Conecte-se conosco

Matar e morrer

Espanto geral no país com a dramática revelação de que as desavenças entre o ex-procurador geral da república...

Publicado em

 

Espanto geral no país com a dramática revelação de que as desavenças entre o ex-procurador geral da república Rodrigo Janot e o ministro Gilmar Mendes, agravadas por ataques pessoais e acusações mútuas de defenderem interesses escusos na Lava Jato, quase terminaram em homicídio e suicídio.

Em bombástica entrevista concedida à revista Veja para falar sobre o livro de memórias que está lançando, Janot contou que, em 2017, no auge do conflito, foi a uma sessão do Supremo Tribunal Federal armado com uma pistola e decidido a assassinar Gilmar com um tiro na cabeça e depois tirar a própria vida, atos que só não foram consumados porque a voz do bom senso segurou sua mão.

Acho que você deve estar pensando o mesmo que eu...



 

Publicidade