CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Tragédia: menina de sete anos morre com suspeita de meningite
Foto: Divulgação Redes Sociais

Tragédia: menina de sete anos morre com suspeita de meningite

Ricardo Costa, pai de Rebeca, expressou sua dor em entrevista ao g1. “Não entendemos como nós estamos de pé, a única explicação é que Deus tem...

Publicado em

Por Silmara Santos

Publicidade
Imagem referente a Tragédia: menina de sete anos morre com suspeita de meningite
Foto: Divulgação Redes Sociais

O município de Anápolis, em Goiás, foi palco de uma trágica situação de saúde pública. Rebeca Nunes, uma menina de apenas 7 anos, faleceu com suspeita de meningite. A criança, que havia sido internada com sintomas de virose, recebeu alta e, infelizmente, faleceu enquanto dormia em casa.

Ricardo Costa, pai de Rebeca, expressou sua dor em entrevista ao g1. “Não entendemos como nós estamos de pé, a única explicação é que Deus tem nos sustentado”, lamentou. Segundo ele, os sintomas da menina começaram na sexta-feira, e o falecimento ocorreu no domingo (7). Rebeca apresentava febre, vômito e dor de cabeça.

A menina foi hospitalizada na noite de sábado com a suspeita inicial de virose. Segundo os pais, ela estava com uma inflamação de sinusite e faringite. Após ser medicada com soro, recebeu alta hospitalar. “Nós a deixamos dormindo, a vimos por volta das 2h e quando voltamos às 5h, ela havia falecido”, relembrou o pai.

Ricardo Costa informou que o laudo da causa da morte ainda não foi divulgado, mas o médico legista suspeita que seja meningite. O Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) confirmou que coletou material para investigar a morte de Rebeca e também suspeita de meningite. A família decidiu não registrar o caso na polícia.

Com informações de G1.

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais