibilidade de doação de notas fiscais a instituições sem fins lucrativos cadastradas.

LIBERAÇÕES - Com a liberação de março, chega a R$ 880 milhões as liberações de créditos e prêmios do programa. O programa conta com sorteios mensais de 250 mil prêmios em dinheiro, que somam R$ 2,8 milhões. Os três maiores são de R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil e, em datas especiais, como o Natal, mês das mães, dos namorados, dos pais e das crianças, eles são quadruplicados para R$ 80 mil, R$ 120 mil e R$ 200 mil.

Em dezembro, pela primeira vez, o prêmio principal foi de R$ 1 milhão. Os outros prêmios têm valores menores, de R$ 10, R$ 20, R$ 50, R$ 250 e R$ 1 mil.

PRESENÇAS – Também participaram da solenidade a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, e o diretor da Receita Estadual, Gilberto Calixto.

BOX

Mesmo CPF pode receber mais de um prêmio

Toda primeira compra do mês no varejo gera um bilhete ao participante, independentemente do valor. Depois, cada R$ 50 em notas fiscais dá direito a novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período. O mesmo CPF pode receber mais de um prêmio e os sorteios ocorrem quatro meses após as compras.

Se o consumidor preferir dar o documento fiscal para as instituições, há duas formas de fazer as doações. Ele pode solicitar a nota fiscal, sem informar o CPF, e digitar no sistema do Nota Paraná os dados do cupom, encaminhando os créditos para a entidade beneficiária. Outra possibilidade é, sem informar CPF na hora da compra, depositar a nota fiscal em urnas instaladas pelas entidades, que irão recolher os documentos e digitá-los no sistema.

BOX 2

Instituições já sorteadas com os principais prêmios

Lar do Menor Siqueirense – R$ 30 mil

Associação de Assistência Social Evangélica de Carambeí - R$ 50 mil

Rede Feminina de Combate ao Câncer de União da Vitória - R$20 mil

Asilo São Vicente de Paulo de Maringá - R$30 mil

Apae de Cascavel – R$ 200 mil

Apae de Arapongas - R$ 50 mil

Apae de Terra Rica - R$ 20 mil

Associação Metodista de Ação Social de Curitiba (AMAS) - R$ 20 mil

Provopar Estadual - R$ 30 mil.

As informações são da Agência de Notícias.

Carregar mais notas ao vivo

Comentários (1 comentário)

  • André
    1
    0
    9 meses atrás às 23:11h
    Engraçado onde saem os premios maiores