• Maycon Corazza
  • CGN

05 Outubro 2017 | 12h35min

A Prefeitura de Janaúba, no Norte de Minas, decretou luto oficial de três dias por causa do incêndio que deixou pelo menos seis mortos e 15 feridos na cidade, na manhã desta quinta-feira (5). O governador Fernando Pimentel (PT) também deve ir ao município.

A administração municipal volta a funcionar na próxima segunda-feira (9). Emocionada, uma fonte da prefeitura disse que o município está acompanhando o caso. "Nós estamos resolvendo muitos problemas, está todo mundo empenhado, resolvendo as situações. Todo mundo está extremamente comovido e abalado", afirmou.

Já Pimentel estaria em Aimorés, na região do Rio Doce, e vai se deslocar para Janaúba.

De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, todas as vítimas seriam crianças, que estariam na creche "Gente Inocente", localizada no bairro Rio Novo. Segundo a Polícia Militar (PM), um vigia da instituição teria jogado álcool nas crianças e, em seguida, ateado fogo nelas e em si mesmo.

Repercussão

O ministro da Educação, Mendonça Filho, publicou em seu Twitter uma nota de pesar sobre a tragédia. "Manifesto meu pesar aos professores, funcionários e familiares das crianças mortas no incêndio da creche Janaúba, em Minas Gerais", afirmou.

A tragédia causou comoção e revolta na cidade, de pouco mais de 70 mil habitantes. Nas redes sociais, milhares de pessoas se manifestaram sobre o ocorrido. "Que Deus conforte o coração dos familiares e que o autor do crime pague na cadeia", disse uma moradora.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário Seu endereço de email não será divulgado