Conecte-se conosco

Microfone patriótico

De um modo geral, todos os principais veículos de imprensa do país, alguns de forma bem explícita, outros mais discretamente, apoiam a reforma...

Publicado em


De um modo geral, todos os principais veículos de imprensa do país, alguns de forma bem explícita, outros mais discretamente, apoiam a reforma da Previdência Social.
 
Mas campanha aberta, clara e firme a favor das mudanças nas regras das aposentadorias, só a rádio Jovem Pan vem fazendo.
 
Além de veicular em suas afiliadas opiniões de líderes políticos e empresariais que defendem a aprovação da proposta enviada pelo governo federal ao Congresso Nacional, a prestigiosa emissora paulista comprou espaços em jornais e revistas de grande circulação para publicar o manifesto que reproduzo aqui na íntegra:
 
A Jovem Pan tomou partido sempre que esteve em jogo o destino do Brasil. É por isso que nossa empresa decidiu apoiar sem hesitações a reforma da Previdência.
 
Quando surgem questões cujo desfecho influenciará fortemente os rumos do país, omissão é sinônimo de covardia. E a história da Jovem Pan é uma sequência de decisões corajosas. Negar a urgência da reforma previdenciária é apostar no quanto pior, melhor.
 
Desde 1994 todos os presidentes da República vêm afirmando que uma nova Previdência é prioridade inadiável. Essa espera já consumiu 25 anos. Esperar mais é colocar em risco o futuro da nação.
 
Reforma já.

 
Espera-se que seu exemplo se irradie.

Publicidade
Publicidade